Ficou fácil viajar com crianças!

Gravidez e viagem de avião

Momento mágico aquele em que descobrimos que estamos grávidas! Mas para os casais viajantes, logo vem a pergunta: e agora? Dá para viajar?

Não só dá, como nos Estados Unidos, por exemplo, falamos de “Babymoon”,  uma Lua-de-Mel antes do bebê nascer e antes dos pais ficarem tão atarefados, que aí sim, a idéia de uma viagem se torna mais distante!

Isso tudo, claro, se não for uma gravidez de risco, se a grávida e o bebê estiverem em boa saúde! E sendo o caso, aproveitem logo a oportunidade, inclusive, a viagem se torna até mais especial, com lembranças diferentes!

Quando viajar?

O mais aconselhável é viajar no segundo trimestre de gravidez, já que no primeiro podemos ter muito enjôos…mas se você for daquelas sortudas que têm poucos sintomas, aproveite!

No segundo trimestre, normalmente você não sente mais enjôos, os riscos de aborto espontâneo são menores, a barriga já aparece, mas não incomoda tanto, não está pesada e você ainda pode aproveitar das filas de prioridades (pelo menos no Brasil)!

No terceiro trimestre, é aconselhável somente fazer pequenas viagens para perto e de carro.

Viagem de avião

As companhias aéreas têm regras claras para as grávidas, por isso, se informem antes de embarcar.

Na GOL, por exemplo, a partir da 27ª semana de gestação (6 meses), a grávida deve preencher uma Declaração de Responsabilidade fornecida pela própria companhia, na hora do check in.

Entre a 28ª e 35ª semana de gestação (7 a 8 meses), essa mesma Declaração deve ser preenchida, mas a grávida também deve apresentar um Atestado Médico autorizando a viagem em avião de Cabine Pressurizada. Dica: peça ao seu obstetra, vários atestados; você vai precisar tanto na ida, quanto na volta e caso seja um trajeto com mudanças de companhias aéreas. Normalmente, a companhia tira xerox desse atestado.

Se você precisar viajar de avião além desse prazo, entre a 36ª e 39ª semana de gestação (9 meses incompletos), isso só pode ser feito na companhia do médico responsável! E aqui, não se trata mais de viagem de lazer…E depois das 40 semanas (9 meses completos), a grávida não pode mais embarcar, salvo exceção e acompanhada do médico obstetra!

Pegando como exemplo a minha própria experiência, viajei para o Nordeste, aos 4 meses de gravidez: perfeito para viajar, tomar sol, água de côco e curtir as férias. Aos 6 meses de gravidez, também fui para Bariloche, boa época para pegar o avião, andar, passear, curtir as paisagens…Na Aerolineas Argentinas, me deram um travesseirinho para colocar entre a barriga e o cinto: “para su pancita”! 🙂 Cada companhia tem as suas regras!

Já nesta segunda gravidez, fui para a Paris aos 7/8 meses de gravidez e devo confessar que as 11h de vôo foram bem mais desconfortáveis, a barriga estando maior…

Dicas para uma viagem de avião mais confortável:

– peça um lugar onde possa esticar as pernas (primeira fila logo após a executiva),

– tente ficar no corredor, se você for daquelas grávidas que vão muito ao banheiro,

– leve meias elásticas com alguma compressão, levante e ande de vez em quando para ativar a circulação sanguínea e evitar inchaços, e também evitar o aparecimento de varizes e trombose já que no avião os riscos são maiores.

– beba bastante água para se hidratar e conter os efeitos do ar seco do avião.

– parece óbvio, mas coloque roupas bem confortáveis, para não se sentir apertada. A posição sentada durante horas já é bastante incômoda.

– não esqueça de levar umas barras de cereais, biscoitos, alguma fruta…o avião pode atrasar ou pode bater uma fominha de grávida no meio do vôo!

– e claro, fale com o seu médico sobre os riscos, os medicamentos a tomar caso sejam necessários, e ande com os atestados e telefones de contato!

– MUITO IMPORTANTE: informe-se sobre a cobertura do seu SEGURO, que em geral, é diferente da cobertura normal!

Estas precauções tomadas, aproveitem este momento para fazer uma viagem única e romântica! E se não querem arriscar de avião, façam uma viagem de carro para alguma pousada por perto!

No exterior, vários hotéis fazem pacotes especiais para as grávidas, com diversos mimos, como massagens, palestras, cursos, kits hidratantes, jantar à luz de velas…Aqui no Brasil, as pousadas e Hotéis não fazem tanto isso, por isso #ficaadica para o setor hoteleiro!

