Ficou fácil viajar com crianças!

Como embarcar e desembarcar de um Cruzeiro? (Allure of the Seas, Royal Caribbean)

Amanhã, sábado, é dia de embarque e desembarque no Oasis of the Seas e domingo, no Allure of the Seas, ambos navios da Royal Caribbean. Nós fomos convidados a fazer um cruzeiro no Allure e adoramos a experiência! Um ponto que nos chamou a atenção é que são cruzeiros de 1 semana, com saídas e chegadas práticas para quem vem do Brasil e tem pouco tempo de férias!
Pegamos um voo num sábado de manhã, chegamos de tarde em Miami e dormimos no Hilton Miami perto do aeroporto. Um hotel prático com traslado gratuito direto do aeroporto. No domingo de manhã, pegamos uma van que nos levou até Fort Lauderdale, de onde saem estes 2 navios!

O Embarque

É recomendável fazer o check in online até 3 dias antes da data do cruzeiro, onde:

1. preenchemos nossos dados (informações dos passageiros),

2. linkamos o nosso cartão de crédito (conta de despesas à bordo), mas assim como acontece nos hotéis, é só para uma garantia. Se quiserem pagar em dinheiro vivo no final, não há problemas (mas neste caso, para facilitar, preencham os dados do cartão de crédito e só no fim do cruzeiro pagam em cash).

3. Depois vem a aceitação do contrato do cruzeiro

4. Imprima o seu Set Sail Pass, o seu check in on line que tem um código de barras (como se fosse uma passagem aérea ou reserva de hotel). Esse Set Sail Pass tem uma imagem da etiqueta de bagagem que vai ajudar os carregadores no cais a identificar suas bagagens. Quem estiver nos navios Oasis ou Allure of the Seas pode assinar online as autorizações para as atividades radicais como a parede de escalada, o FlowRider® (simulador de ondas), a tirolesa, entre outras. Vale à pena fazer logo para não perder tempo depois.

Nós chegamos umas 10h30, e havia uma pequena fila do lado de fora para depositar as bagagens, mas nada demais. Os auxiliares pegam o número do seu Set Sail Pass e colocam uma etiqueta na sua bagagem, assim, eles já sabem para que andar e corredor levarão a sua mala.

IMPORTANTE: prepare uma mala de mão com o que vai precisar durante o dia: muda de roupa, fraldas, lenços umedecidos, remédios, protetor solar…porque vocês só terão acesso às malas na parte da tarde após 17h.

Depois, entramos no cais de embarque, na verdade, como se fosse um grande aeroporto! Tudo igual: filas, passamos pelo raio X, afinal vamos cruzar fronteiras e sair do território americano e depois chegamos em área de check in e vamos no balcão com o número do nosso deck (andar da nossa cabine). Mostramos novamente o Set Sail Pass (eu não tinha conseguido imprimir o papel, só tinha o número da reserva), as identidades, o cartão de crédito e onde podemos também comprar o pacote de internet, que é vendido por hora, ou melhor negócio, $99/a semana de cruzeiro!

Royal CaribbeanRoyal CaribbeanAllure of the SeasRecebemos então cartões, o Sea Pass, como se fossem cartões de crédito, com nome, número da cabine, andar, horário e mesa de jantar, e que serve também como chave do quarto e para pagar extras. No final do cruzeiro, pagamos a conta desses extras que foram acumulados em nosso cartão. É possível escolher ou excluir os cartões que poderão acumular dívidas, como o de uma criança ou adolescente, por exemplo.

Dica: é interessante ter aqueles colares de parques de diversões, para carregar e não perder o cartão.

Quem tem criança pequena (acima de 3 anos), deve então dirigir-se ao balcão das crianças e colocar-lhes uma pulseira diferente no pulso: ela indica o andar e número da cabine da criança, caso ela se perca ou perca o cartão com o seu nome. As crianças ganham um porta cartão para levar o cartão de embarque no pescoço. (crianças menores de 3 anos não precisam, pois são supostas estarem sempre com os pais ou no berçário).

DSCN2955Foi tudo muito rápido e organizado: em 1h, o check in foi todo feito! Depois disso, passamos por um grande portão e já estamos DENTRO do navio (que está colado ao cais), em sua avenida principal, na Royal Promenade! Uma passagem quase imperceptível! Confesso que, leiga que era em cruzeiros, eu achei que fôssemos entrar por uma pequena passarela como nos filmes, do lado de fora, dando tchau para as pessoas. 🙂 Filhota também ficou confusa e frustrada e não conseguia entender que JÁ ESTÁVAMOS dentro do navio, ela ficava pedindo para embarcarmos! Só quando subimos e que ela viu o mar através das janelas do restaurante, é que acreditou! Por dentro, é tudo tão grande e vistoso que enquanto não vemos o mar, esquecemos que estamos em um navio, parece quase um shopping!

