Ficou fácil viajar com crianças!

Santiago do Chile e Valle Nevado com crianças: dicas do Enzo (3 anos e meio) e dos seus pais.

Uma família de mochileiros! É assim que sempre gostaram de viajar: com mochila nas costas, sem grandes luxos e com a total liberdade para escolher roteiros em cima da hora. E mesmo com a chegada de seu filho, Ana não desistiu de suas viagens, muito pelo contrário, Enzo passou a fazer parte integrante desta equipe de aventureiros, o que também deu nascimento ao blog Mãe Mochileira, Filho Malinha!

“Esta foi uma viagem muito especial para nós, pois foi a nossa primeira experiência em mochilar com o Enzo!”. E com o propósito de levá-lo para conhecer a neve, foram para Santiago do Chile.

Santiago é a capital do Chile e tem uma geografia interessante, pois fica perto de tudo: mar, montanhas, além de estar somente a 3h de vôo de São Paulo! Um país vizinho para o qual só se necessita do RG da criança para viajar e uma oportunidade de levar os pequenos para brincar na neve sem precisar ir muito longe! A cidade ainda tem boas opções de hospedagem, custos baratos, é super segura, com policiais (os “carabineiros”) por toda a parte. “Uma de nossas viagens que o Enzo mais gostou!”.

 

A família ficou 1 semana e adorou:

Se hospedar no Hostal Rio Amazonas: emquarto privativo, com excelente café da manhã, aquecimento em todos os ambientes e donos muito atenciosos! Super recomendado para famílias, pois não tem festa à noite, nem barulho algum. E ainda fica na Plaza Italia, perto do metrô, de restaurantes e casa de câmbio.

Pegar o Funicular de Cerro San Cristobal: o segundo ponto mais alto da cidade, com uma vista espetacular! Uma bela maneira de começar a viagem e se situar, pois junto com todo o visual das cordilheiras andinas vê-se a cidade de Santiago inteira aos pés…

Cordilheira no fundo e vista para a cidade

Para subir, existe um Funicular, espécie de trenzinho, que leva ao primeiro ponto do Cerro, o que já diverte bastante a garotada: “O Enzo adorou!”.

Lá em cima encontra-se o mirante e a capela da Padroeira da cidade, a Imaculada Conceição, com seus 14 m de altura, além de uma feira de artesanato andino.

O Cerro é também um parque urbano enorme, o Parque Metropolitano, o maior do Chile, com zoológico, área para fazer piquenique (aproveitem para levar um lanche bacana!), parquinhos e até piscinas! Vale a pena passar o dia inteiro para relaxar e passear sem pressa.

Outro ponto alto do passeio é o teleférico que tem pequenas cabines penduradas a uns 20 metros de altura e que oferece uma vista incrível: “foi um de nossos lugares favoritos na cidade!”.

E só para informação: como a altura chega a 864 metros acima do nível do mar, alguns podem se sentir um pouco sem fôlego e com leve dor de cabeça devido à altitude. Além disso, como o Parque é grande, o lugar pede disposição física e fôlego para subir as enormes escadarias! Mas nada de insuportável para a criançada, tanto é que várias opções de lazer estão disponíveis para elas.

Conhecer também o Cerro Santa Lucia, lugar onde a cidade foi fundada! Aqui, não tem funicular ou teleféricos, somente escadarias, portanto de mais fácil acesso para os que temem a altura! O passeio é bonito, mesmo se não tem tantas atrações quanto San Cristobal. Um guarda registra os nomes e o país de proveniência dos visitantes para o controle dos acessos ao Parque. Trata-se de um passeio mais cultural, o lugar é como uma enorme praça, cheia de fontes e árvores. A distração aqui é curtir a vista, aproveitar o parque e fazer como o Enzo, que se divertiu correndo atrás dos milhares de pombos que habitam o lugar.

No Cerro Santa Lucia, pequenino ao lado da imponente fonte!

Assistir à troca da guarda, em frente ao Palácio de La Moneda, sede da Presidência da República: ela acontece a cada dois dias, às 10h, portanto informem-se assim que chegarem na cidade. Os militares de uniforme, o ritual e principalmente o som da fanfarra vão divertir as crianças que não têm o costume de ver tal cerimônia!