E aproveitando a proximidade do Dia das Mães, queremos agradecer a visita de todos os casais leitores do blog, as mulheres já Mães e aquelas que estão por vir! Curtam muito o seu dia e os seus filhos!

Também estamos por aqui:

FACEBOOK TWITTER | INSTAGRAM | GRUPO VIAGENS EM FAMÍLIA

11151 Visualizações

Sut-Mie Guibert, Family Travel Blogger, Blogueira especializada em Viagens em Família, com crianças e bebês. Jornalista e mãe de duas meninas de 5 e 2 anos, adora levar as crianças para conhecer o mundo! Mas também gosta de escutar e falar sobre o assunto com outras famílias, que são sempre bem-vindas por aqui!

22 comentários para este artigo

  1. Nine disse:

    Que ótimo post! Eu estou planejando o segundo e uma viagem que deve acontecer lá para outubro, sem problemas como vc escreveu, obaaaa!

    Linda a foto da gravidinha e os filhotes!

    Beijos,
    nine

  2. Paloma disse:

    Ótimas dicas, Sut-Mie! Só quero reforçar a importância das meias de compressão. Viajei grávida sem e depois com meias e elas fazem uma diferença brutal, para melhor é claro. Toda grávida que fica muito tempo sentada, viajando ou não, deveria usar. Mas no avião é imprescindível.
    Beijos

  3. Adélia disse:

    Ter o atestado em mãos é fundamental! Uma vez, indo de Nice pra Paris, a cia aerea (Easy Jet) quase nao me deixou embarcar. Eu estava de 6 meses e ainda podia viajar por muitas semanas ainda, mas a barriga estava grande e eles nao queriam acreditar que tinha so’ 6 meses.

  4. Muito bom! Tenho muitas amigas e algumas pacientes grávidas, vou indicar esse post para elas! =)

  5. Luciana disse:

    Adorei o post, Sut! E puxa, quantas viagens você fez nesse período, hein? Aproveitou bastante! Eu, quando estava grávida, não cheguei a fazer nenhuma viagem de avião, mas me lembro que as de carro sempre demoravam 1 hora à mais que de costume, pois eu sempre tinha que parar várias vezes pra fazer xixi! 🙂

    E muito obrigada pelo desejo de feliz dias das mães… já estou emocionada! 🙂

    Beijos!

  6. Aline Marra disse:

    Que legal as dicas!!! Eu não sabia dessas coisas! Estou adorando o seu blog, vc é super viajante mesmo!!! Rs. Sempre estarei aqui! bjs

  7. Destemperadinhos disse:

    Que bonitinha de pancita!!!! Belo post. Na primeira gravidez fiz uma viagem maravilhosa para os EUA no quinto mês. Já na segunda, não conseguia ficar dentro do avião nem em uma viagem de POA a Floripa.
    BJcs
    Alexandra

  8. Sut, muito boas dicas! Sobre as meias, eu recomendaria usar aquelas de compressão mas no modelo 7/8, que facilitam na hora dos incontáveis “xixis”…
    Beijo
    Livia

  9. gladys gonzalez disse:

    Ótimo post!
    Muito informativo, obrigada por compartilhar!

  10. natalia pereira disse:

    moro em minas gerais e trabalho em recife pernambuco estou gestante de 7 meses quero ter minha bebe perto da minha familia pretendo viajar ate o dia 24 de setembro deste mes mas ta havendo complicaçao porq fui a maternidade me disseram que naum poderia viajar porq poderia haver complicaçao na hora da vigem sao so 3horas de voo mas durante a gestaçao ta ocorrendo tudo bem o que eu faço para ganhar meu bebe em minas quero que ela seja mineira nada contra osw pernambucanos

    • Oi Natália,
      Normalmente, aos 7 meses não há grandes problemas, ainda mais para um vôo curto, como vc disse. À menos que vc tenha uma gestação delicada, algum problema de pressão…?
      Não tem como a maternidade te impedir de viajar (como disse e repito, à menos que seja uma gravidez de risco). Você precisa achar algum médico obstetra que faça uma declaração para vc dizendo com quantas semanas de gravidez vc está, e que vc está apta para viajar, c/ assinatura e CRM (pede uns dois exemplares..). A companhia aérea só precisa disso.
      Bjs

  11. GRAZIELA disse:

    Meu Deus… mas esse mundo é mesmo uma azeitona! Achei seu blog através do blogsemdestino do Pedro marido da isabela grande amiga minha, e qual não foi minha surpresa quando vi que seu marido é o Carlão!!! Namorei um grande amigo dele por 7 anos! Que coincidência! Que família linda! Parabéns ao casal por ter formado essa linda família, e por você ser uma pessoa tão especial e cativante! Que seus caminhos continuem a ajudar tantas e tantas famílias e que cada vez você tenha mais sucesso nessa vida! beijos

  12. Marcia disse:

    Adorei as dicas. Estou grávida de 4 semanas e tenho uma viagem p/Califórnia dia 12/06/2012 já agendada, passagens compradas, enfim, fiquei super apreensiva. Na data da viagem estarei no quinto mês e pelos seus comentários acho que não haverá problemas. Vou conversar com meu médico e procurar ficar mais calma……Já prometi p/minha filha de 7 anos que iríamos pra disneyland, não quero cancelar a viagem!
    Beijos e obrigada pelas dicas!

