Ficou fácil viajar com crianças!

Preparação e expectativas para a viagem pela Amazônia em família

Como antes de qualquer viagem feita com a agência Viajar com Crianças, nossa parceira oficial, recebemos os vouchers para a nossa viagem para a Amazônia e também os kits infantis. As crianças já esperam por ele, ansiosas, para saber o que vão ganhar desta vez! A cada viagem, o kit é diferente e temático em função do destino.

Desta vez, recebemos um livro de atividades, lápis de cera, uma tag de mala, um porta documentos, um bicho de madeira (um tatu e um tamanduá), animais que vivem em regiões de florestas e uma mochila para carregar o todo. É bom que as crianças já vão se enturmando com os bichos e assuntos que vamos encontrar! Aproveitamos a preparação e oportunidade e fomos pesquisar sobre o que comem e como vivem os tatus e tamanduás.

Quais as expectativas das crianças?

Uma diz que está louca para encontrar índios “de verdade” (vamos visitar uma aldeia indígena). Perguntei-lhe se ela também vai provar as iguarias indígenas, tipo larvas, mas aí, tanto o pai quanto a filha torceram o nariz! Vamos ver quem de nós quatro será o mais corajoso!

A outra filha está louca para ver botos rosas! Já perguntou se podemos mergulhar com eles…Na verdade, eu não sei se ela vai se empolgar de mergulhar nas águas escuras amazônicas, cor de Coca-Cola mas, com certeza, ela vai ficar feliz de vê-los bem de perto!

E quando falei da focagem de jacaré…perguntaram o que era focagem (o guia leva uma laterna potente que foca os olhos dos animais no escuro – é um passeio noturno) e ficaram loucas por essa aventura!

Eu, particularmente, estou bem ansiosa em relação às atividades pedagógicas que foram inseridas neste roteiro. Quero saber mais detalhes dessa proposta inovadora que a Viajar com Crianças está trazendo para o mercado. Já conhecemos passeios com atividades diferentes para estreitar laços entre pais e filhos, mas desta vez, vamos além: as atividades foram elaboradas por uma equipe de pedagogos e tem o propósito de maior conscientização ambiental desse bioma brasileiro e maior floresta do mundo!

O que levar na mala?

Itens habituais em qualquer viagem de aventura:

  • Calças leves e compridas de tactel ou legging de ginástica para as caminhadas na floresta: é melhor proteger as pernas da vegetação e eventuais picadas de insetos. Além disso, são roupas que secam rápido e algumas ainda tiram a parte de baixo e viram bermudas, bem práticas.
  • Muitas dessas calças e bermudas são cargo, cheias de bolsos para facilitar carregar itens e acessórios.
  • Camisetas de manga comprida e de tecido leve (tipo UV), próprias para caminhadas e ecoturismo. Apesar do calor, elas são leves, deixam o corpo respirar, secam rápido e ainda protegem os braços do sol e de insetos.
  • Camisetas e shots de algodão para aguentar o calor e umidade e ficar confortável no hotel.
  • Roupa de banho para curtir uma eventual piscina e poder tomar banho de rio.
  • Capa de chuva leve.
  • Casaquinho leve, nunca se sabe.
  • Botas de caminhada ou tênis com sola antiderrapante.

 

Acessórios importantes:
– Boné, óculos, protetor solar e, muito importante, um repelente forte tipo exposis. Não esqueçam que a Amazônia é zona de malária, portanto o repelente deve ser passado o tempo todo, inclusive por cima das roupas.
– Se as crianças tiverem alguma lanterninha, é bacana levar para a focagem de jacaré e uma mochilinha leve e garrafa de água para as trilhas.
– Máquina fotográfica, baterias e carregadores.
– É bom levar algum livro, o celular nem sempre tem sinal. A filha mais velha (10 anos) já colocou na mala “O Diário de Pilar na Amazônia“, aproveitando o contexto.

Farmacinha e vacinas:
– Em Manaus, é possível encontrar todos os remédios. Mas quando forem para o hotel de selva, é bom ter a farmácia habitual da família e recomendados pelo pediatra: anti-térmico, anti-histamínico, anti-enjoo, curativos, pomadas…e não esqueçam também dos produtos de higiene como shampoo, condicionador, escova e pasta de dentes.
– Em termos de vacinas, é bom ter o calendário de vacinas em dia (a região tem tido surtos de sarampo) e a vacina contra a febre amarela (vacina que todo viajante deveria ter porque ela tem sido solicitada em muitos países).

 

=> Além disso, lembre-se de levar dinheiro em espécie e trocado, para poder comprar lembranças nas comunidades ribeirinhas.

 

 

Eu tinha a consciência pesada de conhecer tantos destinos, onde fomos até mais de uma vez (Disney, por exemplo) e não conhecer a Amazônia! É um privilégio poder levar as nossas crianças para conhecer esse tesouro! Agora essa pendência será riscada da lista. Estamos muito animados!

E se você também está curioso da nossa viagem, acompanhe-nos pelo instagram @viajandocompimpolhos com a hashtag #pimpolhosnaAmazonia e #agenciaviajarcomcriancas

Para mais informações:
Viajar com Crianças: www.viajarcomcriancas.com.br ou (11) 2639-5776 | Facebook
Roteiros pela Amazônia

Leia também:
Viajar com crianças: uma agência para realmente viajar em família
As vantagens de viajar em grupo (e de famílias)

Amazônia com crianças: dicas do Joca (6 anos) e da Alice (4 anos)
Iberostar Grand Amazon: um cruzeiro pela Amazônia com crianças

Também estamos por aqui:

FACEBOOK TWITTER | INSTAGRAM | GRUPO VIAGENS EM FAMÍLIA

221 Visualizações

Sut-Mie Guibert, Family Travel Blogger, Blogueira especializada em Viagens em Família e com crianças. Jornalista e mãe de duas meninas de 10 e 6 anos, adora levar as crianças para conhecer o mundo! Mas também gosta de escutar e falar sobre o assunto com outras famílias, que são sempre bem-vindas por aqui!

Deixe seu Comentário





* Campos obrigatórios