DSCN2957Passagem do Cais para a entrada do navio, já em sua avenida principal

O navio só sai do porto às 17h, então uma vez lá dentro é interessante ir para o último andar, no restaurante Windjammer Café, um buffet self-service e almoçar olhando a vista. Depois, vale à pena fazer logo a inscrição no kids club, assim as crianças já ficam ambientadas, veem os espaços… Depois, podem dar uma passeada pelo navio para matar a curiosidade! Ir até o Boardwalk no deck 6 onde tem o carrossel, ou na academia, ou conhecer o Central Park no deck 8 para ver os jardins dentro do navio (sim, jardins)! Podem passear na Royal Promenade no deck 5, ver as lojas e restaurantes… e também conhecer a cabine, matar a curiosidade e relaxar.

Às 16h, todos os passageiros tem um encontro marcado: cada um em uma região do navio, para ouvir explicações sobre normas de segurança, coletes, botes salva-vidas. Cada pessoa tem marcado no seu cartão o número do seu bote, em caso de problemas.
E às 17h30, show com personagens do Dreamworks para marcar a partida! Nessa hora, confesso que esperava uns fogos, como nos filmes (olha eu de novo, leiga nos Cruzeiros)! Se você estiver muito concentrado no show, nem vai reparar que o navio partiu!

Depois disso, é só diversão, como contado nestes posts aqui: a diversão em família, a gastronomia, a Experiência Barbie (para as crianças que escolheram o pacote).

O Desembarque

Uma semana depois, o navio já fez suas 3 escalas e está voltando para Fort Lauderdale… se este é o seu primeiro cruzeiro, várias perguntas surgem, como aconteceu conosco! Vou contar nossa experiência…

Todo o procedimento de saída é replicado várias vezes: por um canal de TV da cabine, pelo jornal que chega todo dia no quarto

Sobre as gorjetas: um dia antes da chegada, deixam envelopes na cabine com sugestões de valores: para o camareiro ($5/dia/hóspede), para o garçon ($3,75/dia /hóspede) e ajudante de garçon ($2,15/dia/hóspede) que atendeu sua mesa no jantar durante toda a semana. Esses envelopes podem ser entregues nas mãos dos funcionários em questão, ou no Guest Service. Os valores também podem ser debitados no seu Sea Pass.
As gorjetas são voluntárias e ficam a critério de cada hóspede. Estas orientações são sugestões para ajudar os hóspedes a expressar sua gratidão pelo excelente atendimento recebido durante o cruzeiro e muitas vezes, incrementam o salário dos funcionários.

Para poder sair do navio, temos que pagar a conta, como em um hotel. Normalmente, isso se faz no dia e noite anterior: pagamos os extras que se acumularam no Sea Pass. Durante todo o dia, filas se formam no Guest Service (não esqueçam que podem ser mais de 4.000 pessoas à bordo- mesmo se não parece)! Eu optei por pagar no horário do jantar, imaginando justamente que muitos estariam ocupados.

No dia seguinte, o navio chega bem cedo ao cais, umas 5h00. Existem 2 tipos de saída:

a Saída Express, para quem quer/precisa sair rapidamente. Nesse caso, você sai cedo, às 6h15, carregando a sua própria bagagem.

a saída com horário marcado: se você não tem pressa, você deve colocar suas malas prontas do lado de fora (até um certo horário no dia anterior) e assim como a equipe do navio as entregou no primeiro dia, ela vem buscá-las durante a noite. Você recebe um horário marcado (por deck e área do navio) para sair. Neste ponto específico, eu tinha dúvidas: recebemos um horário cedo demais para o nosso gosto (até preparar as meninas, sair…). Normalmente, é recomendado (até pela organização do navio) seguir o horário, mas se vocês estiverem como nós, com crianças pequenas, dá para sair no seu ritmo e horário! De qualquer forma, o voo de volta para o Brasil é só de noite e mesmo que você queira passear ou ir ao shopping, este não abre antes das 11h no domingo, então de que adianta estar com as crianças fora do navio às 8h?