Comer frutos do mar no Mercado Central: o forte da cidade são os frutos do mar, aliás, diga-se de passagem, que nas várias barracas de peixes, a família conheceu uma série de frutos do mar que nem sabia que existia! Aproveitem para provar as famosas “Centollas”, ou King Crab, que são aqueles caranguejos gigantes. O seu sabor se assemelha ao da lagosta, é muito gostoso e típico do Chile! A quantidade de restaurantes é grande, com preços de todos os tipos! E para a diversão da criançada, vocês ainda almoçam ao som da música e de cantores típicos. Um almoço diferente em todos os sentidos!

Olhando as enormes centollas!

Ver a neve pela primeira em uma das estações de ski: a família destinou um dia inteiro para subir as cordilheiras, o propósito de sua viagem!

“…Não tem preço!…”

Vai a dica importante antes de subir: é melhor alugar roupas de neve do tamanho das crianças pequenas na cidade, pois lá em cima, nas estações de ski, são difíceis de serem encontradas e os preços são infinitamente mais caros! Por isso, a família pesquisou e optou por contratar, ainda na cidade, uma empresa que os levasse até as estações de ski. Como há muitas e os preços variam, negociem!  Eles optaram pela All to Ski, pertinho do Cerro San Cristobal e o pacote incluiu o traslado, o aluguel das roupas de neve e acessórios, como ski, snowboard (claro que o preço varia em função das opções).

Em relação às roupas, alguns itens são imprescindíveis:

- botas próprias para a neve, para não escorregar e poder andar e se divertir! Parece óbvio, mas experimentem imediatamente as botas nas crianças, não deixem para fazer isso lá em cima!

- como vestuário, o macacão é o mais aconselhável, pois é fácil de vestir e não deixa entrar vento por nenhuma brecha! Por baixo, casaco de malha, meias ou meia-calça. Ou então, se tiverem um bom casaco de frio para a criança, até vale ficar com ele, porém alugar uma calça de neve é fundamental, senão o bumbum pode ficar molhado!

- não esqueçam de levar óculos próprios para a neve para se protegerem da reflexão da luz na neve ou até de uma eventual nevasca.

- outra coisa importante são as LUVAS! Infelizmente, a família não achou em lugar nenhum luvas do tamanho do Enzo! Por isso, aconselham levá-las diretamente do Brasil, ou comprá-las na cidade antes de irem para a estação! Sem luvas próprias para a neve, a criança não consegue brincar direito porque as luvas comuns (de lã) ficam logo molhadas, congelando as mãos. E claro que o sonho é construir um boneco de neve, o que fica difícil nessas condições!

- e caso tenham em casa, não esqueçam de levar gorro e cachecol. Por vezes, o frio é grande e o cachecol ajuda a cobrir o rosto também!

E ainda, se lá em cima estiver com bastante sol, não esqueçam de passar um filtro solar, pois a reflexão da luz sobre a neve queima tanto quanto o sol na praia! Além disso, hidratar a pele dos pequenos, assim como passar uma manteiga de cacau nos lábios! O frio resseca bastante a pele!

Ainda antes de subir, vale a pena checar se a temporada de ski já está aberta, caso contrário, encontrarão tudo fechado: lugares para alugar acessórios, os club-kids que normalmente dão aulas com instrutores e fazem brincadeiras…no entanto, sempre é possível brincar na neve!

A família ficou a maior parte do dia em Valle Nevado e tiveram sorte, pois pegaram o 1° dia da abertura da temporada, aproveitando assim de preços ainda baixos enquanto a neve já estava bem alta!

Em Valle Nevado

Conhecer também outras estações: na descida, fizeram uma parada para conhecer a estação La Parva, menor que Valle Nevado e na linda Farellones! Esta última é mais barata que as demais, e bem menor, mas apesar de Valle Nevado ser a estação mais conhecida, este foi o lugar com o qual a família mais se encantou! Além de neve, Farellones ainda tem árvores salpicadas de neve, o que deixa o local mais charmoso e encantador! Nas outras estações a paisagem quase chega a ser monótona, com neve por toda a parte!

Uma boa dica é almoçar no restaurante-hotel da estação: um lugar aconchegante, com comida gostosa e ainda com uma vista maravilhosa! Além disso, uma lareira, salas de jogos, e televisão para distrair os pimpolhos: “Enzo gostou muito do lugar!”.

