Ficou fácil viajar com crianças!

Papo de sexta: quais foram os piores cacarecos/presentes de grego comprados em viagem?

Sabe aquele grupo em que sentamos em volta de uma mesa e ficamos conversando e rindo horas a fio? Assim é o nosso grupo no Facebook, um cantinho de dicas, acolhimento e boas risadas.
Esta sexta, lançamos o nosso papo sobre piores compras feitas em viagens e, mais uma vez, tivemos resultados bem divertidos!

DECORAÇÃO
Objetos como berimbau, zarabatanas, arco e flecha de Manaus, chapéus mexicanos e até chineses/vietnamitas são clássicos! O problema é que nenhum cabe na mala, muitas vezes vem na mão ou cabeça e você tem que levar o trambolho o resto da viagem! E em casa, aquilo acaba em algum canto, quando muito na parede! No quesito decoração, também tivemos as respostas de algumas máscaras de Veneza. E os vencedores no tema decoração, foram os enormes tapetes que tiveram que ter malas extras igualmente enormes e quase custaram casamentos durante a viagem! 🙂 Surpreendentes mesmo foram a mesa do Cairo ou a mesa de mármore e granito toda trabalhada da Índia, que teve que ser enviada, mas a pessoa nunca quis confessar o preço que pagou por isso.

Thales Apparicio e o seu chapéu vietnamita que não coube em lugar nenhum a não ser na cabeça

BRINQUEDOS E PELÚCIAS
As viagens para a Disney e Orlando sempre rendem aqueles brinquedos grandes, espadas ou sabres de luzes ou as pelúcias gigantes que vem no colo no avião e, uma vez em casa, ficam pegando poeira em cima da cama…
Nesse estilo, teve a filha de uma das participantes que ganhou uma cobra de pelúcia de 1,80m em uma gincana de feira! Que “sorte”! 🙂 Ou a que comprou uma gata de pelúcia gigante que miou a viagem inteira (15 dias pela China), porque a pessoa não sabia desligá-la.
E os fissurados pelos Parques conhecem bem os baldes colecionáveis de pipoca: grandes, às vezes com formas delicadas (como o carrossel da Cinderela da Disney) e sempre bem difíceis de serem colocados na mala, principalmente se tem a boca larga!

O balde de pipoca com boca larguíssima da Tabata Dessupoio

OBJETOS DIFERENTES

Vocês ficariam espantados com a quantidade de pessoas que trazem ou pedem para trazer…guarda-chuvas! Aqueles objetos que existem em cada esquina quando chove! Da Inglaterra, da China, de Nova York, de Paris…
Várias pessoas trouxeram também taças de cristais tchecos no colo…ou as taças de degustação das diversas vinícolas espalhadas pelo mundo. Aqueles objetos que nos preocupam a viagem inteira, pela fragilidade.
Cacarecos mesmo foram as colheres de pau, socadores de alho que existem por toda a parte e panelas de barro que trincaram no primeiro cozimento. Ou, o cacareco moderno: o aquecedor de lenço umedecidos (nem sabia que isso existia)!
E o troféu “pior cacareco em viagens” foi esta cesta de piquenique comprada em início de viagem por 30 dias na Europa! Era tão grande que não coube em lugar nenhum e teve que servir de bolsa! 🙂

Olívia Vicente, feliz da vida, com a sua cesta de piquenique!

 

E vocês? Fazem parte dos acumuladores ou saudosistas de viagem que compram objetos nos destinos que não fazem mais sentido nenhum em casa? 🙂 Conte-nos tudo!

Também estamos por aqui:

FACEBOOK TWITTER | INSTAGRAM | GRUPO VIAGENS EM FAMÍLIA

7557 Visualizações

Sut-Mie Guibert, Family Travel Blogger, Blogueira especializada em Viagens em Família e com crianças. Jornalista e mãe de duas meninas de 10 e 6 anos, adora levar as crianças para conhecer o mundo! Mas também gosta de escutar e falar sobre o assunto com outras famílias, que são sempre bem-vindas por aqui!

Deixe seu Comentário





* Campos obrigatórios