Nós optamos portanto por seguir o nosso ritmo, mesmo sabendo que tínhamos perdido o nosso horário de saída recomendado: acordamos, fomos tomar café calmamente…E depois para sair, é muito tranquilo. É tudo bastante organizado: vamos até o salão indicado, vários funcionários ajudam, tem muita gente e algumas filas que avançam.
Para sair especificamente do navio, temos que passar o Sea Pass num totem que mostra que pagamos tudo e não há nada pendente.

Depois disso, saímos do navio e entramos em área aduaneira, até chegar em um enorme galpão, onde as nossas malas estão arrumadas por número de corredor. Dá uma certa agonia ver isso tudo: você se questiona se não pegaram a sua mala, mas é tudo tão organizado, que mesmo no nosso caso (saímos atrasadas, fora do horário, lembram?), as nossas estavam lá, quase as últimas do nosso número/deck, esperando por nós. Eu até quis tirar umas fotos dali, mas é proibido.

Já com as suas malas, é só passar pela polícia federal, mostrar o passaporte e já estão no Porto onde tem táxis, ônibus…

Muitos aproveitam esse dia para fazer compras: ou no Sawgrass Mills em Fort Lauderdale (onde tem restaurante Rainforest Café e Casa da Barbie), ou vão direto para Miami, no Dolphin Mall, que fica perto do aeroporto. No final do dia de domingo, dá para pegar o avião de volta para o Brasil, onde chegam na segunda de manhã cedo.

Segue o contato de um motorista brasileiro muito simpático e competente em Miami que pode fazer esses traslados: Silvio  +1 (786) 299-0760

Para mais fotos da viagem, vejam o instagram @viajandocompimpolhos, hashtag #pimpolhosnocruzeirobarbie

 

*Agradecemos o convite da Royal Caribbean para a PressTrip com jornalistas e blogueiros internacionais no Cruzeiro Allure of the Seas e conhecer a Experiência Barbie a bordo.

Para mais informações:
Royal Caribbean: site original, em português | Facebook | twitter

Leia também:
10 razões para um cruzeiro com a família!
Allure of the Seas: diversão a bordo para toda a família
A gastronomia a bordo do Allure of the Seas
Cruzeiros: dicas de como comprar e economizar
Zarpo agora vende cruzeiros!

Também estamos por aqui:
FACEBOOK TWITTER | INSTAGRAM | GRUPO VIAGENS EM FAMÍLIA

12727 Visualizações

Sut-Mie Guibert, Family Travel Blogger, Blogueira especializada em Viagens em Família, com crianças e bebês. Jornalista e mãe de duas meninas de 5 e 2 anos, adora levar as crianças para conhecer o mundo! Mas também gosta de escutar e falar sobre o assunto com outras famílias, que são sempre bem-vindas por aqui!

37 comentários para este artigo

  1. Carla Almeida disse:

    Sut-Mie, bom dia.
    Como voce agendou a van que te levou a Fort Lauderdale? Tem o contato?
    Estamos querendo levar nosso “pimpolho” de 13 anos para um passeio no Allures, e adorei suas dicas.
    Grata pela info.
    Beijocas.

    Carla.

    • sutmie disse:

      Olá Carla,
      Como fui convidada para a press trip, essa van já foi marcada por eles.
      Mas no final do post dou o contato de um motorista de taxi brasileiro, muito simpático e de confiança (voltei com ele, já que voltei para Miami uns dias depois do grupo): Silvio +1 (786) 299-0760 (em fevereiro, ele cobrou $60).
      Seu “pimpolho”vai adorar! E vcs também!
      Bjs

  2. Eliana disse:

    Olá, gostaria de saber como foi o cruzeiro para a sua filha menor. É que minha filha está com 2a7m e gostaríamos de fazer um cruzeiro, mas ao ler alguns posts verifico que somente há atividades sem os pais para criançAs a partir de 3 anos. Se puder passar qualquer informação a mais vai ser de grande ajuda! Obrigada! Abraços

    • Sut-Mie Guibert disse:

      Olá Eliana,
      Eu contei em outros posts como elas se divertiram: aqui e aqui tb

      No Allure, há um Berçário pago à parte com brinquedoteca Fischer Price, berços para o soninho, TV…
      O Kids Club (gratuito) começa efetivamente à partir dos 3 anos.

      Senão, para a idade dela, há outra brinquedoteca Fisher Price, mas onde a criança deve ficar acompanhada. Tem tb teatrinho para ela, vários shows com personagens, café da manhã com personagens,…
      É tudo muito divertido, minhas meninas amaram!

