Ficou fácil viajar com crianças!

Hopi Hari com crianças pequenas: dicas da Stella (4 anos), da Lia (1 ano e meio) e dos seus pais.

Este post surgiu de forma muito espontânea, através do twitter: a fotógrafa Marcela Kunzel pediu dicas do Hopi Hari para levar a sua filhinha e prontamente, várias mães que já haviam ido me deram suas dicas. Uma delas, a Priscilla Perlatti, do Blog Mãe de Duas, já é conhecida por aqui, pois nos contou suas dicas de Fortaleza. Uma vez mais, ela veio nos ajudar com suas preciosas dicas e fotos!

Para a historinha, o Hopi Hari foi eleito nos últimos nove anos consecutivos o melhor parque temático do Brasil segundo os leitores da revista Viagem e Turismo. Ele fica em Itupeva, a  40 minutos de São Paulo e 20 minutos de Campinas e saibam que o local foi escolhido por apresentar baixos índices pluviométricos, ou seja, poucos dias de chuva por ano.

Vocês podem chegar de ônibus, existem diversas linhas de ônibus exclusivos que fazem o transporte até o parque (preços e itinerários aqui) ou de carro, sendo que o estacionamento é pago R$30,00/carro pelo período no parque.

Entrando

  • O parque é apresentado como sendo um país com língua própria, o Hopês (mistura de português, inglês, francês e mais uma porção de línguas). Todas as placas de sinalização são escritas em português e Hopês. É divertido, mas pode confundir os visitantes mais desavisados.
  • Os ingressos (ou passaportes, como chamam) na bilheteria do parque são mais caros. Dica: para adquirir passaporte com desconto somente na compra antecipada; no site do Parque é possível comprar ingressos ou descobrir pontos de venda aqui.

Obs:a meia entrada para os estudantes é válida somente no ingresso de acesso, para entrar no Parque. Em seguida, eles devem comprar tickets individuais, vendidos nas lojas dentro do Parque, para cada atração que desejarem utilizar.

Gratuidade para crianças até 1 metro. Acima dessa altura paga-se o mesmo valor de um adulto.

  • Para quem vai com criança pequena, carrinho de bebê é fundamental. O parque é grande e mais cedo ou mais tarde, bate um cansaço. Na entrada do parque existe um balcão de aluguel de carrinhos (R$ 25/dia) e cadeiras de rodas chamado Renta a Karrin (em Hopês)

Panorama geral: o parque é dividido em 5 grandes áreas temáticas:

Kaminda Mundi – logo na entrada do parque, onde ficam a roda gigante, a queda livre do La Tour Eiffel, cinema 3D e o principal local de espetáculos, o Theatro  di Kaminda.

Wild Westcom um clima velho oeste, tem como principal atração o Rio Bravo, que são 600 metros de corredeiras a bordo de barcos arredondados.

Mistieri – tem um clima de Antigo Egito e muitas atrações radicais, com destaque para a montanha russa Montezum, que pode ser vista até da estrada.

Aribabiba – espaço alto astral com carrinho bate-bate, chapéu mexicano, simulador de vôo de asa delta e área de jogos com argolas e bolas.

Infantasia a área mais colorida do parque, dedicada aos pequenos visitantes e repleta de personagens do Vila Sésamo.

Mapa do parque e descrição detalhada das atrações no site do Hopi Hari: aqui

A família adorou:

A área de Infantasia, própria para crianças pequenas: Elmo, Gariblado, Beto, Ênio e vários outros personagens da Vila Sésamo estão por todos os brinquedos. Todas as outras atrações das demais áreas são mais voltadas para o público a partir de 7-8 anos. As duas vezes que fomos passamos pelo menos duas horas em uma só atração: um grande brinquedão, Parkid, com uma boa área de sombra, piscina de bolinhas e escorregadores. O carrossel, que eles chamam de Giranda Pokotó, também fez bastante sucesso com as meninas, principalmente porque a fila andava rápido.

O Chabum, playground aquático com os personagens da Vila Sésamo, encantou a Stella e realmente naquele calor não tinha uma criança que queria ficar de fora. A altura mínima para entrar é de 0,80 cm e, daquela vez, a Lia teve que dar uma outra volta no carrossel. Dica: não esqueçam de levar roupa de banho, toalha e uma muda de roupa. Para os esquecidos, tudo isso pode ser adquirido na loja ao lado do Chabum!

