Ficou fácil viajar com crianças!

Viajar com Crianças: uma agência para viajar realmente em família!

Sempre fui uma “viajante independente”, daquelas que passa a vida antenada em destinos, hotéis, companhias aéreas…tudo relacionado à viagens. Com o nascimento das crianças, isso não mudou, só descobri o mundo das famílias viajantes!
Eis que a agência de viagens Viajar com Crianças veio me propor uma parceria para experimentar in loco como é um de seus pacotes, do início ao fim! O que fizemos, testando o roteiro África do Sul. Olha…que sinuca de bico! Agora o nosso problema vai ser viajar sem ela! 🙂

ROTEIROS FAMILY FRIENDLY

Em primeiro lugar, os destinos com os quais a Viajar com Crianças são diferentes do comum. Na nossa viagem para a África do Sul, muitos leitores nos disseram que não imaginavam que era possível fazer uma viagem dessas com crianças pequenas. A proposta da Viajar com Crianças é inovar e mostrar que dá sim para ir para muitos lugares e que podemos fazer atividades divertidas tanto para adultos quanto para as crianças. Por isso ela propõe roteiros para a África do Sul, Galápagos, Patagônia, Peru…e no Brasil, Amazônia, Pantanal, Bonito, Chapada Diamantina

Não que ela não ofereça os destinos comuns também! A agência tem pacotes para os principais resorts do Brasil mas, ainda assim, a Viajar com Crianças agrega serviço. Por exemplo: qualquer cliente que compre um pacote para um resort, logo de cara recebe também um transfer privativo até o hotel (a família não paga a mais por isso, é um upgrade)! Pode parecer bobagem mas num transfer regular, as famílias tem que esperar por outras pessoas, as vezes demora um tempão e, dependendo da quantidade de check-in naquele dia, pode ser em ônibus ou vans (com muita gente). Os transfers às vezes passam em vários resorts para deixar os hóspedes, e raramente tem cadeirinha para as crianças. Já no privativo que a Viajar com Crianças oferece, o carro é só para a família, não espera ninguém, não vai em outro hotel e tem cadeirinha. Os clientes tem esse serviço sem pagar mais por isso.

Além disso, a agência sempre ajusta um passeio para a família fazer fora do resort, para aproveitar e conhecer juntos a região. Terem alguma experiência juntos, além do resort. Esse é um dos principais diferenciais da Viajar com Crianças.

QUEM VAI VIRAR FÃ DA AGÊNCIA?

=> Famílias que querem viajar para lugares diferentes.
Gostam de viagens tradicionais para Resorts, Orlando, mas querem conhecer novos destinos e gostam de ter um serviço especial agregado (uma cuidado com a logística, com a informação, dicas e com qualidade de serviço).

safari-africa-do-sul-com-criancasMais do que a logística de como fazer (o que qualquer um pode estudar pela na internet), o que a Viajar com Crianças propõe de melhor são as experiências em família e muitas delas nem podem ser encontradas ou compradas pela internet. São passeios pensados para serem exclusivos, diferentes: passeios de bike, piqueniques com toalhinha xadrez, cestinha, lanche especial para as crianças. A Viajar com Crianças não quer vender só logística, ela quer proporcionar momentos especiais para a família! É o pai que senta no chão com o filho e quase morre de rir porque um babuíno destruiu o piquenique. É o sorriso de orgulho da filha que descobre a bike acoplada à do pai…São momentos para se divertirem juntos e que não tem preço. Esses são os pequenos detalhes, porque a proposta é essa: proporcionar esses momentos, dar a oportunidade da família ter mais cumplicidade. O guia da Viajar com Crianças leva a família, cuida dela e faz algo a mais por elas.

de-bike-nas-vinicolas-da-africa-do-sul=> Famílias que querem o serviço de uma agência de viagens especializada, querem o know-how, a segurança durante a viagem, as dicas e as experiências que os roteiros proporcionam (que muitas vezes são em serviço privativo, mais caro do que em base regular) e estão dispostas a pagar por isso porque reconhecem o valor agregado.

Definitivamente não é a família que busca o jeito mais barato de conhecer algum lugar com crianças e não se importa em ir de excursão com muita gente, parando em um restaurante turístico e fazendo o roteiro óbvio. Não que isso seja ruim. São somente perfis diferentes de viajantes e de viagens.

=> Famílias que viajam sozinhas com os filhos.

Imagina fazer uma viagem sozinho(a) com as crianças.

Não seria importante ter uma ajudinha para carregar as malas e ajudar você a fazer a conexão correndo, ainda mais se você não falar inglês direito? Ter uma programação feita por quem realmente entende do destino (agencia com experiência) com as atividades mais legais para crianças (a Claudine Blanco, dona da agência, é mãe de 2 crianças), todas as dicas mais bacanas do que fazer no tempo livre, restaurantes, compras (prestação de serviço) e um suporte 24h se acontecer alguma coisa (segurança)?

Coisas básicas tipo ir ao banheiro 5 minutos e deixar os filhos com um guia segurando as coisas para não precisar carregar tudo e saber que pode ficar tranquilo(a): tanto as coisas quanto as crianças estão em segurança.

São momentos e detalhes em que é importante ter algum adulto confiável junto para poder contar! Sozinho é difícil, a gente se sente inseguro, tem medo até de cair e se machucar e não ter alguém para ajudar. Muita gente não viaja mais com os filhos depois que se divorcia porque morre de medo. Deixam de fazer coisas importantes com eles porque não sabem como fazer isso sem um parceiro junto e, infelizmente, o número de famílias que se separam é crescente.

agencia-viajar-com-criancasEntão, por conta de sua própria experiência e divórcio, Claudine resolveu fazer do seu trabalho um jeito de contribuir para que as pessoas possam, a partir das viagens que ela organiza, resgatar um pouco dessa relação que o dia a dia, muitas vezes, não permite:

Foi para isso que eu criei a Viajar com Crianças, para que essas pessoas não deixem de fazer uma viagem com seus filhos porque elas têm insegurança.