      A maior dificuldade para quem tem menos de 3 anos é que por lei americana, as crianças não podem entrar nas piscinas, nem infantis, nem com fraldas de piscina (isso em TODOS os cruzeiros, de qualquer marca)! Mas em geral, os navios tem uma mini “área molhada” com água mais aquecida, alguns chafarizes para divertir e bem rasinha…
      Foi difícil para a minha filha entender porque ela não podia ir na piscina… teve vezes que evitei passar perto da área! 🙂

      O resto, foi tudo ótimo!
      Um abraço

  3. Alexandre Vitoreti disse:

    Ola, bom dia. Vamos chegar no mesmo dia do embarque. Pelo que vi o navio parte às 17h. Posso entrar no navio às 13h?

    • Sut-Mie Guibert disse:

      Olá Alexandre,
      Normalmente, todo mundo embarca cedo e almoça por lá… eu imagino que vc possa embarcar às 13h, não estou sabendo de limites…mas é melhor ligar para a companhia para confirmar o horário!
      Um abraço

  4. glauco viana disse:

    perfeito! gostei das dicas 🙂

  5. Christiane disse:

    Olá, gostaria de saber se lá existe uma baby copa para que eu possa esterilizar as mamadeiras. Obrigada

  6. Paula disse:

    Oi Sut tudo bem .
    gostaríamos de saber como vc fazia para esquentar a mamadeira?
    Obrigada.

    • Sut-Mie Guibert disse:

      Olá Paula,
      Na verdade, seu sempre dei a mamadeira em “temperatura ambiente”: faço a mamadeira cedo para ela não ficar muito gelada, e dou assim mesmo. Nunca esquentei, minha filha não gosta de coisa quente! 🙂

      Mas existem aquecedores de mamadeira de viagem, que vc liga na tomada (na cabine há todos os tipos de tomadas) ou outros sistemas. Vc pode comprar e mandar entregar no hotel se vc passar alguma noite lá antes do cruzeiro: http://www.amazon.com/s/ref=nb_sb_noss_1?url=search-alias%3Daps&field-keywords=travel+baby+bottle+warmer&rh=i%3Aaps%2Ck%3Atravel+baby+bottle+warmer

      Outras opções:
      – na hora do jantar, você pode levar a mamadeira, pedir para eles aquecerem e colocar numa bolsa que a mantém quente.
      – você pode levar uma garrafa térmica, colocar água quente no jantar e na cabine fazer banho maria em algum outro recipiente…

      Um abraço

  7. Rodolfo Primo disse:

    Sou casado e tenho uma filha de 1,5 ano e estou marcando uma viagem para outubro por 25 dias, chego dia 6 em Miami não sei se vou no Allure ou para cancun. O que você acha melhor.???? Grato Rodolfo

    • Sut-Mie Guibert disse:

      Ai Rodolfo,
      Que escolha difícil! As duas opções são muito bacanas!
      Acho que depende um pouco do estilo de vcs: cruzeiro é muito legal mesmo, relaxante. Um all inclusive que se move no mar e te acompanha!
      Cancun também é uma delícia e pode igualmente ser em “esquema all inclusive” como são os hotéis por lá. Penso que vcs tem que ver se vão querer pegar o carro, passear, ter uma programação mais livre (e mais trocas de avião) ou se querem ficar num sistema onde não precisa pensar em nada! 🙂
      Acho mais relaxante fazer Miami + cruzeiro. Sendo que, nessa idade, a grande dificuldade é que as crianças não podem entrar nas piscinas, nem infantis e nem com fraldas de piscina! É Lei Americana para qualquer cruzeiro: crianças abaixo de 3 anos não entram nas piscinas (para evitar qualquer “incidente”, coliformes fecais, etc. São mais de 4.000 pessoas à bordo e se houver um problema, a piscina tem que ficar fechada 2 dias! Em um cruzeiro de 5/7 dias, imagina)!
      Se a sua filha for muito fissurada, aconselho levar uma piscininha de encher que vcs colocam ao lado da cadeira de vcs… e de qualquer forma há uma mini-área molhada para eles, com água pelo tornozelo, chafarizes, e aquecida.

      Leve o carrinho também, o navio é enorme! E limpe sempre as mãos dela e a de vcs com o álcool em gel que fica disponível no navio todo (espaços confinados com muita gente) 😉

      De qualquer forma, o que não for feito agora tem que ser deixado na listinha, porque as 2 viagens são muito boas com crianças!

