Ficou fácil viajar com crianças!

Como alimentar crianças e bebês em Orlando?: dicas do grupo Viagens em Família

De vez quando, vamos replicar aqui dúvidas ou dicas interessantes que surgem no Grupo de Viagens em Família que temos no FaceBook! Assim, todos podem aproveitar da experiência de tantas famílias viajantes!

“Como alimentar as crianças e bebês em Orlando?” Pergunta frequente lá no grupo: seja para bebês ou para crianças maiores que não se adaptam aos sabores americanos, às vezes muito doces ou picantes para o paladar infantil, ou que não estão acostumados a ficarem muito tempo sem o habitual “feijão com arroz” brasileiro.

Várias soluções possíveis e ninguém deixou de viajar por causa disso! 😉

==> Para as famílias que preferem alugar um apart com kitchinete e cozinhar, os melhores supermercados para fazer compras são:

O Whole Foods, supermercado orgânico e maravilhoso onde encontrar frutas frescas e comidas prontas. Em Orlando, fica na 8003 Turkey Lake Road e aberto das 8h às 22h, todos os dias.
Post da Alexandra Aranovich do Blog DestemperadinhosWhole Foods: meu parque de diversões orgânicas e naturais.

Várias famílias citaram também preferencialmente a Target, 4750 Millenia Plaza Way ao lado do Mall at Millenia ou o Publix ou o  WallMart.

Há também um Mercado brasileiro na 5450 International Drive onde podem encontrar feijão, papinhas Nestlé, cereais (Mucilon)… mas atenção: tudo mais caro do que no Brasil! Vejam o que conta a Debora Segnini do Blog Gosto e Pronto: mercado brasileiro em Orlando.

==> Para quem não fica sem feijão, dica da Tania Pereyra do Blog Dulce Bee Life: comprar o feijão em lata Goya: “já vem cozido mas sem tempero. Temperando do seu jeito vai ficar igual ao de casa. Acrescentar o arroz de saquinho Uncle Ben´s que pode ser feito no micro-ondas“.
A Claudia Bia do Blog Aprendiz de Viajante lembra que a lata de feijão Goya “deve ser a azul, sem tempero. Senão, a vermelha é no estilo mexicano e doce“.

==> Para aqueles que ainda não se sentem seguros e preferem levar o feijão do Brasil, a Liliam Nakamura e a Ana Carolina Amorim falam do feijão Camil, Vapza ou o feijão preto Quero, que vem em tetra-pack. E a Claudia Cosentino dá a dica: “Pode levar na mala. Coloca num saco plástico ou caixa transparente (para o caso de estourar) e escreve baby food por fora, que ajuda”.

==> Uma vez a comida pronta, o ideal é ter um pote térmico como indica a Renata Pra, tipo o da marca Fogoo Thermos, que mantém as comidas frias por 7h ou quentes por 5h. A Ana Beatriz Calvão também passeia nos parques assim, com 2 thermos Fogoo: em um coloca arroz no fundo e alguns legumes por cima e no outro, o feijão e seu caldo. Nos restaurantes do parque, pede somente uma carne grelhada ou um peito de frango para acompanhar.

B3000PK_EnlargementFoto www.thermos.com

Esse pote térmico tb é muito prático com água quente para esquentar potinhos para bebês, já que muitos restaurantes tem micro-ondas industriais e não aceitam aquecer a comida. Os parques tem Baby-Centers com micro-ondas, mas às vezes, vocês podem estar bem longe deles, então é mais prático ter algo à mão!

Outra boa opção com bebês é levar uma bolsa térmica com iogurtes infantis, gelatinas e Pediasure pronto (dica da leitora Marcella Brandão).

==> Para a hora de viajar, se o seu bebê gosta de papinhas caseiras, a Flávia Vieira Peixoto do Blog Viajar é Tudo de Bom recomenda o post da especialista em cozinha infantil, Pat Feldman do Blog Crianças na Cozinha: Viajar com papinhas caseiras não é um bicho de sete cabeças!

A Camila Laclau lembrou também que o Empório da Papinha faz papinhas caseiras para viagem. Despachar na mala em bolsa térmica com placas ou bolsas (compradas na farmácia) de gelo. E escrever em cima “Baby Food” para deixar claro, caso alguém abra a mala

==> Para os bebês que aceitam papinhas industrializadas, algumas famílias levam potinhos Nestlé na mala despachada. Levem uma quantidade para os primeiros dias, mas depois, a Luciana Misura do Blog Colagem recomenda várias marcas americanas interessantes e orgânicas que podem ser encontradas na Target, Whole Foods ou Publix já citados: Plum Organics (que vem em bisnagas com tampinha), Happy Baby, Earth´s Best, Sprout Organic (mistura de frutas e legumes ou legumes com grãos), Ella´s Kitchen. Em todo caso, evitar os potinhos da Gerber, que não tem gosto!

==> Para as famílias que querem um gostinho brasileiro, há vários restaurantes brasileiros em Orlando, onde podem comer diariamente, ou dica da Erika Garcia: “chegando lá, compre um monte de potinho no Walmart e faça uma ‘bela’ marmita no Vittorio´s. Distribua nos potinhos e congele“.

