Ficou fácil viajar com crianças!

Praia do Forte com crianças: dicas de um excelente destino ecológico!

Sempre que me perguntam por uma praia legal para ir com crianças, eu gosto de falar da Praia do Forte na Bahia. Ela é pequena, acolhedora, arrumada sem perder o charme da sua origem de vila de pescador. Além disso, tem uma excelente estrutura hoteleira e turística. Passeios para todas as idades é que não faltam!

 

COMO CHEGAR

A Praia do Forte é ali, “pertinho”: o voo de avião para Salvador é rápido, sem escalas, com várias opções de horários por dia e, na chegada, é só pegar um traslado (ou carro alugado) de 45mn. Para tomar um taxi ou Uber, fica muito longe, não vale à pena optar por eles. A estrada não é das melhores… mas depois de atravessar o bochicho da periferia de Salvador, já melhora.

É necessário ter carro na Praia do Forte? Eu diria que não necessariamente. A Vila da Praia do Forte é pequena e tem tudo: bancos, restaurantes, farmácia, lojinhas e a maioria dos passeios e Pousadas ficam por ali. É verdade que as praias mais bonitas, a Praia do Lord e a de Papa-Gente ficam a 15/20 mn de caminhada, o que pode ser cansativo, principalmente na volta, com crianças pequenas. Mas por lá vocês vão encontrar os bici-taxis ou tuk tuks (de moto) que podem levar até 3/4 pessoas e com quem podem marcar a volta. Custam em média R$20.
Tudo depende também se for alta estação ou não. Na alta, é mais difícil arranjar estacionamento e são poucas vagas nas praias. Não deixe o seu carro no acostamento, porque é multa na certa! Mas, se for baixa estação, é verdade que juntando o preço do traslado + a comodidade de ter o carro, pode valer à pena. Além de que alguns resorts (Iberostar, Grand Palladium, Vila Galé Marés) ficam mais afastados.

Vai alugar carro na Praia do Forte? Não deixe de fazer uma cotação com o nosso parceiro RentalCars

 

 

ONDE FICAR

A Praia do Forte tem uma estrutura excelente, com opções para todos os bolsos! Vai dos grandes resorts all inclusive (Iberostar Praia do Forte, Iberostar Bahia, Tivoli – mais afastados o Grand Palladium e Vila Galé Marés) às Pousadas charmosas ou mais simples, na Vila ou de frente para a praia. Neste post já fizemos uma seleção dos lugares especificamente kids friendly, com estrutura para crianças e bebês. Mas se essa estrutura não for necessária, opções é que não faltam por lá!

Procurando um Hotel na Praia do Forte? Veja aqui com os nossos parceiros Booking

ou Zarpo

 

O QUE FAZER

Uma das coisas agradáveis na Praia do Forte é que eles conseguiram manter um clima de vilarejo de interior, com muitos passeios a pé e um centrinho com pracinha onde os moradores se encontram pra jogar conversa fora. Dá para esquecer rapidamente a cidade, relaxar e entrar no clima tranquilo de vila à beira mar. E ainda tem o sorriso e a gentileza bahianos!

=> Visitar as praias do Lord e Papa Gente
A praia que fica bem em frente à Vila da Praia do Forte não é das melhores, nem a de alguns hotéis. Mas vá para a Praia do Lord ou Papa Gente, ao lado (20mn de caminhada), que você vai encontrar aquelas paisagens bahianas de praias compridas cheias de coqueiros. No caminho, o cuidado ecológico da população chama a atenção, com placas que falam sobre tartarugas e aves da região.

A Praia do Lord tem mais estrutura com barracas, cadeiras ($5 cada) e quiosques onde pedir bebidas e petiscos. Ambas as praias tem piscinas naturais na maré baixa, e dá para ver alguns peixes coloridos e principalmente muitos sargentinhos (os zebrados amarelo e preto). As crianças ficam encantadas. Algumas empresas oferecem snorkel com máscaras especiais (das que cobrem o rosto todo e facilitam a respiração) e vão em piscinas naturais um pouco mais fundas. Melhor com crianças mais velhas ou adolescentes.

=>Visitar o Projeto Tamar
Este é um dos principais passeios da Praia do Forte e vale muito à pena para pessoas de qualquer idade! O Projeto Tamar fica no final da Vila, então você chega a pé. Este é um dos melhores centros de pesquisa do Projeto Tamar. Você vai ver piscinas com tartarugas de todos os tamanhos (das gigantes às recém-nascidas), vai ver algumas raias e tubarão lixa. Tente pegar algum horário de alimentação dos animais (de manhã e de tarde) porque os instrutores explicam detalhes e fica mais interessante para as crianças. Se tiverem sorte, podem até ver o nascimento de tartarugas na praia, no final do dia (a partir de novembro).