  8. Marconi Barbosa disse:

    Olá Sut, muito legal seu site, parabéns. Pretendemos fazer um cruzeiro em janeiro ou fevereiro de 2015, eu, minha esposa e nossos filhos (menino de 11 e menina de 8). Estamos em dúvida entre o Allure e o Fantasy da Disney. Minha esposa acha que o Allure é mais para adultos. Qual sua opinião? .
    Obrigado pela gentileza da ajuda, a família agradece.
    Marconi.

    • Sut-Mie Guibert disse:

      Olá Marconi,
      Vamos começar dizendo que no geral, as pessoas adoram e falam dos dois! Quem experimenta passa a adorar cruzeiros (vc deu a entender que será o primeiro de vcs) e acaba fazendo ambos!
      Tudo depende do estilo/fase de vcs e do que curtem suas crianças. Curtem muito a Disney? Então aproveitem porque “essa fase pode passar”! 🙂
      O Allure é muito bacana e tem atrativos para todas as idades. Se as crianças curtem coisas radicais, tem muros de escalada, tirolesa, simulador de surf e para o mais velho, uma “boate” para os adolescentes e a famosa hamburgueria Johnny Rockets. Não sei se vc viu os outros posts sobre o Allure? Diversão para toda a família e sobre a Gastronomia a bordo. Se possível e para a experiência ficar mais bacana, vcs podem pegar uma cabine com varanda com vista para o mar! 😉
      Eu não diria que o Allure é para adultos, porque ele não é: ele tem atrativos para todas as faixas etárias. Eu diria, invertendo a visão, de que se você não quer ficar o tempo todo num ambiente infantilizado…nesse caso, talvez ele seja melhor. Ele equilibra melhor as questões adultos/crianças!
      E ano que vem, ainda tem o Quantum, novo lançamento (navio) da Royal Caribbean que terá simulador de voo!
      Um abraço

  9. Bárbara disse:

    Olá!
    Você tem o e-mail do motorista que indicou, o Silvio?
    Obrigada!
    Bárbara

    • Sut-Mie Guibert disse:

      Olá Bárbara,
      Não tenho o email, só o telefone mesmo. Mas conheço outras pessoas que já entraram em contato com ele e aparentemente, foi tudo certo.
      Um abraço

  10. Gustavo disse:

    Não entendi como funciona a questão da gorjeta, é obrigatorio?
    No caso do camareiro são $5 por pessoa por dia, se for 2 pessoas em 8 dias seriam $80, é isso mesmo??

    • Sut-Mie Guibert disse:

      Olá Gustavo,
      As gorjetas são voluntárias e com valores sugeridos. Normalmente, as pessoas tem por hábito de dar gorjeta ao camareiro, maître e garçon da sua mesa no jantar. Esses são os funcionários que estarão lhe servindo a semana toda e geralmente são muito bons. Eles fazem um excelente atendimento e aguardam o que já é considerado um complemento de salário.
      As gorjetas podem ser entregues em envelopes nas mãos dos funcionários no penúltimo/último dia, ou deixadas na cabine ou retiradas diretamente da sua SealCard.
      Um abraço

  11. tadeu oliveira disse:

    Boa Noite.

    Vou embarcar com meu filho de 16 anos no Majestic em MIami, fora a autorização da mae, passaporte e Rg tenho que levar outra documentação (carteira de vacinação)?

    Obrigado

  12. Edvalcio disse:

    Muito bom…vou fazer esse cruzeiro daqui 25 dias…com crianças de 9 e 6 anos…valeram as dicas,,,,,,,

  13. lene disse:

    Amei suas digas. Voce tem como passar o email de Silvio que fez o transfer….

    • Sut-Mie Guibert disse:

      Olá Lene,
      Eu não tenho o email dele, só o telefone mesmo. Você pode ligar para ele sem custos pelo skype! 😉
      Ele é bem atencioso.
      Um abraço

  14. chrystianne disse:

    Olá, Sut. Gostei das dicas, parabéns!
    preciso da sua ajuda, vou fazer o passeio no Allure dia 1 de fev de 2015,
    porém chegarei em orlando dia 29 de janeiro. O problema é que não estou conseguindo encontrar transfer de Orlando para o porto ( ida e volta ). Você pode me ajudar? desde já agradeço sua atenção. Um abraço, Chrys.

