Ficou fácil viajar com crianças!

Foz do Iguaçu em família: um roteiro por uma das 7 Maravilhas do Mundo Natural!

Convidada especial | Nanda Lorens do Arte em Biscuit

 

Nossas férias de julho foram em Foz do Iguaçu! Uma viagem bem família com avós, cunhado e nós. Eu e Alice (9 anos) ainda não conhecíamos a cidade, mas meu marido já tinha ido na adolescência.

Nossa hospedagem: Hotel Tarobá. Muito bem localizado no centro da cidade. Tem um quarto bom, confortável e um bom café da manhã. Pontos a melhorar: banheiro pequeno e bancada da pia minúscula mas nada que inviabilize a hospedagem.

Fizemos nossas principais refeições na padaria Doce Pão, ao lado do hotel que oferece refeições e lanches diversos. Ótimo custo x benefício. Fomos também ao Marias & Maria, na Av Brasil: comida caseira e ótimo preço e também oferece café colonial. Mas preferi a padaria. O hotel serve sopas variadas porém acabamos não pedindo, mas para quem vai com crianças pequenas pode ser uma boa opção.

Roteiro: foram 7 dias! Deu para fazer tudo com calma.

Fizemos os passeios principais mesmo:

Cataratas (lado brasileiro) achei tudo ótimo: boa estrutura, bom fluxo (apesar da alta temporada), não achei cansativo apesar das escadas. Super recomendo o restaurante de lá Porto Canoas com preço fixo de R$69,90 e comida muito boa! Criança paga metade e as bebidas e sobremesa são à parte.

Mesquita islâmica e Templo Budista: vale a visita! Tem que ficar atento aos horários da mesquita e tem número limitado de visitantes. Como estavamos no city tour do hotel, o guia havia reservado previamente nossa entrada (senão não teríamos conseguindo entrar e o horário seguinte ja fechava para as orações).

Cataratas (lado argentino) só vale a visita por causa da experiência mesmo. Achei bagunçado, conservaçao deixa a desejar, cansativo e por ser alta temporada o fluxo nas passarelas é medonho! Comemos no restaurante Fortin, sofrível!!! Pior restaurante que ja fui em uma viagem! Ou seja, o lado das cataratas argentino nao me conquistou!

Marco das 3 Fronteiras eu adorei, achei arrumadinho, bem cuidado, shows interessantes! Jantamos no Cabeza de Vaca, caaaro para que oferece (o kilo é 99,90)!

Parque das Aves: muito bem organizado. Vale a pena conhecer!

Itaipu Binacional. Fizemos apenas a visita panorâmica pois minha filha nao tinha idade para o circuito especial! Também fomos ao Ecomuseu e ao Refúgio Biológico (ambos da Itaipu, mas cobra-se ingresso separado para cada um). Achamos o Refúgio Biologico dispensável.

Puerto Iguazu na Argentina. Completamente dispensável. Uma feirinha suja e mal arrumada, onde todas as barracas vendem as mesmas coisas. Jantamos no El Quincho del Tio Querido e foi muito bom! Otima comida, show de tango. Li muitos relatos negativos, então fui com o pé atras mas gostei!

• Retornamos mais um dia às Cataratas brasileiras para fazer o Macuco Safari! Incrível! Ver aquela imponência das águas bem de pertinho é surreal! Chegamos beeem cedo e fomos sozinhos no barco…na saída as filas ja estavam gigantescas!

• Compras no Paraguai: fomos a Cellshop e ao Shopping China. O segundo compensa mil vezes mais: muito mais variedade e opcoes de produtos!

 

Duty Free Argentina: totalmente dispensável. Pega turista total.

Noite italiana do Hotel Bella Italia: imperdível! Vale cada centavo (R$89/pessoa). Comida muito boa, ambientação bacana. Foi onde melhor comi (perceberam que me ligo muito nisso né)? 🙂

Rafain restaurante show: eu daria nota 7 ou 8. Comida ok, mas nada excepcional. Muito cheio, péssima distribuição de mesas, apertado, nem todo mundo consegue ver bem o show. Bebidas bem caras. O show temático é bacaninha, mas tem umas partes que hoje em dia considero bem desnecessárias (apelo e piadas sexuais, por exemplo).

 

Outras considerações: 

Já estava preparada psicologicamente para as lotações por conta da alta temporada (férias de Julho 2019).

Sobre o clima: os primeiros dias foram beeem frios (vide os casacos que temos nas fotos), ao final esquentou e já era possível ficar sem casacos.

É uma viagem que EU não faria com crianças muito pequenas, mas vi varias famílias com carrinho de bebê nas passarelas e escadas das cataratas, nas trilhas, então vai muito do tipo de dificuldade que a familia aceita enfrentar!

O Aeroporto de Foz está em reforma, então estava beeem bagunçado (acredito que por causa da reforma). Todos os passageiros precisam passar por um raio x com todas as malas antes de entrar na area de check in, mesmo chegando com 1 hora e meia de antecedência quando chegamos ao portao de embarque já estavam embarcando (eu sou daquelas que gosta de ficar uma hora na frente do portão de embarque por precaução) então cuidado e cheguem bem adiantados!

Não achamos necessário alugar carro. Contratamos um transfer no hotel mesmo.

 

Muito obrigada Nanda, por este roteiro detalhado e por contar as impressões e experiências da sua família!
Não deixem de dar uma espiada no trabalho artesanal e maravilhoso da Nanda, que é uma verdadeira artista: Arte em Biscuit 

 

Para mais informações:

$$$ Hotel Tarobá
Pelo Booking* (Nota 8,7 Fabuloso – ver fotos, avaliações e reserve com cancelamento gratuito).
Veja se o Tarobá está em PROMOÇÃO no nosso parceiro Zarpo: Hotel Tarobá

*Somos afiliados Booking e recebemos uma comissão pelas reservas feitas através do Blog. Lembre-se de sempre fazer a sua reserva por aqui e colocar os links nos seus favoritos. Você não paga nada mais por isso e nos ajuda a manter as melhores dicas!

Leia também: 
Foz do Iguaçu com crianças: roteiro de 5 dias em família
Macuco Safari:uma aventura radical com crianças
Onde ficar em Foz do Iguaçu com crianças? 
Mabu Thermas Resort, um resort com praia termal em Foz do Iguaçu
Bourbon ou Mabu: onde é melhor ficar?

Também estamos por aqui:
FACEBOOK TWITTER | INSTAGRAM | GRUPO VIAGENS EM FAMÍLIA

935 Visualizações

Sut-Mie Guibert, Family Travel Blogger, Blogueira especializada em Viagens em Família e com crianças. Jornalista e mãe de duas meninas de 10 e 6 anos, adora levar as crianças para conhecer o mundo! Mas também gosta de escutar e falar sobre o assunto com outras famílias, que são sempre bem-vindas por aqui!

Deixe seu Comentário





* Campos obrigatórios