Na volta ainda foram abençoados com um pôr do sol: “o mais maravilhoso que já vimos!”.

Pôr do Sol em Farellones

O trajeto da capital até as cordilheiras dura mais ou menos 2h e, cuidado, pois a subida é extremamente perigosa; por isso é importante fechar o traslado com uma empresa conhecida e conceituada. Não vale a pena arriscar-se com táxis! E saibam que, se mesmo assim, preferirem fechar com um táxi, informem-se se ele tem correntes para os pneus, caso contrário, correm o risco de ficarem atolados na neve!

A família ainda havia planejado ir para Valparaiso e Viña del Mar, regiões de praia, mas acabaram antecipando sua volta por causa de uma forte tempestade na cidade, que durou dias. Pelo menos agora, tem (mais) um pretexto para voltar!

A familia gostou menos:

Dessa mesma tempestade que os pegou desprevenidos e que acabou encurtando o final da viagem (porém, isso faz parte dos “riscos da viagem”).

E outro ponto que chamou a atenção foi a comida: fora os frutos do mar, tudo leva palta, um abacate com sal que vai no sanduíche, no frango, na carne…no caso, todos estranharam e, principalmente, o Enzo!

Mas apesar disso, “foi maravilho e ficamos apaixonados pelo país. Enzo fala até hoje de lá, lembra de tudo com detalhes incríveis…!”.

Viagem feita em Junho de 2009: bastante frio, com temperatura média em torno dos 6°C, mas sensação térmica de 2°C, pela manhã! Agasalhar bem os pequenos!

 

Você também pode gostar de ler:

Viaje na Viagem: tem dois posts completíssimos e imperdíveis sobre o assunto! aqui e aqui

Chile para crianças: Blog novo na blogosfera materna, feito pela minha querida amiga Cinthia Marino e que tem várias informações sobre Valle Nevado, Valparaíso, Santiago…IMPERDÍVEL! aqui e aqui sua aventura em Farellones, com sua filha de 5 anos.

Mãe Mochileira, Filho malinha: os detalhes desta viagem contados pela própria Ana em seu super blog! aqui.

Rede Mulher e Mãe: A Calu é mãe de 2 crianças, e já morou no Chile, portanto sabe tudo de lá! Post imperdível aqui.

Mãe de Duas: a Priscilla acabou de voltar de lá com a sua família e está com uma série de posts muito bacanas sobre Santiago! aqui.

Santiago para Niños: parte do Site Oficial do Chile: aqui

Deserto do Atacama com crianças: aqui

E para comprar roupas de inverno para crianças no Brasil, segue a excelente dica de um leitor: www.benevento.com.br, loja em SP, mas que também entrega em todo o país!

 

Para maiores informações:

Sobre a cidade (em português): www.santiagodechile.com/index_3.html

Sobre o Hostal Rio Amazonas (em português): www.hostalrioamazonas.cl/portugues/html/plazaitalia.html

Outra opção de hospedagem é o apart hotel Rent Aparts: www.rentaparts.cl

Cerro San Cristobal e Parque Metropolitano: www.parquemet.cl

Valle Nevado (em português): www.vallenevado.com/?lang=por

Dar uma olhada, pois existem algumas promoções e dá para imprimir os mapas das pistas para preparar a viagem.

La Parva: www.laparva.cl

Farellones: www.farellones.cl

 

 

Venha curtir o VP no Facebook: Viajando Com Pimpolhos

Compartilhar dicas no nosso grupo de Viagens em Família

e seguir o VP no twitter: @viagempimpolhos

 

 

5406 Visualizações

Sut-Mie Guibert, Family Travel Blogger, Blogueira especializada em Viagens em Família, com crianças e bebês. Jornalista e mãe de duas meninas de 5 e 2 anos, adora levar as crianças para conhecer o mundo! Mas também gosta de escutar e falar sobre o assunto com outras famílias, que são sempre bem-vindas por aqui!

49 comentários para este artigo

  1. Luciana disse:

    Dicas super completas! Adorei. A gente já esteve em Santiago e arredores, mas antes de ter nosso filho. Gostei das dicas sobre vestuario (especialmente as luvas) pois vou poder aplica-las aqui no Canada tambem, onde somos recem-chegados.

