Ficou fácil viajar com crianças!

Blogagem coletiva: A primeira viagem da nossa família!

Eu sei que eu vou me repetir para alguns, mas penso que já viram que temos um grupo de Viagens em Família onde blogueiros do nicho e leitores se encontram, dividem dúvidas, dicas… as pessoas andam tão animadas que está virando “o point” das famílias que gostam de viajar! 😉
Nisso, a Cláudia Pegoraro do Felipe, o Pequeno Viajante, empolgada que é, veio com uma proposta de fazermos uma blogagem coletiva, questão de nos conhecermos melhor, mais ainda que simples “comadres que passam o dia inteiro falando de viagem”! Claro que todo mundo topou e cá estamos nós para falar da nossa primeira viagem em família, tema que ganhou por votação no grupo!

Ninguém acreditou quando eu disse que eu não me lembrava exatamente qual foi a nossa primeira viagem…! E na verdade, não me expliquei direito mas, para mim, viagem é tudo o que sai da rotina: passar um fim de semana em algum lugar para mim já é viagem, não precisa necessariamente pegar um avião ou carro durante horas! E, nesse sentido, eu até sabia qual foi a nossa “grande” viagem (para Paris e Portugal, quando a pimpolha tinha 8 meses) mas nos conhecendo, eu sabia que antes disso, com certeza, tínhamos saído do lugar mas não me lembrava para onde!

Tive que buscar nas fotos antigas (hoje pimpolha tem 5 anos) e imediatamente dei de cara com uma pastinha: “Minha primeira viagem: Mauá” com 3 meses de idade! Muito louco como fotos trazem todas as lembranças de volta! Aí, efetivamente, me lembrei de tudo: do quanto foram deliciosos os dias passados por lá! Eu adoro Visconde de Mauá, no meio do caminho entre Rio de Janeiro e São Paulo e ao lado de Minas Gerais… um lugar na Serra, rodeado de verde e cachoeiras, lindo por natureza e cheio de boas energias! Sim, foi para lá que fomos e em família: ainda levamos a avó e os dindos da filhota! Nada poderia ser mais especial!

Clara 194Coincidentemente, ainda nunca postei aqui sobre Mauá, apesar de ter posts na fila…começo a desconfiar de que alguns cantinhos guardo só para mim, da mesma forma que foi o post de Santorini, que só consegui publicar meses depois da viagem (foi lá que descobri a nossa segunda gravidez). Mas pulei etapas, vamos voltar à filha mais velha e à nossa primeira viagem em família!

Sempre ouvimos (de amigos e família) que somos um pouco loucos e desprendidos com essas questões de viagem…hoje em dia, todos se acostumaram, já não se surpreendem mais; mas no início, era difícil: sentia olhares, pitacos mas também admiração de alguns! Confesso que sempre foi muito natural para mim e tive a sorte de ter um marido/pai igualmente tranquilo. Levar a neném para Mauá foi certamente um desejo, fomos em dezembro, tempo quente e úmido no Rio de Janeiro! Fugimos para nos refrescar na serra e nas cachoeiras! Não pensei em checar se havia algum hospital por lá, por exemplo (e não tem). Na minha concepção, tudo tem que acontecer naturalmente, sem neuroses ou medos, senão “não se vive”. Claro, a questão não é colocar a criança em perigo, mas ela sempre foi uma extensão de mim, estou sempre atenta às suas necessidades e tenho a perfeita consciência de que a ela nunca faltou nada! Ao contrário do que muitos pensam, é uma delícia viajar com bebês, porque eles simplesmente nos seguem: mamam no peito, dormem, brincam um pouco. O dia se resume a isso + algumas trocas de fraldas. E aí curtimos estar naquele lugar com o neném novo, sonhamos em voltar juntos quando ele puder interagir mais. O que permite aos pais também quebrar a rotina, passear, descobrir ou rever algum lugar. Eu sou da opinião que é muito gostoso viajar com bebês! E não precisa ir longe! Uma Pousada perto de casa já serve (veja outra experiência aqui). Quanto mais natural for viajar, melhor. Esse horizonte será sempre cada vez mais expandido!