Lista da Cláudia Bia do Blog Aprendiz de Viajante: Restaurantes brasileiros em Orlando

A Alexandra Aranovich do Blog Destemperadinhos conta sua experiência no Camila´s (aqui) e no Vittorio´s (aqui)
Palavras da Paula Ferreira sobre o Camila´s: “todos os dias tem feijão, arroz, farofa, batata frita, saladinhas, carnes braseadas, macarrão alho e óleo, estrogonofe. Enfim, comidinha caseira, bem simples, mas bem parecida com a do Brasil.” (mas vale deixar registrado que este restaurante divide opiniões: há quem goste/quem detestou…). Crianças abaixo de 5 anos não pagam!

E ao lado do Camila´s, uma padaria brasileira, Pão Gostoso, com pão de queijo e tudo e um supermercado brasileiro!

Outro citado: o Café Mineiro (que também divide opiniões).

O Márcio Nel Cimatti do Blog A Janela Laranja lembra que agora também tem o Giraffa´s com arroz, feijão e carne! (aqui)

==> Para as famílias que querem comer bem e provar outros sabores, há vários bons restaurantes com menus infantis, como indicam:

o Alexandre Ayres do Blog Wazari: onde comer em Orlando ou Orlando: mais restaurantes.

a Priscilla Perlatti do Blog Vamos Aonde fala do Sweet Tomatoes e do Whole Foods.

a Alexandra Aranovich do Blog Destemperadinhos: Frutos do mar no Red Lobster ou a comidinha deliciosa e variada do Cheese Cake Factory

a Michely Lares do Blog As Aventuras do Heitor pelo Mundo recomenda o Olive Garden.

o Luciano do Blog Malas e Panelas  recomenda o Souplantation e Sweet Tomatoes ou o Mimi´s Café.

Nós recomendamos o Bubba Gump, inspirado no filme Forest Gump!

 

Como podem ver, há soluções para todos os casos, até para os alérgicos, como contei aqui!

Pronto! A comida não será mais uma preocupação em Orlando! 😉

 

* Se você é do grupo Viagens em Família e quer rever algumas dessas conversas, dá uma olhada aqui, aqui, aqui e aqui.

E se o seu nome foi citado contra a sua vontade, por favor me avise. 😉

Também estamos por aqui:

FACEBOOK TWITTER | INSTAGRAM | GRUPO VIAGENS EM FAMÍLIA

 

 

15946 Visualizações

Sut-Mie Guibert, Family Travel Blogger, Blogueira especializada em Viagens em Família e com crianças. Jornalista e mãe de duas meninas de 10 e 6 anos, adora levar as crianças para conhecer o mundo! Mas também gosta de escutar e falar sobre o assunto com outras famílias, que são sempre bem-vindas por aqui!

24 comentários para este artigo

  1. gabriela tefili disse:

    AMEI esse post!!!!!
    E em Buenos Aires e em Santiago, vc tem alguma dica???

  2. Obrigada pela citações. Baita post!
    BEIJOS

  3. Tenili disse:

    Maravilhoso!!!Estava em duvida sobre levar minhas pimpolhas, depois que li esse post, mudei totalmente de ideia!
    Parabéns!!!

  4. Gabriela Tefili disse:

    Que post maravilhoso! Super útil! Parabéns!

  5. Eliana disse:

    OI Sutmie, adorei seu blog, inclusive descobri que ele é referência para quem quer viajar com crianças.
    Vou em outubro (06/10) para Orlando com meu marido, meu filho de 3 anos, que estará com 3 anos e 10 meses, minha mãe de 74 anos e uma sobrinha de 10. Gostaria de levá-los no T-Rex , vc acha que vale a pena? Ainda não consegui fazer o agendamento. Vamos ficar hospedados no Complexo da Disney e alugamos um carro. Será minha primeira viagem internacional e com criança e confesso que estou preocupada. Quero levar leite para ele, porque ainda toma leite na mamadeira. Desde já agradeço. Um grande abraço.! Eliana

    • Sut-Mie Guibert disse:

      Olá Eliana,
      Existem 2 grandes restaurantes temáticos no Donwtown Disney: T-Rex e Rainforest Café, um com a temática dos Dinossauros, e o outro com a floresta tropical. Se o seu filho já curte dinossauros pode ser interessante, mas saiba que ele tb pode se assustar! 🙂 Os bichos são grandes, gritam várias vezes durante o jantar, mexem de vez em quando…e no RainForest tb, mas talvez ele se assuste menos neste último. Você que conhece o seu filho e deve avaliar! 😉
      Sobre o leite, pode levar algumas latas de leite em pó na mala despachada, mas só lembre de colocá-las dentro de um saco plástico (já vi latas que abriram dentro da mala, deixando tudo branco)!
      Na mala de mão, pode levar a quantidade de leite e mamadeiras para a viagem, inclusive alguns potinhos se ele comer…
      Fique tranquila, vai dar tudo certo, vocês todos vão curtir muito!
      Um abraço

  6. Vanessa disse:

    Nossa!!! Esse post me ajudou muito…Estou indo viajar com meu filho de 2 anos que só come arroz e feijão, nem macarrão ele come, estávamos preocupados de como fazer com alimentação. Adorei as dicas!!!