    E sobre a comida no chile, realmente sempre tem abacate. Mas vale a pena provar o ceviche de peixe (se a criança consegue comer coisas com limao) e aproveitar o salmao de la, que eh maravilhoso (e nao leva abacate!).

    Parabens pelo post.

  2. Sut-Mie disse:

    Oi Lu,
    Obrigada pelos elogios ao post, mas quem tem o mérito mesmo é a Ana, a mãe do Enzo (Blog Mãe Mochileira, Filho Malinha!), que nos contou a viagem toda nos minimos detalhes!
    Pessoalmente, ainda não conhecemos o Chile, mas deu muita vontade de ir!! E agora com o roteiro prontinho, ficou mais facil!

    Estamos acompanhando a chegada de vcs no Canada! Boa sorte!
    Beijos

  3. Olá!!! estamos emocionados..hehe..ficou muito bom,obrigada e parabens!! é muito gostoso partilhar nossas dicas e emoções com todos, e saber que outros podem aproveitar nossas dicas, e assim passar momentos maravilhosos como esses em que passamos!!!
    A edição ficou impecavel!!! Obrigadinha e vamos agorinha mesmo divulgar seu blog la no nosso cantinho,tá??
    Bjsssss!!!!!!!!!!!!!!!

  4. Ahhhh..e tem tb selinho de indicação de leitura do teu blog la no nosso cantinho,rsrs..passa la para pegar!!! é tanta coisa que esqueci d e comentar,hehehe..bjkas!!!

  5. Adorei o relato! Ouvir a voz da experiência ajuda muito, as dicas são valiosas. Planejar bem a viagem é importante, mas com crianças é indispensável, principalmente quando o destino é a neve…
    Virei amiga seguidora da mamãe do malinha a pouco tempo, vou te seguir também lá no verdadesdemae. Passa lá também.
    bjus

  6. Ana disse:

    Adorei o relato da Ana, ela é minha amiguinha Blogueira, sempre estamos dividindo informações!

    Bjos

  7. vera disse:

    Tudo muito bem detalhado. Adorei as dicas. Serão muito úteis na minha próxima viagem que será … para o Chile!

  8. lia disse:

    Olha que maravilha! Lancei a enquete e recebi comentário de uma profissional! Amei seu blog, vou mostrar pro meu marido.
    Se tiver sugestões legais da França, aceito de bom grado. Lá tem umas cidadezinhas pequenas tão charmosas. Falo bem francês (morei seis meses no interior) e meu marido tem uma tia que mora nos subúrbios de Paris. Ele é meio implicante com os franceses, mas uma viagem maravilhosa poderia fazê-lo mudar de ideia!

  9. lia disse:

    Ah, esqueci de dizer: não curto muito viajar de carro, e por isso amo a Europa. Facilidade de transporte público que é uma beleza. Se você souber das condições para viajar com bebês de trem eu adoraria ouvir. Mas, em todo caso, se carro for melhor pra Emília, eu mudo meu roteiro de bom grado.

  10. obrigada pelo carinho,Sut-Mie!!! ;-)
    oba,espero sim pelas informaçoes de bariloche!! bjs bjs e obrigadaaaa!

  11. Dicas ótimas, adorei.
    E ainda vou utilizar informações para o trabalho da escola da minha filha. Ela está fazendo um trabalho sobre os países da America do SUl que vão a COPA. Vou incluir a culinária Chilena.
    beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com/

  12. Ah, adorei o seu blog. Coloquei o link lá no meu para que eu possa voltar com mais frequencia, tá?
    beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com/

  13. Carol Garcia disse:

    Olá
    já havia passado por aqui e até já recomendo o seu blog lá no meu!
    estou planejando as próximas férias com o meu pequeno e minha cabeça está vajando por vários lugares.
    alguma dica pra um pequeno de 2 anos?
    bjos
    carol
    http://viajandonamaternidade.blogspot.com

    • Sut-Mie disse:

