Ficou fácil viajar com crianças!

Sea World em Orlando anuncia data de inauguração da nova atração Antarctica: Empire of the Penguin

Está confirmado! A nova atração será aberta ao público em 24 de maio de 2013!

A Antarctica: Empire of the Penguin – a maior extensão e investimento da história do Parque, com certeza será uma visita obrigatória em Orlando! Antactica Empire of the Pinguin irá transportar as famílias para um cenário raro, o mundo do gelo, com icebergs gigantes e um glacial em tamanho real! Todos irão sentir a grandeza do Polo Sul e contemplar tudo isso através do olhar de um pinguim bebé, o PUCK, em uma atração inédita. Os visitantes irão descobrir uma imensa colônia de pinguins em uma área onde serão envolvidos por uma atmosfera de frio extremo e poderão vivenciar o mundo gelado dos pinguins de duas diferentes maneiras, pela superfície e sob ela, com observação subaquática destes adoráveis animais!

Será possível andar no meio de uma colônia de pinguins, no habitat artificial refeito para eles e ver assim quatro espécies diferentes de pinguins: Gentoo, Panacho-amarelo,  Adélia e Rei.

Antarctica - Empire of the PenguinVejam neste vídeo, uma prévia do quanto legal será esta nova atração!

Além disso, Antarctica Empire of the Penguin apresenta carrinhos ultra tecnológicos que utilizam um sistema de locomoção único: um transporte dinâmico por wireless, que movimenta o veículo pelo chão em qualquer direção (sem trilhos)! Ele tem uma cabine aberta para o público ver melhor e interagir com o meio e uma base que balança a plataforma em vários níveis de emoção, fazendo com que cada visita seja uma sensação única! O fato de poder ver as outras pessoas, amigos, familiares em outros carrinhos aumenta também a interatividade e ajuda a proporcionar experiências memoráveis!

PBRWRMrhVejam Mike Denninger, Diretor Corporativo de engenharia explicar a tecnologia deste novo carrinho:

Os fãs que quiserem explorar ainda mais essa aventura do SeaWorld, podem curtir desde já as emoções dessa atração por meio do aplicativo gratuito Antarctica App, disponível para iPhones, iPads e aparelhos que utilizam sistema Android. É possível fazer o download do aplicativo no www.seaworldorlando.com/Antarctica.

O app apresenta fotos e vídeos interativos que permitem ao usuário nadar, marchar e dançar com os pinguins. No sistema, o visitante poderá registrar o seu rosto como o novo explorador da Antártica. Todos os vídeos e fotos podem facilmente serem compartilhados com amigos e familiares por meio das mídias sociais – Facebook, Twitter e You Tube, ou mesmo serem enviados por e-mail.

No aplicativo ainda há diversas informações sobre os pinguins e o continente antártico, além de vídeos sobre os bastidores da construção dessa incrível nova atração do SeaWorld Orlando.

Informações e fotos: Assessoria de Imprensa

Você também pode gostar de ler:

Roteiro para visitar o Sea World com crianças pequenas

Refeição com baleias ou tubarões no Sea World

Venha curtir o VP no Facebook: Viajando Com Pimpolhos

Compartilhar dicas no nosso grupo do Facebook de Viagens em Família

e seguir o VP no twitter: @viagempimpolhos  e no instagram: @sutmie

Gostaram deste post? Não esqueçam de dar a sua opinião, clicando nas estrelinhas abaixo para ranqueá-lo! 😉

3543 Visualizações

Sut-Mie Guibert, Family Travel Blogger, Blogueira especializada em Viagens em Família, com crianças e bebês. Jornalista e mãe de duas meninas de 5 e 2 anos, adora levar as crianças para conhecer o mundo! Mas também gosta de escutar e falar sobre o assunto com outras famílias, que são sempre bem-vindas por aqui!

4 comentários para este artigo

  1. Edson Cunha disse:

    Prezada,

    Primeiramente meus parabéns pelo ótimo blog!
    Considero suas dicas boas, não só para aqueles que têm pimpolhos, mas para todos que gostam de viajar e principalmente que acreditam que viajar é possível com qualquer idade.