E revendo as fotos, consigo lembrar de como esses poucos dias foram uma delícia: ficamos em uma pousada com boa estrutura, curtimos cachoeiras, comemos fondue, trutas, especialidades da região, tiramos muitas fotos em família e nossa filha colocou pela primeira vez o pé na água, na Cachoeira de Santa Clara, significado forte para nós, pois ela tem o mesmo nome.

Clara 146Clara 150Clara 165- Cachoeira Sta ClaraVoltamos lá várias vezes, inclusive com a segunda filha e agora, ao escrever este post, me bateu uma saudade imensa! Vou agilizar os posts da região para ver se a saudade diminui! 😉

Para mais informações
Visconde de Mauá: viscondedemaua.com.br
Fomos de carro: 3/4h do Rio de Janeiro

Dessa vez, ficamos no Hotel Refazenda na Vila de Maringá: tem chalés geminados, chalés para famílias até 6 pessoas, piscina externa, piscina aquecida e playground com casa de boneca e casa do Tarzan.

Outra excelente opção é o Hotel Bühler com piscina coberta, área infantil, salão de jogos: ver fotos e avaliações.
Mauá é ótimo porque tem muitas opções e para todos os bolsos! Vai do acampamento à pousadas com chalés charmosos!
Para ver outras pousadas: fotos, avaliações e reserva (com cancelamento gratuito)*
* Somos afiliados Booking e recebemos uma comissão pelas reservas feitas através do Blog.

Esta blogagem coletiva está bem interessante! Descubra as diferentes formas de viajar, as prioridades de cada família, inspirações, dificuldades…Veja como viajaram:

– Cláudia Pegoraro do Felipe, o Pequeno Viajante foi para o Canadá

– Adélia Lundberg do Paris des Petits foi para a Côte d´Azur, na França.

– Adriana Pasello do Diário de Viagem foi para São Paulo.

– Cláudia Müller Boemmels do Eu sei Onde foi para Lugano, na Itália.

– Luciana Misura do Colagem foi para o Michigan, nos Estados Unidos.

– Andreza Trivillin do Andreza Dica e Indica Disney foi para a Disney.

– Mônica Nogueira do M de Mônica…e Mãe… foi para Mogi das Cruzes.

– Debora Galizia do Viajando em Família foi para Orlando.

– Karen Reimer das Aventuras da Ellerin Viajante foi para Buenos Aires.

– Michely Lares das Viagens da Família Lares foi para Orlando.

– Renata Luppi da Mala Inquieta foi para Salvador.

– Patricia Papp do Eu viajo com meus Filhos foi para Alagoas.

– Cássia Virgens do Fomos juntos: de malas prontas foi para a Chapada Diamantina.

– Ligia Cantarelli do Sem vírgula antes do etc foi para Campos de Jordão.

– Carol Garcia do Viajando na Maternidade foi Barra do Sahy, SP.

– Luisa Pinto do Diário da Pikitim foi para o Alentejo, Portugal.

– Karla Alves Leal do Cariocando por aí foi para Montevidéu.

– Patrícia Tabalipa do Roteiro Baby Floripa foi para Bombinhas.

– Andrea Barros do RS para o Mundo foi para o Uruguai.

– Thiago Busarello do Vida de Turista foi para Aparecida do Norte, em SP.

– Rebecca PD do Passaporte Baby foi para São Paulo.

– Daniella Sousa Reis do André e Dani + Pedro foi para Foz do Iguaçu.

– Natália Molina do Como Viaja foi para a Bahia.

– Francine Agnoletto do Viagens que Sonhamos foi para a Bahia.

– Susana Spotti do Viagem Simplesmente foi para a Serra Gaúcha.

