Ficou fácil viajar com crianças!

Restaurante premiado kid friendly? Tanta dos Chefs Astrid e Gaston!

ATUALIZAÇÃO 13/10/2017: RESTAURANTE PERMANENTEMENTE FECHADO! 🙁

Aproveitando que a revista inglesa Restaurant Magazine publicou esta semana a sua lista com os 50 melhores restaurantes de 2012 (a lista se estende, na verdade, até o 100º restaurante), vamos contar uma experiência acontecida aqui na Bolívia, em Santa Cruz de la Sierra, onde estamos passando uma temporada a trabalho.

A cidade tem alguns restaurantes interessantes e, pasmem, super kids friendly! Inclusive, a filial do famoso restaurante peruano Astrid y Gaston que ficou este ano em 35º lugar: Tanta, um dos meus locais preferidos. Gastón Acurio é um Chef peruano que faz sucesso com sua “cozinha fusão”, onde mistura sabores peruanos tradicionais com sabores modernos. Ao fundo do restaurante, um grande painel com sua foto e a frase “Bemvindos à experiência Tanta” faz como se ele estivesse pessoalmente cumprimentando o público, convidando-o a “experimentar emoções desconhecidas ao paladar”. Abaixo, uma prateleira com seus livros de receitas.

O clima é contemporâneo, moderno e despojado, com cores cinza, roxo, marrom escuro…ao mesmo tempo, toques informais e coloridos, como quadros com menu escrito à mão com giz…

Um restaurante espaçoso onde dá para entrar facilmente com carrinho, e que se divide em 3 grandes ambientes: um despojado, tipo café, outro mais aconchegante com sofás vermelhos e grandes luminárias e uma varanda externa.

O mobiliário é clean e moderno, e os sofás vermelhos aveludados dão um toque de sofisticação e poderiam passar a impressão de que crianças não são bem vindas, mas é só o garçon trazer o menu infantil com lápis de cera que o clima fica estabelecido. O menu é ao mesmo tempo passatempo, como acontece muito nos Estados Unidos, idéia básica e fácil de ser aplicada, não é mesmo? Os pais agradecem a atenção, merci!

O menu em si é bem básico e “batido” para crianças: hamburguer, frango à milanesa com batata frita, espaguete com creme e peito de frango…Eu ainda sou da opinião de que daria para variar sim, e propor pratos diferentes, mas, certamente a maioria dos clientes (as crianças) preferem o habitual mesmo. O que muda, é que aqui são pratos normais, mas feitos por grandes chefes! Nós sempre pedimos o espaguete com creme e não é “qualquer espaguete”: trata-se de uma massa caseira, com certeza, com um molho todo especial. Meu marido já desejou mais de uma vez voltar a ser criança só para poder comer esse espaguete! Ainda bem, o prato é bem servido, apesar de serem quantidades infantis e sempre acabamos “roubando” um pouquinho. 😉

E para nós, o que eu considero uma das estrelas da casa: o ceviche! O ceviche em si já é um prato bem interessante, fresco, leve, de sabor exótico. Mas aqui ele é indescritível: ácido na medida (o prato é à base de peixe cru, marinado em limão), levemente apimentado (com o que parece ser pimenta dedo de moça), bem temperado com salsa e bastante cebola roxa. Claro, pareceu simples assim, e é, mas o sabor é realmente especial! Servido com um milho diferente, dos países andinos, com grãos bem maiores e mais macios. E também rodelas de batata doce. Este prato já faz parte da minha listinha de coisas de Santa Cruz que deixarão saudades!

Ainda não provamos muitos pratos, porque depois desta entrada fica quase difícil querer outras coisas, mas já experimentei o penne com truta defumada e creme de vodka ou o salmão com risoto de quinoa, muito interessantes ao paladar também!

As sobremesas (especialidade da Astrid casada com o Chef Gaston), são bem modernas e lembram os doces franceses: “creme brûlée”, “forêt noire”… gostosas, mas se nós vamos ao Tanta, é pelo ceviche mesmo!

E para falar de preços, o restaurante é sofisticado, destinado à uma elite local, mas o custo de vida aqui é muito menor que no Brasil: 425 bolivianos em média com entrada, pratos, sobremesa e café para um casal e uma criança equivale à uns R$105, o que é pouco por um restaurante premiado!

E só para terminar, lembramos com orgulho que 3 restaurantes brasileiros estão na lista, sendo que o D.O.M do Chef Alex Atala ficou em 4º lugar, o Mani em 51º e a carioca Roberta Sudbrack fez a sua entrada na lista em 71º lugar!

Para mais informações:

Astrid y Gaston: astridygaston.com com filiais no Peru, Chile, Colombia, Equador, Venezuela, Espanha, México e Argentina.

Tanta (na Bolívia): tanta.com.bo

The World´s 50 Best: www.theworlds50best.com

Também estamos por aqui:

FACEBOOK TWITTER | INSTAGRAM | GRUPO VIAGENS EM FAMÍLIA

 

3517 Visualizações

Sut-Mie Guibert, Family Travel Blogger, Blogueira especializada em Viagens em Família e com crianças. Jornalista e mãe de duas meninas de 10 e 6 anos, adora levar as crianças para conhecer o mundo! Mas também gosta de escutar e falar sobre o assunto com outras famílias, que são sempre bem-vindas por aqui!

4 comentários para este artigo

  1. Cinthia disse:

    Ai, o Astrid y Gastón de Santiago não é assim com as crianças. O ambiente é bem sisudo, não amei, não.

    Agora, realmente é incrível a diferença de preços com o Brasil!

    Bjs e boa semana!
    Cinthia
    @chilecriancas

  2. Lilia Faria disse:

    Ah que legal!! Que vontade, rs. Deu pra ver pelas fotos que o lugar é aconchegante

    Beijos
    Lilia

  3. Mãe Mochileira,Filho Malinha disse:

    Delicinha de lugar,einh!!? Queria lhe desejar um lindo dia das mães,que seja um dia muiiiito mais que especial!!beijos em vcs todos!!! 🙂

  4. Dona Pipoca disse:

    Adorei o lugar, pena que näo temos tantos por ai, restaurante com criança, no meu caso 2 anjos de 4 e 3 anos, fica humanamente impossivel, só MC Donalds pq tem um play, mas somos vegetarianos. Aqui na Alemanha tem uns cafés para mäe e crianca, só brinquedos jogados pelo chäo, carrinhos, bicicleta e tintas. Idéia fantastica!

Deixe seu Comentário





* Campos obrigatórios