      Oi Carol,
      Acho até que uma das partes mais legais é essa fase de preparação, qdo a gente fica viajando para vários lugares na cabeça! Enquanto a gente vai pensando, se imaginando, a gente vai viajando junto!
      E, concretamente, para a sua viagem com o seu pequeno de 2 anos, precisaria saber mais um pouquinho de suas preferências, o que gostam de fazer? Dentro ou fora do país? Praia, neve, ou cidade,…? As opções são tantas!
      Me escreve no viajandocompimpolhos@gmail.com, vamos “conversar” e ver se preparamos juntas uma viagem bem bacana para vcs!
      Bjs,

  14. Oi Sut-mie! Adorei a história da sua viagem. Já fiz essa viagem (com roteiro bem parecido), mas sem criança, e mal posso esperar para fazê-la novamente com a minha pimpolha a tiracolo. Algo me diz que ela vai adorar a neve…
    Beijo
    Livia

  15. Halini disse:

    Sut-mie! Seu blog é sensacional! AMEI!
    A Pati e eu acabamos de criar um blog e um selinho para motivar outras mães a cairem no mundo com suas crias! Estamos contando com suas contribuições! Bjo grande!

    http://euviajocommeusfilhos.blogspot.com/

    • Sut-Mie disse:

      Oi Halini,
      Que bom que vc gostou do nosso espaço e que bacana vcs criarem mais um espaço para mães viajantes! Precisamos mesmo encorajar essas famílias a colocarem o pé na estrada! O mundo é vasto, há muita coisa para se conhecer!
      Bjs e boa sorte para esse novo projeto!

  16. Isabela disse:

    Oi Gente! Parabéns pelo blog!!!! Estou adorando poder ver que não era só eu que ficava aflita em viajar com crianças!!!Tenho um pimpolho de 4 anos que fará sua primeira grande aventura, em julho: vamos para o Chile, de carro! A propósito, alguém tem alguma dica de uma cadeirinha de carro que seja mais compacta que os modelos convencionais? Nossos filhos mais velhos (adolescentes) irão embarcar na aventura também e aquelas cadeirinhas tomam um espaço…. Vou agradecer imensamente se alguém tiver alguma idéia, rsrs! Parabéns mais uma vez!
    Super beijo

    • Sut-Mie disse:

      Oi Isabela,
      Que bom que vc gostou do nosso blog, e espero que tenham um tb, para contar essa viagem ou postar as fotos! Senão, fique a vontade para contar a viagem de vcs aqui qdo voltar!!
      Sobre a cadeirinha…eu não tenho muita dica para te ajudar…será que existe algo mais compacto? Pq todas são largas, exatamente para proteger…!Sinceramente, não conheço. Mas se outros viajantes tiverem a dica, fiquem à vontade, e se achar algo, te aviso!
      Bjs,

  17. Isabela disse:

    Oi Sut-Mie, estamos em fase de finalização do blog e logo logo ele entra no ar, rsrsrs. Assim que eu conseguir essa proeza, mando o endereço…
    Pois é, ainda não encontrei nada que me ajudasse no caso da cadeirinha… na verdade eu vi um acento do tipo booster que vira mochila e é inflável, bem menor que os convencionais, que possuem até porta-copos nas laterais. Vou continuar minha busca e se houver novidades, posto aqui para as outras mamães perdidas como eu, rsrsr! Um grande abraço e até breve!

  18. vivi disse:

    obrigada pelas dicas, estao completas e irei utilizar todas.

    irei com meu marido e meus dois filhos uma de 10 anos e outro de 3 anos e meio.

    abc

    vivi

  19. Olá, quando decidimos ir para o Chile neste ano em julho, comecei a procurar nos blogs os comentários de quem viajou com crianças…. Me deu muito animo a sua viagem com o Enzo…. sou totalmente animada de viajar para qualquer lugar com eles… mas nem todo mundo é assim, e quando falo que vou levá-los ao chile tem sempre alguém jogando um balde de água fria, então eu ja comento do seu blog e da sua viagem que deu certo com o Enzo…. Beijos e obrigado pelas dicas

  20. Jaqueline disse:

    Oi Cheguei do Chile no domingo e antes de ir visitei muito o seu blog e segui suas dicas pois levei meu filho Heitor de 4 anos. A viagem foi maravilhosa e já estamos com vontade de voltar… Ficamos bem localizados no bairro Providência (se alguém quiser o end. e contatos de lá e só me mandar um e-mail, a menina que nos atendeu lá e nota 10 e nos deu um super suporte, indico e assino em baixo) Para aqueles q querem levar seus “Ninõs” , levem sim, não deixem de proporcionar essa experiência pra eles não, eles adoram e ficam maravilhados…. Um grande abraço….