– Outras atrações que gostamos na Infantasia foi o Komboio (trenzinhos), o Kastel di Lendas ( conhecemos algumas lendas e o folclore das regiões do Brasil enquanto percorremos um canal aquático) apesar das filas sempre grandes e o Bugabalum (sentadas em balões, as crianças dão voltas divertidas pelo ar. É bem comum os pais assistirem a este vôo com direito a “tchauzinho” e torcer para eles não chorarem.)

– No Klapi Klapi tem um show muito legal com a turminha do Vila Sésamo, mas é preciso confirmar o horário enquanto estiver no parque:  eu tentei, mas eles não informam os horários do show  por telefone. Não tem como se programar.

No quesito compras, o Parque está repleto de lojas vendendo lembranças como bonés, camisetas, chaveiros e toalhas com os diversos símbolos do Hopi Hari e também todo tipo de badulaque encontrado no comércio popular das grandes cidades (spray de neve, dentaduras falsas, bolinhas com luzes piscantes, etc). Também são oferecidos itens como protetor solar, biquínis, óculos escuros. Como souvenir das nossas visitas levamos para casa bonecos da Vila Sésamo, queridos das meninas até hoje.

o Mamadero, ao lado do Carrosel na área Infantasia é um espaço especialmente montado para que as mamães possam amamentar, darem banho e aquecerem comidas e mamadeiras. Ele é super organizado e limpo. Uma grande ajuda para as famílias. Tem até bercinhos para uma soneca (é necessário o acompanhamento de responsáveis).

No mais, a dica é: tenha em mente que o dia é dos pimpolhos. Não se estressem se eles quiserem passar o dia inteiro só no brinquedão e você pagou uma pequena fortuna (R$ 79 por pessoa na bilheteria) para se divertir no parque todo.  No final, o que importa é o passeio em família! 😉

A família gostou menos:

O quesito alimentação deixou a desejar: os restaurantes dentro do parque têm como opções principalmente hambúrguer, cachorro quente, batata frita e pizza.  São caros e com longas filas. Então, melhor se programar e levar um lanche. Certeza que vocês não vão estar perdendo grandes coisas deixando de provar a “gastronomia local”.  É permitida a entrada no parque com alimentos não perecíveis (bolachas, salgadinhos, etc) e garrafas PET fechadas. Não é permitido entrar com vidros. Papinhas para bebês, apesar de perecíveis, são liberadas, mas somente dentro de recipientes plásticos. Eles não vendem papinhas industrializadas lá dentro.

Dica, principalmente para quem vai com crianças pequenas: cheguem por volta de 11hs, dirijam-se ao Shopping Serra Azul que fica ANTES da entrada do parque (na verdade o shopping fica sobre a Estrada dos Bandeirantes, com boa sinalização para se chegar ao local) e almocem ou tomem um lanche reforçado por lá mesmo.

Para quem já visitou os parques da Disney, é bom que fique bem claro para evitar falsas expectativas: o Hopi Hari é um ótimo parque de diversões mas NÃO é a Disney. Aliás, bem que eles podiam se inspirar na empresa americana nos quesitos atendimento, atenção com o visitante, qualidade dos alimentos oferecidos, manutenção do patrimônio e treinamento de pessoal.

a dificuldade de achar informações sobre horários e preços: da última vez que fomos, tentamos saber o horário do show do Vila Sésamo para a gente se programar (a Lia ama!) e mesmo ligando pro 0300 deles, não deu. Nesse caso, só descobrimos que o tal show não existia mais quando chegamos lá. Por outro lado, liguei esta semana para checar algumas informações para este post e a atendente foi bem atenciosa apesar de sua insistência em vender ingressos quando eu queria somente tirar dúvidas. E me confirmou que a turma do Vila Sésamo ainda se apresenta diariamente no parque.

O site não se aprofunda nas informações: é mais garantido ligar na Central de Atendimento (0300 789 5566) e fazer as perguntas diretamente para eles.

Visita feitas em maio/09 e janeiro/10: tempo sempre com sol. Maio temperatura bastante agradável e janeiro temperatura insuportavelmente quente, principalmente para os pequenos. Não esqueçam do protetor solar!

Mais uma vez, super obrigada à Priscilla Perlatti por este post completíssimo! Adoramos!

Para maiores informações:

Site oficial Hopi Hari: aqui

Se tiverem vários dias e para completar o passeio: em uma distância de menos de 1 km, encontram-se:

Wet’n Wild (www.wetnwild.com.br)– parque aquático colado ao Hopi Hari, com 22 atrações para todas as idades. Para os pequenos brincarem a vontade tem a área do Kid´s Lagoon com escorregadores e piscinas rasas.