  13. Ana Carolina disse:

    Olá,Gostei de suas dicas, e tinha meio em base do meu médico já oque eu deveria fazer,estou de 6 mêses e estou indo pra Connecticut New York Ct,vamos morar,espero que dê tudo certo. Continue com Seu Blog, me ajudou a confirmar algumas cositas mas,e espero que ajude outras Futuras mamães Viajantes tbm!Beijos e Parabéns.

    • Julia disse:

      Olá Ana Carolina,
      Também estou grávida e pretendo me mudar para os Estados Unidos com 30 semanas de gravidez. Você já entrou no país? Estou morrendoo de medo de me barrarem na imigração, por imaginarem que eu quero ganhar o bebê lá. Também estou com medo quanto ao parto. Ouvi dizer que o governo tem um programa de assistencia médica gratuita para pessoas de baixa renda. Você sabe sobre isso? FIco um pouco resceosa, porque já vi que parto lá fica em torno de 20 mil dólares…

  14. Letícia Monteiro Pereira disse:

    Olá, acabei de descobrir que estou grávida e esta era uma grande questão para meu marido e eu, pois sosmo viajantes de carteirinhas e tenho uma viagem de avião até janeiro do ano que vem (ou seja, quse toda gestação).
    Adorei ler seu relato, estou bem mais tranquila agora. Obrigada.
    Letícia

  15. kelly disse:

    ola,,tenho uma viagem marcada para Turquia,,,e um voo de 12 horas eu vou estar gravida de 26 ,,27 semanas,,,,estou com medo de fazer a viagem,,,eu ja fiz esse roteiro algumas vezes,,,e quando vim para o Brasil em agosto estava com 2 meses,,,mas agora preciso voltar para la ,,na verdade nao e nem uma viagem de passeio e que meu marido mora la,,,alguma dica,,,ou restriçao,,,estou com muito medo

    • sutmie disse:

      Olá Kelly,
      Aparentemente, não é uma opção viajar ou não, já que não é uma viagem à passeio. Se vocês moram lá e seu marido está lá, é bom que você esteja onde e com quem se sente tranquila, seja no Brasil ou na Turquia! 🙂
      Sobre viajar grávida, tudo depende de como está decorrendo a sua gravidez, sem problemas… Converse com o seu médico, é a melhor pessoa para saber o seu histórico e poder te aconselhar.
      Se não tiver problemas, é tranquilo viajar nessa fase, pode ser um pouco cansativo, mas nada demais, tudo depende de cada grávida!
      Vc vai precisar da autorização do seu médico para viajar e entregar para a companhia aérea. De resto, são os conselhos do post mesmo: meias de compressão, tentar sentar na frente para ter mais espaço para as pernas, no corredor para ficar mais fácil para ir ao banheiro…
      E principalmente, tente ficar calma! 🙂
      Espero que faça uma boa viagem!

  16. Cristina (VnV) disse:

    Sut-Mie, já vim aqui 😉 Nem postei ainda no facebook que estou grávida mas achei o post ótimo e vou fuçar mais, ainda que não estejamos indo para uma baby moon mas uma viagem de enxoval mesmo rsrs

    • Sut-Mie Guibert disse:

      Ah….mas que fofura e que honra! 🙂
      Mesmo que seja uma viagem de enxoval, imagino que deva ser para Miami ou Orlando… aproveite para dar uma descansada tb pelas bonitas praias de lá com mar caribenho! 😉
      Se for NY, vai ter que descansar na praia no RJ mesmo!
      Boa viagem, qualquer dúvida, me fala!

  17. LUDMILA disse:

    Olá!!! Foi tranquilo pra você entrar grávida em Paris??

    • Sut-Mie Guibert disse:

      Olá Ludmila< Como assim? 🙂 Sim, foi muito tranquilo, as autoridades lá nem olham para isso! O que mais se preocupa com a sua viagem é vc, seu médico e a companhia aérea que pede certificado do médico e autorização. De resto, ninguém fala mais nada. E claro, viaje com um bom seguro, porque nunca se sabe! 😉 Um abraço

Deixe seu Comentário





* Campos obrigatórios