A maior parte dos destinos que eu escolhi para começar essas experiências são de natureza, porque não tendo muitos atrativos específicos para as crianças (Kids Club/ parque de diversão/ etc), obrigam os pais e filhos a ficarem juntos. A viagem é um momento bom para resgatar relações porque eles têm que ficar juntos o tempo todo, não fica um no quarto e o outro na sala. Por isso, esse tempo precisa ser divertido, estar repleto de atividades que as crianças gostem, senão elas vão achar a coisa muito chata.

As atividades foram escolhidas para que os pais brinquem com seus filhos, sentem no chão, andem de bicicleta, façam piqueniques, trilha, nadem em cachoeiras e não simplesmente passem 10 horas nos parques de diversões e encham seus filhos de presentes.

Não tem wifi no meio da cachoeira. Ninguém vai ficar na internet enquanto anda de bicicleta!

As atividades que eu agrego no pacote não são somente para me diferenciar de uma agência de viagem comum, pois algumas nem se dão ao trabalho de tentar fazer alguma coisa especial no destino. Só vão colocar no pacote o aéreo e a hospedagem, preço de adulto e de criança e dizer que aquele pacote é para famílias!

A maior parte deles são organizados por pessoas que nem têm filhos e nem sabem nada de crianças! Imagina uma grande agência criando um atendimento em massa para famílias? Você acha que eles estarão preocupados com resgate de relações e cumplicidade? Elas só estarão tentando um jeito de fazer a venda da logística, tentando fugir da concorrência da internet. Eu não inventei os passeios mas os escolhi à dedo e muitos foram adaptados para quem tem crianças.

Meu foco são as Famílias e, com o meu trabalho, quero contribuir para que os vínculos sejam restaurados ou, mesmo as que não precisam disso, voltarão para casa de qualquer maneira com esse elo mais fortalecido porque meus roteiros todos vão proporcionar essas experiências.

Meu objetivo é ajudar a resgatar o que o mundo está perdendo, ou seja, o sentido da família! E a Viajar com Crianças é o modo que encontrei de fazer a minha parte para que as crianças saibam passar a importância disso no futuro, quando chegar a hora deles serem pais também.

Tenho certeza que nossos filhos que já possuem essa experiência porque viajamos juntos com bastante frequência vão reconhecer isso, mas tem muita gente que não viaja mais para novos destinos porque as famílias se desfizeram, então quero ajudá-las”.

NOSSA EXPERIÊNCIA PESSOAL

Testamos o roteiro da África do Sul e pudemos ver os diferenciais da Viajar com Crianças. A logística foi perfeita, desde o site, dividido por idades, experiências, até a viagem com kit para as crianças, guias e transfers que falavam em português, simpáticos, profissionais e, importante, todos com cadeirinha nos carros.

agencia-viajar-com-criancasagencia-viajar-com-criancasO roteiro foi muito bom, mas, mais do que isso, a viagem teve vários momentos juntos e experiências diferentes para a família: ver as meninas andando de bicicleta em uma vinícola na África do Sul é um momento que elas podem até não lembrar no futuro, mas nós, os pais, lembraremos para sempre!

boke-nas-vinicolas-da-africa-do-sulVamos lembrar do leão vindo na nossa direção no safari, do quanto nos divertimos andando no sidecar da “Penélope Charmosa”. Não é a logística que faz a diferença, mas sim, o momento e as experiências realizadas.

sidecar-na-cidade-do-cabo-cape-townE voltamos para casa mais unidos, felizes por termos compartilhado momentos únicos!

Se depender da nossa experiência, o seu objetivo está sendo totalmente alcançado, Claudine! 🙂

 

* Viajamos com o nosso parceiro, a Agência de viagens Viajar com Crianças e conhecemos o roteiro da África do Sul.

Veja mais fotos desta viagem no instagram @viajandocompimpolhos, hashtag #pimpolhosnaAfricadoSul

Para mais informações:
Viajar com Crianças: www.viajarcomcriancas.com.br | Facebook | Pinterest

Leia também:
Vamos conhecer a África do Sul com a agência Viajar com Crianças
Safári com crianças na África do Sul: Sabi Sabi Private Game Reserve
Voando de South African Airlines com crianças: uma companhia aérea kids friendly

2614 Visualizações

Sut-Mie Guibert, Family Travel Blogger, Blogueira especializada em Viagens em Família, com crianças e bebês. Jornalista e mãe de duas meninas de 5 e 2 anos, adora levar as crianças para conhecer o mundo! Mas também gosta de escutar e falar sobre o assunto com outras famílias, que são sempre bem-vindas por aqui!

4 comentários para este artigo

  1. Helenara dias disse:

    Bom Galápagos qdo eu conheci imaginei de imediato um monte de crianças conhecendo aquela maravilha, um zoo a céu aberto! Toda a criança deveria conhecer esse paraíso!

  2. Taís disse:

    Olá! A agencia ainda funciona?? Entrei em contato sobre alguns roteiros e orçamento e não obtive resposta…

  3. Jovanka disse:

    Olá! Também já encaminhei dois emails há alguns dias e não obtive nenhuma resposta… Infelizmente…Gostei muito da proposta!

Deixe seu Comentário





* Campos obrigatórios