Outlet Premium (www.premiumoutlet.com.br/home) – Um dos maiores outlets de São Paulo. São marcas como Adidas, Animale, Hering, Diesel, Carmen Steffens, Levi´s, M.Martan, Lacoste, Ricado Almeida oferecendo até 80% de desconto. Tão divertido quanto um parque de diversões.  Boas opções de restaurantes: Aplebee´s, Subway, Vivenda do Camarão entre outros.  Quem adora compras é bom separar no mínimo meio dia só para olhar vitrines e garantir bons preços.

Para se hospedar:

No site do Hopi Hari há diversas indicações de hotéis da região: aqui

ATUALIZAÇÃO 18/01/2012: hoje foi inaugurada Infantasia, a área dos Looney Tunes, que fica no lugar da Vila de Sésamo: vejam fotos aqui

Gostou desta viagem? Não esqueça de dar a sua opinião, clicando nas estrelinhas abaixo, para ranqueá-la! 😉

15096 Visualizações

Sut-Mie Guibert, Family Travel Blogger, Blogueira especializada em Viagens em Família, com crianças e bebês. Jornalista e mãe de duas meninas de 5 e 2 anos, adora levar as crianças para conhecer o mundo! Mas também gosta de escutar e falar sobre o assunto com outras famílias, que são sempre bem-vindas por aqui!

25 comentários para este artigo

  1. Nossa, faz tempo que estou ensaiando de levar o Theo no Hopi Hari. Agora, com esse post completíssimo, vou agilizar o passeio… ainda mais que já ja ele passa de 1 metro e perde o desconto 😉
    Ótima dica, Sut-Mie e Pri!
    bjos

  2. Mãe de Duas disse:

    Sut-Mie, mais uma vez adorei escrever aqui. É muito bom poder participar dos blogs que a gente adora!
    Bisous!
    Priscilla

    • Bombini!!!!! Acredite se quiser minha filha quando fez 19 anos pediu de presente irmos ao Hoppi Hari e a emoção foi a mesma!!! Adoramos a Hora do Espanto! Fomos em 2 dias, e como era feriadão de Dia das Crianças (uma loucura!!! o aniversário dela é 11/10) estava lotado com grandes filas, precisamos usar o Fast Pass. Mas que lipeza e organização! Foi muito divertido e um excelente programa em família!

      bjs Sandra
      http://projetandopessoas.blogspot.com//

  3. Sut-Mie e Priscilla vcs foram demais! Já anotei tudinho. Muito obrigada pelas super dicas! Quando eu voltar conto tudinho pra vcs ! Beijos Marcela

  4. Talitah disse:

    Menina adorei!! Vou pensar em um passeio com a baby!!

    Beijos

  5. Lilian disse:

    Oie!
    Estive no HopiHari logo que inaugurou (ainda ‘aborrescente’) e adorei… Estamos programando a ida com o pimpolho! Bom saber que tudo continua limpo e organizado!
    Bjão

  6. Ola, adorei seu blog. Fiquei sabendo dele no blog da Flavia e tomei a liberdade de falar de voce no meu blog, esta bem ? Continue postando. Qdo chegar a minha vez de viajar com crianças, podemos trocar figurinhas. No momento somos somente meu marido (que se tornou marido apenas no ano passado, na India ) e eu 🙂 hehehehe ,…. por enqto estamos correndo o mundão só nós dois, hehehe 🙂 Mas adorei seu blog, que bacana. TOmara que um dia eu possa ser uma mãe dessas, que viaja com seus pimpolhos. Parabens

  7. Que lugar legal! Ótimas dicas!!!
    Tô passando pra contar que, enfim, voltei a blogar e postei umas fotinhos da minha filhota pra vcs conhecerem!
    Um abç,
    Maura, mamãe da Sophia

  8. ingryd disse:

    deve ser muito daora kkkk

  9. Dea disse:

    Que massa seu blog, eu e meu marido estávamos à procura de um lugar com parque para viajar com a nossa Lulu e demos a sorte de clicar na sua página. O parque é imenso e muito lindo e pelo visto suas filhas e vcs curtiram bastante. adorei que vc tb deu dicas de lugares para passear fora do parque.Completíssimo, amei mesmo, parabéns. está decido vamos ao HOPI HARI, depois te conto como foi!