  21. Lali disse:

    Fui esta ano p/ Villa la Angostura (próximo à Bariloche) e as crianças adoraram! Ano que vem, gostaria de ir à Santiago p/ irmos às estações de esqui próximas, mas tenho dúvidas se não é muito cansativo p/ eles subir e descer a montanha todos os dias. Quem foi com crianças e não ficou hospedado nas estações, como foi? Os pimpolhos reclamaram de cansaço?

  22. Ana disse:

    Neste ano de 2011, fui para disney com minha filha de 8 anos e deixei a pequena de 1 e 8 meses, que infelizmente sentiu muito a falta da familia, embora tenha ficado cercada do carinho dos avós e tios. Para o próximo anos gostaríamos de conhecer o chile, pensei em ir na semana do feriado de 7 setembro, a idéia é conhecer Santiago, ou algo interessante ao redor e ainda ir na estação de esqui. Tenho a intenção de levar minhas filhas com 8anos e a outra de 2 anos e meio. Qual a experiência de vocês? Será uma aventura levar uma criança tão pequena em um lugar frio.
    Quem puder me ajudar e compartilhar suas experiências…

    • Oi Ana,
      Santiago é uma ótima opção para ver neve porque quando cansarem ou ficarem com frio, vcs voltam para a cidade! Usando a roupa adequada (e a mãe deste post conta direitinho tudo em relação à roupa e aluguel de roupa), penso que não ha problemas. Elas vão adorar! Se for só para conhecer a neve, a estação Farellones é menor, mais perto e mais child friendly, acolhedora para crianças. Pode ser interessante ficar só nessa. No final deste post tem o relato de várias outras famílias, inclusive uma que fala só de Farellones.
      E se vc quiser mais relatos sobre crianças na neve, tem tb o post de Bariloche (onde uma das crianças tinha 2 anos e meio) e com link para outra família: http://wp.me/pRiPa-nP
      Bjs

  23. Márcia Fernanda Pinho disse:

    Olá!
    Estou indo para o Chile em julho com meu marido e nossas filhas de 11 e 9 anos. Vamos ficar 9 noites e estou super indecisa, pois eles querem dormir 2 noites em uma estação de esqui. Não sei se é melhor ficar em Valle ou Farelones e tb se dá para ir de uma para outra. Eles querem porque querem dormir e acordar vendo neve.
    Quero tb aproveitar Santiago e passar um dia em Vina e Valparaiso e fico receosa de pedrer muito tempo na neve. Pelo que vc viu, acha mais legal ficar em Farellones ou Valle? Detalhe: somos todos marinheiros de primeira viagem no esqui.

    • Olá Márcia,
      Para quem é marinheiro de primeira viagem na neve, Farellones cumpre direitinho o seu papel: uma estação menor que Valle Nevado e mais família. Para quem não esquia, tem melhores opções de diversão. Valle é bem maior que Farellones e dá para ir de um para o outro sim: existem passeios que fazem as 3 estações no mesmo dia, como o passeio que fez esta família do post. Vcs podem conhecer Valle, e na descida, parar para conhecer almoçar em Farellones, se divertir e dormir por lá.

      Um post do Ricardo Freire, do Viaje na Viagem para te ajudar mais um pouquinho sobre esta decisão: http://www.viajenaviagem.com/2010/07/santiago-com-neve-um-dia-entre-valle-nevado-e-farellones/ (e fora os outros posts linkados neste post – valem a leitura)
      Bjs

      • Ligia disse:

        Oi Sut-Mie: estou adorando todas as suas dicas!!!
        Bom, estou programando nossa viagem de ferias, para esse ano e como minha filha de 6 anos tem um sonho de ver neve, estivemos pensando em levá-la ao Chile. Acontece que também tenho um filho de 2 anos e meio e pretendo levar os dois. Hj comecei a olhar valores de passagens, hotel, passeios, mas ainda estou meio perdida no que escolher. Li suas dicas e amei! Será que vc poderia me ajudar nas escolhas? Pretendo ficar 8 dias e gostaria de ver neve, praia, passear, tudo que tiver direito!
        Quanto a alimentação, li sobre o abacate na comida e da dificuldade com seu filho e acho que terei o mesmo problema!!!
        Bom, se puder me responder vou amar!!!
        Aguardo seu retorno e ja sou seguidora do blog!!! Obrigada!
        Ligia

