Ficou fácil viajar com crianças!

Islândia com crianças: dicas do Nicolas (8 anos) e sua família.

Convidada Especial | Adriana Pimentel Rego

Adriana Pimentel Rego, amiga e leitora do Blog é uma viajante de passaporte ultra carimbado! Ela já andou por aqui contando outras aventuras em família, mas desta vez, ela vem nos falar de um dos lugares que as crianças mais gostaram: a Islândia!

“A minha irmã mora em Oslo, na Noruega. Nas férias passadas, fomos visitá-la e aproveitamos para conhecer um pouco a Islândia. Adoramos o país e fiquei com muita pena, porque só passamos 4 dias por lá! Eu achei que o país era pequeno e que poucos dias fossem ser suficientes, mas descobri in loco que há muitas coisas para fazer, muitas atividades e o lugar é lindo!

Ficamos de 21 a 24 de junho em Reykjavick e, de Oslo, foi super tranquilo chegar lá. Fomos pela SAS Scandinavian Airlines, ótima companhia que faz parte da Star Alliance, portanto você pode aproveitar e acumular milhas ou pegar passagens através delas. Veja como chegar lá desde o Brasil; há muitos voos desde as grandes capitais europeias, Londres, Paris, Amsterdam…(pela Easyjet, Wow ou IcelandAir).
Do avião já foi possível ver as casinhas coloridas e ter um overview da ilha e já no Aeroporto de Reykjavick descobrimos um espaço para as crianças brincarem. Adoramos quando encontramos aeroportos que pensam nas crianças e famílias!
Os preços no geral tem números altos e podem assustar! Um passeio custa 10.000 coroas, por exemplo! Mas quando convertemos para o Euro, não fica tão caro. Por ex: troquei 600 euros e deu mais ou menos 70.000 coroas. Troquei no próprio aeroporto. Os preços no geral são comparáveis aos praticados na Inglaterra.

SAS Scandinavian AirlinesFomos com minha mãe, irmã, meus filhos de 8 e 6 anos e minha sobrinha de 3 anos. Claro que o Nicolas, de 8 anos, curtiu mais do que as meninas, pois já entende de placas tectônicas, vulcões e ficou impressionado com esse país de paisagens vulcânicas e diferentes!

Achei a Islândia um dos lugares mais bonitos que já visitei, ficamos 4 dias e achei muito corrido porque os passeios são longe e duram praticamente o dia inteiro. 1 semana teria sido ideal. Fizemos o Golden Circle, o Blue Lagoon (as crianças amaram), e o sul da Islândia.

Primeiro dia: Chegamos numa sexta-feira de manhã às 10h. Alugamos o carro no Reykjavik Rent a Car desde o aeroporto e com GPS. Se não quiser alugar carro, há ônibus que fazem o traslado aeroporto-Reykjavik. As estradas são bem vazias, não tem engarrafamento. Mas é bom alugar um carro mais alto e sólido, porque em certas estradas há muitas pedras e vento…Nós fomos direto para o Hotel, mas geralmente, as pessoas que chegam cedo vão para o Blue Lagoon enquanto o check in do hotel não fica pronto. É um SPA de água termais com vários preços e pacotes: tem SPA, restaurantes e até hotel onde dormir! Como fica mais próximo do aeroporto, é bom deixar este programa para o início ou final da viagem! O Blue Lagoon fica a 45 mn de carro de Reykjavik.

Nós fomos direto para o nosso apartamento no Rey Apartments alugado pelo Booking e achei que valeu muito à pena, apesar de não ter elevador. O apartamento é grande, tem 2 quartos e é todo equipado.

Rey-ApartmentsRey-apartmentsAlém disso, tem uma localização muito central, perto da rua comercial Laugavegur, cheia de restaurantes e lojinhas.