  10. Lívia disse:

    Fomos ao parque no dia 05/01, temos um filho de 2 anos e meio.
    Não tem mais o parque da Vila Sesamo, eles estão substituindo pelos Looney Tunes.
    A maioria das atrações para os pequenos estão fechadas ecentro de m reforma, ele conseguiu ir apenas em três atrações, o avião, o Castelo de Lendas e o Centro de Treinamento Acme, que é um parquinho. Todas as demais estão fechadas.
    Espero que reabra em breve para eu poder voltar com meu pequeno.

  11. Clara Martini disse:

    Olá, fui ao Hopi ontem, 25/01/2012, tenho uma filha de 3 anos. Tinha lido suas dicas, que foram super úteis, e agora voltei para deixar meu comentário.

    Ela brincou bastante, mas ficou bastante decepcionada que o brinquedo de água (antigo Chabum) estava desligado. Segundo informações de uma funcionária ainda estava em reforma devido a troca de tema (de vila sésamo para looney tunes)

    Eu sinceramente acho um desrespeito com o público esse tipo de reforma em pleno janeiro, época de calor e férias.

    O teatro (Klapi klapi) é bem fraquinho, as crianças gostam porque os personagens são famosos e lindos, mas o enredo é fraco, as falas deles são gravadas, nós não entendemos muita coisa.

    O setor dos brinquedos de bolinhas é muito legal, mas falta funcionário para orientar e organizar.

    As 14h30 tínhamos comido e estava muito sol, o filme 3D foi muito bem vindo. Lá dentro estava fresquinho, foram 15 min ótimos para descansar um pouco. Só achamos que o som estava alto de mais.

    Mesmo com estas negativas, nosso passeio foi bem legal. Mas não levaria minha filha antes dos 2 anos. Acho muito exaustivo para bebês e pouco proveitoso.

    obrigada,
    Clara

    • Olá Clara,
      Muito obrigada por essas colocações e experiências. Acho muito válidas e importantes para outras famílias!
      Como a família que ajudou à fazer esse post disse: o Hopi Hari não é a Disney, uma pena não termos uma exigência em serviços tão apurada quanto os americanos!
      Bjs

  12. ANDREA SOMERA disse:

    OLÁ, ESTOU PENSANDO EM IR CONHECER O PARQUE NA COMEÇO DE NOVEMBRO, MAS AINDA ESTOU UM POUCO INSEGURA, POR QUE NAO ENCONTRO EM NENHUM SITE AS IDADES E TAMANHOS PERMITIDOS PARA CADA CRIANÇA, GOSTARIA DE TER ALGUM ROTEIRO, PRA NAO PERDER TEMPO PROCURANDO OS BRINQUEDOS QUE ELES PODEM ENTRAR, UM TEM 8 ANOS 1 METRO E 20 CM E O OUTRO TEM 2 ANOS 80 CM OBRIGADA.

  13. Luana disse:

    Olá

    Estou pensando em ir com minha afilhada ao Hopi Hari no feriado de 15 de novembro… Sabe me dizer se essa época costuma chover na região? Estou insegura por que não consigo nenhuma informação sobre isso!
    Obrigada,

    Lú.

  14. Patricia disse:

    Ei Luana!
    Adorei as dicas. Super práticas. Pretendo ir em outubro com meus 2 meninos: de 3 e 6 anos. Acho q dois dias dá para aproveitar bem né? Tb vou nesse parque aquático ao lado.
    Valeuu!
    Realmente achei o site muito sem informação . Seu blog está 10. vou seguir.

  15. Mariama Sabi disse:

    Sabe que eu venho sempre dar uma fuçadinha por aqui!!

    Escolhido o passeio do aniversário da Nyara.

    • sutmie disse:

      Oi querida,
      Que surpresa! Não me lembro quando será o aniversário da Nyara, mas com certeza vão se divertir! 😉
      Se precisar de mais dicas (hotel onde ficar, por exemplo), me avisa!
      Bjs e adorei a visita!

  16. Priscila disse:

    Obaaa!! Informações preciosas! Obrigada por compartilhar.
    Estou pensando em levar meu pitchiquinho para conhecer o Hopi Hari, espero que ele goste! 😉
    Bjim

    • Sut-Mie Guibert disse:

      Priscila,
      Infelizmente, temos recebido muitas queixas sobre o Hopi Hari!! 🙁
      Em contrapartida, o Beto Carrero tem tido sempre muito boas avaliações!
      Um abraço

Deixe seu Comentário





* Campos obrigatórios