Ficou fácil viajar com crianças!

Neve em Les Karellis, França: dicas da Camila (6 anos), da Bruna (3 anos) e dos seus pais.

A temporada de esqui terminou no hemisfério norte e está começando aqui no hemisfério sul (já neva em Valle Nevado, Chile).  Por isso, me apresso em contar esta viagem para dar água na boca em quem está se programando para as férias de inverno na neve. Claro que não iremos falar da mesma estrutura e lugar, mas o espírito das férias é o mesmo!

Esta família optou por esquiar em Les Karellis, uma pequena estação de esqui no Alpes franceses, a 1600/2500m de altitude, super adaptada para famílias com crianças pequenas.

A família passou 5 dias e adorou:

O tempo: esquiar nesta época na Europa é ter a certeza de dias mais compridos, menos nublados, com mais sol, portanto mais quentes apesar de ainda ter neve. Com crianças é um clima ideal, além de que a paisagem e fotos ficam mais bonitas.

Porém, mesmo se o clima está um pouco mais quente, não se pode descuidar das roupas necessárias e apetrechos adequados para esquiar: segunda pele, blusa de manga comprida e gola alta, meia-calça, macacão impermeável (melhor do que calça e casaco por ser todo fechado, assim o frio e a neve – que molha – não entram; só é chato para ir ao banheiro…), luvas impermeáveis (não adianta colocar simples luvas de lã que ficam molhadas em contato com a neve e congelam os dedos), botas impermeáveis, que além de não escorregarem na neve, não molham e aquecem os pés. Não esquecer dos óculos e protetor solar, ainda mais se houver muito sol que se reflete na neve e queima. Se estiver muito frio, vale ainda colocar cachecol e gorro protegendo até as orelhas.

As aulas de esqui para crianças: impressionante como crianças tem a capacidade de aprender a esquiar rápido, por isso vale muito à pena investir em aulas só para elas.  Em 2, 3 dias de aulas já sabem esquiar sozinhas, pegando inclusive o “ski lift”, reboque que vai entre as pernas e leva até o alto do morro para em seguida poder descer.

Nesta estação, especificamente, a escola para as crianças se chama “Jardin des Neiges”, com aulas de meia hora para crianças de menos de 4 anos, aulas de hora e meia para crianças de 4 a 5 anos e aulas de duas horas e meia para crianças acima de 5 anos.

Esquiar todos juntos: subir de teleférico em família já é uma diversão. Em seguida descer aos poucos é uma excelente experiência, ainda mais com ambas as crianças que esquiavam pela primeira vez. Descer devagar, curtir a paisagem, passear, tirar muitas fotos e no final, com o orgulho de ter conseguido descer uma pista verde! Para quem não sabe, as pistas de esqui são divididas por cores e grau de dificuldade (verde, azul, vermelha, preta).

Relaxar ao sol depois do almoço: com uma temperatura mais amena e sol mais forte, dá até para tirar o macacão de esqui e se aquecer ao sol para descansar e repor as energias. Vários restaurantes tem varandas com espreguiçadeiras e vista para as pistas.

Alugar e brincar com trenó: outra excelente opção quando não se está esquiando é se divertir com trenó, sozinho ou a dois. Toda estação tem áreas onde se pode descer de trenó, montes mais baixinhos, onde é divertido escorregar. Em estações mais sofisticadas, a área é específica e protegida por redes.

E as coisas que gostaram específicas ao lugar:

A estação Les Karellis é classificada “Famille Plus, isso significa que ela segue vários padrões adaptados para as famílias:

– As estadias são all inclusive– incluem estadia, refeições (com menu infantil e potinhos para bebês), as subidas mecânicas (ski lifts), aluguel de material, animações e recreação…Muito prático em família.

Para o almoço, olhem que graça, cestas de piquenique podem ser encomendadas se a família optar por passar o dia todo nas pistas.

A família pagou 335 euros/adulto e 225 euros/criança ou seja 1.120 euros pelos 5 dias com tudo incluído, o equivalente a, aproximadamente, 2.500 reais…

– Os apartamentos tem 2 quartos e camas beliche para famílias maiores, até 6 pessoas.

– O hotel tem espaços dedicados para as crianças: área com brinquedos, recreação e até a nursery, berçário onde os pais podem deixar bebês acima de 3 meses para esquiar umas horas.

A estrutura também propõe animações temáticas o dia inteiro e toda a semana, para quem não quer/sabe esquiar.

A família gostou menos:

Das camas nos quartos que não são camas de casal, mas camas de solteiro juntadas, portanto pouco confortáveis, porém o cansaço depois de um dia intiero de esqui era tanto, que acabou se tornando um detalhe.

A comida também era bem simples. Mas ainda assim, a família preferiu a praticidade do all inclusive, mais adaptado para as crianças e para poderem aproveitar os dias e o esporte.

Viagem feita em Março de 2012: sol, calor e temperaturas amenas.

Para mais informações:

Les Karellis: karellis.com (reparem que o site muda de inverno para programação de verão no sol à direita).

Les Karellis fica a menos de 1h de carro de Chambéry, 1h e meia de Grenoble e Annecy, a 2h de Lyon e a 6h de Paris.

De trem, a estação fica a menos de 4h de TGV de Paris.

Se está programando férias na neve, você também pode gostar de ler:

Valle Nevado com crianças

Bariloche com crianças

Também estamos por aqui:

FACEBOOK TWITTER | INSTAGRAM | GRUPO VIAGENS EM FAMÍLIA

4972 Visualizações

Sut-Mie Guibert, Family Travel Blogger, Blogueira especializada em Viagens em Família, com crianças e bebês. Jornalista e mãe de duas meninas de 5 e 2 anos, adora levar as crianças para conhecer o mundo! Mas também gosta de escutar e falar sobre o assunto com outras famílias, que são sempre bem-vindas por aqui!

4 comentários para este artigo

  1. Será que vcs podem postar quanto sai +|- uma viagem destas e qts dias seria o ideal?

  2. Olá Geni,
    Esta família ficou 5 dias e o ideal é ficar 1 semana para curtir bem.
    Sobre o preço que eles pagaram, foi 335 euros/adulto e 225 euros/criança com tudo incluído: hospedagem, material, refeições. Total de 1120 euros para os 4 ou 224 euros/dia. Se colocarmos em reais, daria uns 2.500 reais…não é barato, mas como tem tudo incluído, vale à pena.
    Férias no esqui são um pouco caras se forem realmente esquiar: o que aumenta o orçamento são os lifts (subidas) e o aluguel de material e roupa.
    Se for só para descobrir a neve, teria que contar somente o aluguel de roupa e se divertir fazendo bonecos de neve, alugando trenó…
    Mas são férias mais caras do que ir à praia. 🙂
    Vc tem toda a razão, vou completar o post com estas informações.
    Bjs

  3. silvia disse:

    isso é só o HOTEL?,ou é toda a viagem?

Deixe seu Comentário





* Campos obrigatórios