ReykjavikDava para ir a pé até a Igreja principal, a Hallgrímskirkja church, cartão postal de lá. Foi muito prático alugar um apartamento porque fazíamos compras no mercado e tomávamos café e jantar no hotel. Os passeios são tão intensos que a criançada chegava cansada demais no Hotel e não conseguíamos jantar fora! E para os almoços, sempre levávamos lanches, sanduíches e frutas no carro, já que eram passeios de dia inteiro e saindo de Reykjavik, há poucas opções de restaurantes!
Tomamos Brunch num café, visitamos o Museu dos Vikings e compramos um passeio para ver baleias às 17h30 na Elding Wale Watching. O melhor lugar para fazer esse passeio é no Norte da Ilha, mas não dava tempo de ir. Nós vimos no centro mesmo e vimos poucas baleias em um passeio de aproximadamente 2h de barco. Pegamos o passeio mais rápido, o express Whale & Puffin Tour, para ver baleiras e Puffins, aves com bico de papagaio, que lembram pinguins.

Elding-Wale-WatchingDepois do passeio de barco, passamos pela Igreja Hallgrímskirkja church, já de volta ao nosso apartamento.

 Hallgrímskirkja-churchSegundo dia: Decidimos fazer um dos passeios mais procurados da Islândia, o Golden Circle, que vai até a parte central da ilha e volta, fazendo um tour de uns 300Km. Muitos optam por Tour organizado que dura mais ou menos 8h, mas nós fomos de carro e foi tranquilo com o GPS. Paramos primeiro no Thingvellir National Parkem (entrada gratuita), que faz parte do Patrimônio Mundial da Unesco desde 2004. Vimos muitas pedrinhas empilhadas e depois as Placas tectônicas, o local onde as placas continentais da América do Norte e da Europa se encontram. Nicolas adorou tirar foto com um pé em cada placa! 🙂

Thingvellir National ParkemThingvellir-National-ParkemThingvellir-National-ParkemPlacas-tectônicas-na-IslândiaDepois fomos até a Cascata de Gulfoss, uma das maiores cascatas da Europa com 32m de altura!

GulfossÉ possível vê-la de cima, mas também por um caminho que passa por baixo, até chegar mais perto dela (levar capa de chuva, porque respinga e molha). Dá para levar carrinho ou carregador/sling.

GulfossDali, fomos para Geysir, um campo geotermal cheio de gêisers, nascentes termais que entram em erupção constantemente e podem atingir alturas de mais de 20m! Foi Geysir, um dos mais importante geisers da Islândia, que deu o nome mundial à esse fenômeno. No entanto, ele hoje só entra em erupção umas 3 vezes por ano.

GeysirMas pudemos ver outros gêisers ali do lado em Strokkur. As crianças adoraram ver aquelas explosões repentinas de água a cada 5/10mn. Você vê de longe e tem um cheiro de enxofre, parecido com o de ovo podre, mas é muito impressionante.

gêisers-na-IslândiaGêisers-na-IslândiaAli, conhecemos um guia simpático, Albert (+354 8946204/8946274) que trabalha na GeoIceland e combinamos com ele o tour do dia seguinte, ver o Sul da Ilha.

Terceiro dia: Fizemos o South island tour e fomos direto para as cachoeiras de Seljalandsfoss e Skógafoss, maravilhosas e de fácil acesso. Dá para chegar de carro e até de carrinho bem perto. Na Seljalandsfoss, podemos até passar por trás dela (as crianças adoraram) e portanto, levem capa de chuva! No meio do caminho, vimos o vulcão Hekla, o maior vulcão em atividade do mundo, que pode entrar em erupção a qualquer momento! E o Eyjafjallajokull que entrou em erupção em 2010 e paralisou a Europa com sua fumaça, impedindo que os aviões voassem!

SeljalandsfossSeljalandsfossA 30 minutos dali, encontra-se a cachoeira de Skógafoss, uma das mais lindas!

SkógafossIslândia-com-criançasDepois disso, fomos até a charmosa Vik, cidade cercada por campos de lupinus, flores roxas que nos deixaram encantados!

campos-de-lupinus-na-Islândiacampos-de-lupinus-na-IslândiaFizemos um piquenique por ali e fomos conhecer Reynisfjara, uma praia vulcânica de areia preta (onde o filme Noé foi gravado).

ReynisfjaraReynisfjaraReynisfjaraNa volta, demos uma passada rápida por Solheimajokull, para ver um glaciar de gelo mas com a erupção do vulcão, o gelo fica cinza. Mas vimos pequenos icebergs.