  7. Debora disse:

    Ola, estou indo para Orlando em novembro e minha maior preocupação é com a comida da minha filha de dois anos.
    Vi vc dando dicas do empório da papinha… E me surgiu uma duvida.
    Eu posso levar comida na mala?
    Achei que nao fosse permitido.
    Se puder, esta resolvido. Tenho muitos pontinhos congelados.. Levo, compro esse pote térmico que vcs indicaram e pronto. Menos uma preocupação …
    Obrigada

    • Sut-Mie Guibert disse:

      Olá Debora,
      Vc pode levar comida e potinhos na mala despachada. Compre uma bolsa térmica, bolsas de gelos dessas que vendem em farmácia, complete os espaços com jornal e por fora, coloque uma etiqueta “Baby Food”. Geralmente, eles não implicam com isso. Na mala despachada vc tb pode levar latas de leite em pó.
      Na mala de mão, pode levar uns 2/3 potinhos + mamadeiras, a quantidade necessária para a viagem.

      Um abraço

  8. Vera disse:

    Excelente matéria pois todas as mães chegam preocupadas em como alimentar seus filhos em viagens, o Giraffas da International dr é uma excelente opção pois tem o kids menu com comida fresquinha, saudavel e de qualidade, tem arroz, feijão, saladinha, purê de batata e carninha, filé picadinho ou franguinho grelhado, por $5.90 feito na hora,muito melhor que buffet pous as crianças comem pouco e muitas vezes o buffet não compensa alem da comida ficar muito tempo exposta, correndo risco de contaminação, o endereço 5415 International Dr, pertinho do Premium Outllet.

  9. Gabriele disse:

    Oi Sutmie, estou indo para miami com minha pequena de 10 meses agora em dezembro e o site esta me ajudando muuuuito! ah tentei entrar no grupo do face mas nao tive resposta. como faz para participar? obrigada!

  10. Socorro disse:

    Vou viajar com meu bebe de 1 ano 5 meses. Minha dúvida ê se posso levar as papinhas caseiras congeladas. Ele não aceita industrializados.

  11. Monique disse:

    Sut, para passar o dia todo no parque o thermo foogo agüenta ate o horário de jantar?
    Vou com filha de 1 ano que nunca comeu industrializado. Como vou ficar em casa, pensei em cozinhar e levar dois potinhos para o parque. Almoço e jantar. Mas fico na dúvida se o pote de jantar vai manter “quente”.
    Alguém já teve esse experiência?
    Bj

    • Sut-Mie Guibert disse:

      Olá Monique,
      O Fogoo aguenta umas 5/6h… para o jantar é capaz de ficar somente morno…mas é melhor do que nada!
      Se vcs estiverem dentro do parques, podem tentar restaurantes de massas ou fora dos parques, restaurantes brasileiros onde sempre tem arroz e feijão.
      Um abraço

  12. ANNA LOBATO disse:

    AMEI TODAS AS DICAS…
    Já viajamos anteriormente com nosso filho de 5 anos que na época tinha 3 e sentimos uma dificuldade enorme pra que ele se alimentasse. Estamos retornando este ano com nosso mais velho que estará com 6 anos e o mais novo de 2 e não queremos passar pelos mesmos apertos.

    Muito obrigada,

  13. Juliana Mello l disse:

    Sut, estava na dúvida se tinha feito certo em levar minha pequena ano que vem com 1,4 anos P Disney, mas depois de ler suas dicas tenho a certeza que é a melhor opção! Sempre viajei com meu marido e agora com a nossa filha quero fazer o mesmo! Obrigada por ser um Oásis no meio do deserto P Maes de primeira viagem!

    ??????????????

    • Sut-Mie Guibert disse:

      Olá Juliana,
      Que graça de comentário! Obrigada! 🙂
      Viajar com crianças pequenas (sem grandes problemas de saúde) é bem menos complicado do que muita gente pensa! 😉
      Que vcs possam passear bastante e ter novas aventuras em família!
      Um abraço

  14. Rafhaella disse:

    Olá, boa tarde !
    Li os comentários e são de 2014, gostaria de saber se ainda consegue entrar com comida caseira na mala despachada ?

    • Sut-Mie Guibert disse:

      Olá Raphaella,
      Sim, coloque os potinhos em um saco térmico com bolsas geladas (dessas que se compram em farmácia) e jornal que ajudam a manter a temperatura e escreva “Baby Food” por cima. Algumas empresas já deixam tudo pronto, como a Empório da Papinha, que tem papinhas orgânicas.
      Um abraço

      • rafhaella disse:

        Muito obrigado, irei fazer assim então despachar la em baixo ( tomara qure não tenha problema ) as do dia irei levar na bagagem de mão.
        Voce conseguiu entrar com a comida despachada junto com a mala sem problema ?
        Muito obrigado

Deixe seu Comentário





* Campos obrigatórios