Ficou fácil viajar com crianças!

Cuidados com crianças ao alugar apartamento, casa de temporada ou até em hotéis.

Semana passada, infelizmente, aconteceu uma tragédia que não podemos deixar de comentar por ter a ver com o nosso assunto, viagens em família: uma família inteira faleceu em Santiago do Chile, após inalar monóxido de carbono (gás) em um apartamento alugado. Um acidente que poderia ter acontecido com qualquer um de nós. Por isso, a importância de chamar a atenção para alguns cuidados que podemos ter ao alugar apartamento/casa para as férias ou até mesmo em quartos de hotéis. Ainda mais com crianças!

 

GÁS

Já que esta foi a questão principal deste acidente, podemos começar por ele.
– Pergunte e não aceite imóveis com gás dentro do banheiro (como muitos apartamentos antigos tinham),
– verifique a instalação de gás do apartamento, veja como funciona e para onde vai a tubulação externa do gás.
– O aparelho tem algum selo de aprovação ou manutenção com data?
– Se sentir algum cheiro forte, não ligue a luz, mexa em qualquer interruptor ou aparelho eletrônico…
Mantenha sempre as janelas minimamente abertas, com uma gretinha que seja, e mesmo em tempo frio. É melhor sempre ter ar circulando.
– Em quartos com lareira, manter uma proteção na frente do fogo, tomar cuidado com a distância de mantas e tapetes e manter uma janela entreaberta também…

VARANDAS E JANELAS

Saiba que em muitos apartamentos e hotéis no exterior, não existem redes de proteção como no Brasil. Mesmo em janelas baixas.
– A solução é verificar a porta de saída para a varanda e mantê-la bem fechada. Com algumas crianças maiores é possível combinar de não saírem para fora sem autorização ou supervisão de um adulto. Idem para a aproximação de janelas.
– Engraçado que vejo sempre famílias preocupadas com as varandas de navios mas nunca com as varandas de hotéis e apartamentos! Sendo que as dos navios são mais seguras, por terem, em sua maioria, uma trava de segurança e uma maçaneta complicada para as crianças, que fica mais alta e abre ao contrário.
– Verificar como são as varandas e se não há espaço para uma criança pequena passar por baixo da grade ou proteção, como em outro trágico acidente que aconteceu no Rio de Janeiro, anos atrás. Me lembro de alguns hotéis de praia com “grades” com toras de madeira, mas por onde uma criança pequena passaria facilmente.

 

SEGURANÇA E SAÍDA DO APARTAMENTO/CASA

– Parece bem simples, mas assim como fazemos em casa, é bom manter a porta do quarto de hotel/apartamento alugado trancada ou com a trava. Já soube de casos de crianças que simplesmente abriram a porta e saíram pelo corredor/escada/elevador…
– Algumas famílias também me contaram que mantém uma cadeira contra a porta de noite, para ouvir barulho caso mexam na porta. Excesso de zelo? Acho válido. Principalmente se estiver viajando sozinho(a) com a(s) criança(s).
– No caso de casas com várias saídas e portões, é bom, ao chegar, verificar quantas existem e ver a segurança delas: dá para uma piscina? Dá para uma ribanceira/rua? Dá para o condomínio/jardim de outra casa?


PISCINAS/RIOS/BANHEIRAS

Uma das maiores causas de mortes acidentais de crianças na Brasil está no afogamento.
Por isso é importante:
– Verificar o acesso às piscinas/rios. A criança tem alguma dificuldade para chegar nela ou o acesso é totalmente livre? Algumas casas/prédios tem grade, proteção/redes para as piscinas (em volta ou por cima).
– Como na sua própria casa, a criança pequena deve ficar sob a supervisão de um adulto na piscina ou banheira. Ela pode se afogar em uma quantidade mínima de água, somente ao cair para a frente.
Cuidado com os ralos das piscinas e tampas, quanto à sucção de cabelos, correntes ou partes do corpo.

 

ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO DA CASA/VIZINHOS

Verifique se a casa de aluguel não tem algum cão de guarda e qual a raça em questão. Ou até nas casas vizinhas. Cães de guarda como pitbull, rottweiler, pastor alemão, dobermann são considerados mais agressivos e perigosos. Excelentes cães de guarda, mas eventualmente perigosos para crianças e bebês.

 

 

Ficou um post alarmante porque ao lermos tudo de uma só vez, enxergamos mil perigos existentes. A intenção não é causar pânico, mas destacar alguns reflexos e cuidados que podemos ter.

Lembrando que no Brasil e para o Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) e Procon SP, sites de aluguel de temporada como AlugueTemporadaAirbnb e Booking.com (que realizam todo o trâmite de contratação, inclusive de pagamento) são solidariamente responsáveis por problemas com a locação. Resta saber como acontece fora do país. Vai depender das regras e leis de cada um.

 

Leia também: 

Dicas para viajar com crianças com alergia alimentar

Também estamos por aqui:

FACEBOOK TWITTER | INSTAGRAM | GRUPO VIAGENS EM FAMÍLIA

 

 

1849 Visualizações

Sut-Mie Guibert, Family Travel Blogger, Blogueira especializada em Viagens em Família e com crianças. Jornalista e mãe de duas meninas de 10 e 6 anos, adora levar as crianças para conhecer o mundo! Mas também gosta de escutar e falar sobre o assunto com outras famílias, que são sempre bem-vindas por aqui!

Deixe seu Comentário





* Campos obrigatórios