Durante as férias, as crianças podem se inscrever para serem instrutores por um dia e ajudar a equipe a alimentar os bichos. Mas ligue para lá (71 3676-1045), porque as crianças são divididas por idades e por dias específicos.
A entrada custa R$24/adulto, e meia entrada para estudantes, crianças acima de 5 anos e pessoas acima de 60 anos. Oficiais da Marinha e funcionários da Petrobrás (empresa patrocinadora) tem desconto.

=> Visitar o Projeto Baleia Jubarte
Perto da entrada da Vila, fica o Projeto Baleia Jubarte que pode ser visitado. É uma visita guiada, o que é bastante interessante para as crianças porque elas podem fazer todas as perguntas. O espaço não é muito grande, então a visita é relativamente rápida, mas instrutiva e interativa. O bacana é ver um esqueleto verdadeiro de uma baleia e várias esculturas de baleias em tamanho natural, o que dá uma ideia da dimensão dos mamíferos. Os filmes no interior da cinemateca também são interessantes.
A entrada custa R$15/adulto e R$8 para crianças acima de 6 anos. Oficiais da Marinha e funcionários da Petrobrás tem desconto.

=> Observação de baleias Jubarte
De 15 de Julho a 15 de Outubro é possível fazer um cruzeiro de observação de baleias Jubarte! Um excelente passeio para colocar em prática o que foi aprendido anteriormente no Projeto Baleia Jubarte. As operadoras recomendadas pelo Projeto na Praia do Forte são a Porto Mar e a Base Náutica, no Hotel Tivoli. O passeio dura 5h e custa em média R$170/pessoa. Crianças podem acompanhar, mas somente acima de 5 anos.

 

=> Visita do Castelo Garcia d’Ávila
Ele começou a ser construído em 1551 e é considerado a primeira grande edificação portuguesa no Brasil. Hoje são só ruínas com uma capela, chamada a Capela de Todos os Santos. Mas o jardim e local rende belas fotos.
E se quiser mais emoção nesse passeio, ele pode ser feito por agência e de Jeep.

 

=> Visita da reserva Sapiranga
Se as crianças forem aventureiras ou adolescentes, vale à pena conhecer esta reserva de 600 hectares de Mata Atlântica! Há várias trilhas bem sinalizadas, que podem ser feitas a pé, de bike, a cavalo e, mais divertido ainda, de quadriciclo! Além disso, a agência Porto Mar também vende um passeio que faz um trajeto de jipe até um ponto do Rio Pojuca, passeio de canoa motorizada, tirolesa de 20m de altura por cima do Rio e remada com caiaque por trechos de manguezal!

 

=> Passear na Vila da Praia do Forte
Este é um passeio que você pode fazer a todo momento e a pé, já que o centro é feito para pedestres; carros não entram. As pessoas só circulam a pé ou de bicicleta e bici-taxi (que só funcionam até as 18h). No final do dia, é gostoso passear por lá, ver algumas lojinhas de artesanatos e comidas típicas. A antiga vila de pescadores se transformou em centro turístico, mas conseguiu guardar o seu cachê acolhedor e intimista. Se tiver sorte, vai encontrar uma roda de capoeira na Praça central. No final da Vila, tem a pitoresca Capela de São Francisco que rende fotos bonitas. É também na Vila que se concentram os restaurantes.

 

ONDE COMER

A rua central é cheia de restaurantes e você vai encontrar algo para todos os bolsos e gostos! Mas eu vou sugerir o que experimentamos e que valeu a visita!
Algo simples e imperdível são as tapiocas (ou beijús) da Casa da Farinha no final do dia! Experimente-as tanto doces quanto salgadas. Nós nos apaixonamos pela de banana da terra com queijo! A Casa da Farinha fica bem na Praça Central e é tipo uma cooperativa: a cada dia, uma família diferente vende no local. E é tudo bem artesanal: um quiosque onde usam uma enorme chapa e forno a lenha mas as tapiocas são as melhores!

Ao lado, fica o Tango Café que serve bons lanches e excelentes tortas e bolos!

Para uma comida bahiana, o Sabor da Vila tem um bolinho de peixe famoso e uma moqueca incrível e leve! Gostamos tanto que voltamos 2 vezes!
Na onda saudável, o Açai & Saúde serve tigelas enormes de açaí.

E claro, não deixe de comer o acarajé da Bahiana! Encontramos duas: na entrada do Projeto Tamar e na Praça principal.

 

Leia também:
Hotéis e pousadas na Praia do Forte com estruturas para crianças e bebês.
Tivoli Eco Resort: um resort de luxo com excelentes serviços

Também estamos por aqui:

FACEBOOK TWITTER | INSTAGRAM | GRUPO VIAGENS EM FAMÍLIA

 

416 Visualizações

Sut-Mie Guibert, Family Travel Blogger, Blogueira especializada em Viagens em Família e com crianças. Jornalista e mãe de duas meninas de 10 e 6 anos, adora levar as crianças para conhecer o mundo! Mas também gosta de escutar e falar sobre o assunto com outras famílias, que são sempre bem-vindas por aqui!

1 comentário para este artigo

Deixe seu Comentário





* Campos obrigatórios