    Neste seu post, relacionado com o Sea World, no entanto gostaria de fazer uma breve reflexão com relação ao comentário:
    “Será possível andar no meio de uma colônia de pinguins, no habitat deles e ver assim quatro espécies diferentes de pinguins:”

    Na verdade os pingüins foram de fato retirados de seus habitats e colocados em um local construído artificialmente para serem expostos.
    Podemos até argumentar, que o objetivo é nobre – mostrar os animais para as crianças, etc, etc, etc.

    Mas o fato é que estes animais foram retirados de seus ambientes naturais, assim como os outros animais (golfinhos, leões marinhos e etc) que esta grande rede de diversão expõe em suas dependências.

    Abraços,
    Edson Cunha

    • Olá Edson,

      Obrigada pelos elogios ao blog!

      Você tem toda razão em sua colocação sobre a frase em questão e eu vou imediatamente corrigir o texto! Efetivamente, não se trata do “habitat deles” e sim “FEITO para eles”, reprodução artificial do habitat dos pinguins.

      Sobre o fundo da questão, as opiniões divergem e você mesmo falou dos dois lados da moeda. Segue aqui um release oficial do Sea World, feito pela Assessoria de Imprensa da marca: “O SeaWorld Parks & Entertainment busca por meio do entretenimento incentivar a celebração, o contato e o cuidado com a natureza e o mundo animal. Em seus mais de 50 anos de existência, a companhia está sempre inovando a fim de criar experiências que misturam imaginação e natureza, características reconhecidas em seus 11 parques temáticos, que receberam mais de 24 milhões de visitantes em 2012. As unidades operam sob as famosas marcas SeaWorld®, Busch Gardens® e Sesame Place®. Os parques oferecem diversas experiências inesquecíveis por meio de encontros com animais, espetáculos e atrações de altíssima qualidade.

      O SeaWorld Parks & Entertainment é uma das principais organizações de zoológico do mundo e líder em tratamento de animais e cuidados veterinários. A companhia mantém um dos maiores conjuntos de animais de todo o mundo e tem liderado diversos avanços no cuidado de espécies em zoológicos e na conservação de populações selvagens. O SeaWorld Parks & Entertainment também opera um dos programas de resgate e reabilitação de mais respeitados do planeta, que recupera animais doentes, feridos e órfãos e os devolve à vida selvagem. Nas últimas quatro décadas, o SeaWorld já resgatou cerca de 22 mil animais. O SeaWorld Parks & Entertainment emprega cerca de 21 mil pessoas em todo o país.

      O SeaWorld & Busch Gardens Conservation Fund, órgão sem fins lucrativos, já colaborou com mais de US$9 milhões em projetos de pesquisa e de proteção da vida animal. A fundação reverte 100% das doações em preservação da vida selvagem.”

      Pessoalmente, gosto muito do Parque, justamente pela sua dimensão real, visualização e interação com animais de verdade. Conversando com uma amiga bióloga marinha, Lucia Malla, blogueira (aliás recomendo muito a leitura de seu Blog “Uma Malla pelo Mundo“, pesquisadora e que mora nos Estados Unidos, ela me afirmou que as leis nos USA e Europa são muito rígidas em relação à cativeiros, que os animais são bem tratados e que o valor educativo é inestimável!

      Eu, viajante que sou, não quero ensinar às minhas filhas que se deve cuidar do planeta olhando somente para o Sea World, mas também em Fernando de Noronha, Patagônia, Abrolhos, etc. Sea World é uma parte disso e não o todo. Mas tenho a sorte e perfil de querer ver o resto do mundo. Há quem não possa.

      Enfim, Edson, tudo isso seria papo para longas conversas, “etc, etc, etc” como você mesmo falou. Mas respeito a sua opinião, entendo, e achei importante colocar a minha também! 😉

      Um abraço e volte sempre enriquecer o nosso blog com questões importantes!

  2. Edson Cunha disse:

    Sut-Mie,

    Agradeço a vocês pela resposta, atenção e também a alteração no texto do post.

    Valeu também pela dica do blog da Lucia Malla, que já acompanho e, como mergulhador gosto muito das fotos e conteúdos postados por ela.

    Aguardo próximas posts e boas histórias!
    Por aqui, se ver alguma oportunidade para contribuir de forma construtiva vou escrever!
    Abraços,
    Edson Cunha
    https://www.youtube.com/user/edsoncunhaviagens

  3. Vivi Koyama disse:

    Que bom a estreia em maio, estarei lá no começo de junho e poderei conferir!!! 😉

Deixe seu Comentário





* Campos obrigatórios