    • Sut-Mie Guibert disse:

      Olá Chrystianne,
      Vc pode alugar um carro de Orlando e ir por conta própria… ou vc pode tb ir de ônibus de Orlando até Miami, por exemplo e de lá chamar o Silvio, motorista brasileiro indicado no final do post +1 (786) 299-0760 ou pegar um táxi. Eu não sei se ele faria esse longo transfer? Liga para ele pelo skype e pergunta, quem sabe? 🙂
      Post de uma blogueira que fez esse trajeto de ônibus: http://www.blogvambora.com.br/viagem-miami-orlando-onibus/
      Um abraço

  15. Maria Fernanda disse:

    Olá, adorei esse post, me esclareceu muitas dúvidas. Queremos levar nossa filha no navio Oasis em setembro/15, quando ela terá 1 ano e 8 meses. Minha dúvida é em relação à lavanderia, porque eles se sujam demais e eu detesto carregar malas enormes! Ouvi dizer que alguns navios tem opção de lavanderia automática (daquelas “faça vc mesmo”) que custa mais barato do que a opção de deixar a roupa no saco para a camareira do quarto levar e trazer limpo. Você sabe se no Oasis existe isso? Muito obrigada!

  16. rosimar andrade silva disse:

    tenho sonho fazer um cruzeiro,mas tenho medo de altura,que posso fazer?

    • Sut-Mie Guibert disse:

      Olá Rosimar,
      Vc pode pedir para ficar em andares mais baixos (porém, ainda assim ficam altos). Pode evitar se aproximar das bordas, ver a vista só de longe sempre. Pode optar por cabines centrais sem vista para não se sentir mal.
      Pode ver com algum médico se há algum remédio ou tranquilizante para isso? (sinceramente, eu não sei…).
      Mas saiba que dentro do cruzeiro, se vc não olhar para o mar, vc tem a sensação de estar em terra firme, num shopping, casino, shows, SPA, etc… e pode aproveitar as escalas em terra firme.
      Se vc tem muita vontade, tente. Escolhendo o navio certo (evitar férias de estudantes, etc, períodos muito cheios), pode ser que goste muito! 🙂
      Um abraço, boa sorte!

  17. BIANCA disse:

    OLá,
    faremos um cruzeiro pelo oásis em maio. Queriamos aproveitar o dia do desembarque em fort Lauderdale, mas a dúvida é o que fazer com as malas.. alguma sugestão? obrigada

    • Sut-Mie Guibert disse:

      Olá Bianca,
      Se vcs forem fazer compras, vale ir até o Sawgrass Mills, que tem serviço de locker onde deixar as malas:

      1. Perto da Bloomingdale’s – The Outlet Store (Drop Off and Store)

      2. Perto da Burlington Coat Factory (Drop Off and Store)

      3. Bags To Go Holding Area perto da Super Target (Drop Off and Pick Up)
      Um abraço

      • Bianca disse:

        Obrigada pela atenção. Mas estava pesquisando e gostaria de conhecer o las olas boulevard em fort Lauderdale, será que la existe algum local para deixar as malas?

  18. luciana disse:

    Olá, faremos o cruzeiro no próximo dia 15; prsquisei muito sobre o que fazer em Falmouth mas te confesso que não fiquei muito animada. Somos um casal e um menino de 11 anos. Tu conhecestes alguma praia que valha a pena? Tens alguma indicação?
    Muito Obrigada,
    Luciana

  19. Raquel disse:

    Boa Noite, Gostaria de saber em relação às gorjetas pois no site na hora da reserva eles perguntam se queremos já pagar logo junto, pois elas sao obrigatórias… e outra dúvida afinal que horas vc saiu do navio? tem como aproveitar alguma coisa no navio no dia do desembarque?

    Att

    Raquel

    • Sut-Mie Guibert disse:

      Olá Raquel,
      O site indica as pessoas e o valor recomendado, mas não é uma obrigação. Você pode deixar para pagar no final: pelo cartão ou por envelopes que deixam nos quartos e vc entrega na mão de cada funcionário.
      A nossa saída foi marcada para bem cedo (tipo 7h30 da manhã). Como eu estava sozinha com 2 crianças, acordamos calmamente, fomos tomar café com tranquilidade e depois há que sair, não dá para passear muito mais. Então na verdade, no dia do desembarque é acordar, tomar café e sair! 🙂
      Como o nosso horário marcado tinha sido mais cedo, quando pegamos a nossa mala ela estava praticamente sozinha. Mas ninguém fala nada se vc sair um pouco mais tarde que o horário previsto.
      Um abraço

Deixe seu Comentário





* Campos obrigatórios