SolheimajokullNo final do dia, fomos ao Blue Lagon, que no verão, fica aberto até as 22h! A água é naturalmente quente a 36ºC e tem um fundo de argila de sílica branca o que deixa a paisagem bem interessante! Como a água não é transparente, as crianças com menos de 5 anos são obrigadas a usar boias para não colocarem o rosto dentro da água e não abrirem os olhos debaixo d’água. Note que novamente, tem um pouco cheiro de enxofre…

Blue-LagoonBlue-Lagoon

Como você pode ver pelas fotos, a Islândia é um país com uma variedade incrível de paisagens com muita natureza, mistura de gelo, vulcões, fogo e água termais. Para as crianças, é um lugar extremamente seguro, e com crianças maiores é possível fazer vários programas mais radicais como caminhadas de bicicleta, passeios à cavalo, de caiaque, em cavernas de gelo…E ainda tem a magia de ser uma terra de vikings, trolls e elfos! Coloque na sua lista já!”
vikings-e-trolls-na-IslândiaSobre temperaturas: é melhor ir com crianças no verão! Mesmo sendo final de junho, estava bem frio e pegamos algo em torno de 7 a 12°C. De vez em quando o sol aparecia, mas na maioria do tempo usamos casacos e até roupa térmica dependendo de onde íamos. Alguns passeios molham e é legal levar capa de chuva! Outra coisa interessante foram os dias super compridos, com sol desde 3h30 da manhã até às 23h30h da noite, no verão! É bacana ter luz para os passeios mas também é uma dificuldade para se acostumar e dormir, mesmo com blecaute no apartamento!

Roupas: levamos capa de chuva da North Face, blusas de manga comprida, botas/tênis a prova d’água, roupas térmicas. No passeio para ver baleias, colocamos roupa de frio e impermeável de ski (por causa do frio, vento e o fato de poder se molhar). Tenha sempre uma mochila com uma muda de roupa.

Alimentação: os restaurantes servem muito peixe, lagostas mas também carne de carneiro. Alguns menus tem sabores diferentes como testículos de carneiro, tubarão fumado, baleia e até golfinho! Não deixe de provar o delicioso iogurte Skyr.
Veja aqui, alguns restaurantes kids friendly, incluindo o simpático The Laundromat Café.

Mais informações: Islândia-Brasil Tours- uma agência que oferece tours em português. Uma boa opção para quem não fala inglês ou não quer alugar carro.
No Blog Contando as Horas, este post fala de outras agências com tours em inglês.

Onde ficar: Reykjavik tem muitos apartamentos modernos e bem equipados para famílias!
Rey Apartments: ver fotos, avaliações e reserva com cancelamento gratuito* Fantástico 9,2/10
Ambassade Apartments: ver fotos, avaliações e reserva. Excepcional 9,6/10
Reykjavik4You Apartments: ver fotos, avaliações e reserva. Fantástico 9,3/10
$$$ Luna Hotel Apartments: ver fotos, avaliações e reserva. Fantástico 9/10
Mais hotéis em Reykjavik: ver fotos, avaliações e reserva

* Somos afiliados Booking e recebemos uma comissão pelas reservas feitas através do Blog. Você não paga nada mais por isso e nos ajuda a manter as melhores dicas! 😉

E mais para a sua viagem com os nossos parceiros:
Procure o seu aluguel de carro com a Rentalcars
Não esqueça do seguro de viagem para a sua família com a Mondial. Veja na lateral do blog o código para desconto!

Também estamos por aqui:
FACEBOOK TWITTER | INSTAGRAM | GRUPO VIAGENS EM FAMÍLIA

3295 Visualizações

Sut-Mie Guibert, Family Travel Blogger, Blogueira especializada em Viagens em Família, com crianças e bebês. Jornalista e mãe de duas meninas de 5 e 2 anos, adora levar as crianças para conhecer o mundo! Mas também gosta de escutar e falar sobre o assunto com outras famílias, que são sempre bem-vindas por aqui!

3 comentários para este artigo

  1. Aix Rizzo disse:

    Fotos lindas e inspiradoras!

  2. Malu disse:

    Estou muito a fim de ir para a Islândia. Tenho um amigo que foi e disse que tem que levar as crianças ( tenho 2 meninas de 7 e 11 anos ).
    Este post foi super eficiente em aumentar ainda mais este desejo.
    Tomara que consiga realizá-lo !
    Obrigada !

Deixe seu Comentário





* Campos obrigatórios