  24. Márcia Fernanda Pinho disse:

    Sut-Mie,
    Muito obrigada pela sua atenção. Por causa de blogs como o seu, estou conseguindo planejar muito bem nossa viagem.
    Bjs

  25. Márcia Fernanda Pinho disse:

    Oi, Sut-Mie, vi o hotel do qual falei para vc no viaje na viagem, como vc falou e ele o incluiu em um post com 20 hotéis em Santiago, então acho que deve ser bom. Obrigada demais pela ajuda!! Bjssss

  26. Márcia Fernanda disse:

    Oi, Sut-Mie!
    Estamos próximos de embarcar para o Chile e estou relendo seu post para que as dicas fiquem fresquinhas e tb para terminar a programação.
    Queria que vc me tirasse uma dúvida, será que perderemos muito em não ir à Valle Nevado? Estou receosa de ir pela subida, pois tenho medo das minhas filhas enjoarem muito e pouco aproveitarem o passeio, além do que elas nunca esquiaram, fico em dúvida se realmente vale a pena. Penso que talvez Farellones as satisfaça… Será? Bjs e obrigada pela atenção nota 1000 que vc dispensa às suas leitoras!!

  27. Priscila disse:

    Olá! Parabéns pelo blog! Curti a leitura!
    Eu tenho uma pergunta, quem puder ajudar…
    Vou amanhã para levar minha ver a neve, em que ponto já conseguimos e ver? Tem algum lugar para que possamos nos sentar e apreciar o visual? Estou pensando em Farellones? Qual é altitude de onde ficam os resorts? Dá pra sentir o mal da montanha? Obrigada

  28. Mariana disse:

    Vi o lance das estações estarem fechadas… marquei viagem para 11/06/2013 a 18/06/2013, será que as estações estarão abertas????

    • Olá Mariana,
      É muito difícil fazer essa previsão… :(
      Em 2011, por exemplo, as estações estavam previstas para abrir 10 de junho e só abriram início de julho.
      Em 2012, a temporada começou dia 29 de junho.
      A questão não é ter neve, porque até tem, mas tem que ter suficiente para poder esquiar. Portanto, se for para ver neve e brincar, sempre será possível. E talvez, como a família que fez este este post, você terá a sorte de pegar os primeiros dias da temporada, com preços ainda baixos…
      Mas se você quer ter certeza de poder esquiar, talvez seja melhor postergar um pouco a viagem… :/
      Um abraço

  29. Dúcia disse:

    Olá sut-mie,
    Acabei de descobrir seu blog e estou adorando.
    Vamos viajar agora em janeiro para o Chile com nossa filha de 02 anos.
    Fomos com ela para a Europa em julho e foi maravilhoso. Mas no final ja estávamos um pouco cansados da vida de turista :))) Por isso decidimos ficar 12 dias, para fazer tudo com tranqüilidade.
    vc teria sugestão de hotéis com espaço kids? E qual a localização ideal para ficarmos?
    E ja que teremos tempo, o que vc nos sugere fora santiago, vina e valparaiso? A travessia eh interessante para crianças?
    Obrigada
    Ducia

    • Sut-Mie Guibert disse:

      Olá Dúcia,
      Eu já fiquei no Novotel Vitacura (post aqui), que tem uma mini área kids, na verdade uma mesa, cadeira para desenhar e uma tv….mas a localização é excelente!
      Outro Hotel muito bom que conheci, mas que ainda não fiz review é o The Aubrey, um hotel boutique maravilhoso, mas que aceita criança e que tb tem uma localização muito boa, em outro bairro: fica ao lado do zoo, ao lado de restaurantes…
      Sobre Vina e Valparaíso…eu nunca fui! :( Mas te recomendo a leitura do Blog Chile para crianças que tem muitas informações e pode ajudar! ;-)
      Um abraço

Deixe seu Comentário





* Campos obrigatórios