– Patricia Tayão do Viajar Hei foi para Penedo.

– Thaty do Magali na escuta foi para a Itália.

– Luciano e Andrea do Malas e Panelas foi para o leste europeu.

– Lyanne e Marcelo do Vida de Viajante foi para o sul de Minas.

– Lilian Denzin do Viaje mais Por Menos foi para Santa Catarina.

– Debora Godoy do Gosto e Pronto foi para Angra dos Reis.

– Alexandra do Café Viagem foi para Garopaba.

– Marcia Tanikawa do Os caminhantes foi para São Francisco Xavier.

– Sabrina Mendonça do Viajar e Comer foi para a Disney.

 

Também estamos por aqui:

FACEBOOK TWITTER | INSTAGRAM | GRUPO VIAGENS EM FAMÍLIA

9341 Visualizações

Sut-Mie Guibert, Family Travel Blogger, Blogueira especializada em Viagens em Família, com crianças e bebês. Jornalista e mãe de duas meninas de 5 e 2 anos, adora levar as crianças para conhecer o mundo! Mas também gosta de escutar e falar sobre o assunto com outras famílias, que são sempre bem-vindas por aqui!

31 comentários para este artigo

  1. Adorei o post e me deu saudade do tempo em que os meus eram bebês também:o) De fato viajar com eles nao é tao dificil qto parece. Vou já olhar no fundo do computador e tb tentar descobrir qual foi a nossa primeira viagem :o) Post vem em breve. Bjs

    • sutmie disse:

      Vai lá procurar sim, Claudia! É emocionante!!
      Eu deveria ter lembrando sozinha, mas no final são tantas viagens (incluindo simples finais de semanas) e tantas informações (após 2 filhos) que eu acabei me esquecendo!! Mas adorei encontrar isso tudo no fundo do baú! E olha como são as coisas: dizemos que os homens são esquecidos, mas o marido aqui em casa se lembrou de prima! Nem pestanejou (ponto pra ele)!! 🙂
      Quero ver a primeira viagem de vcs, me avisa!
      Bjs

  2. Adorei!

    Fui para lá há muito tempo e moro de vontade de voltar. Ver tuas fotos me fizeram querer mais ainda!

    Acho que nosso estilo de viagens é muito parecido em muitos aspectos (por isto muitas pessoas acham que somos meio loucas, e sabemos que não somos). Adorei o post!

    beijos

    • sutmie disse:

      Oi Pati,
      Não sabia que vc já conhecia Mauá! Pensei que não conhecesse e sempre achei parecido com o seu estilo! Tem que voltar com as crianças! 😉
      Bjs

  3. Ahhh que delícia!!!
    Nossa primeira viagem em família não foi propriamente para lazer, mas foi bem longa e o Gael era bem pquenino. Vamos participar da blogagem e contar lá 🙂
    bjos
    Lyanne. Marcelo e Gael

  4. Kika Azevedo disse:

    Mauá… do meu ladinho.
    Moro a menos de 2h, e sempre que dá, dou uma fugidinha até lá.
    Só fico um pouco triste por ter poucas opções legais para ficar com crianças…
    Muita pousada não aceita crianças, uma pena!

    beijos

    • sutmie disse:

      Oi Kika,
      Verdade que essa história das melhores pousadas não aceitarem crianças não está com nada! Mas até dá para entender: Mauá também tem esse cunho super romântico!
      Da próxima vez, temos que nos encontrar por lá! Seria legal!
      Bjs

  5. Cristianne disse:

    Nossa… que emocionante!
    Nossa primeira viagem foi em Jan/2012, quando nossa menina tinha 8 meses. Fomos pra Americana, SP. Fora a tempestade que pegamos na estrada e os perrengues noturnos porque a menina saiu demais da rotina dela… foi tudo muito tranquilo.
    A viagem foi muito longa e ela já estava apertadinha no bebê conforto. Saímos daqui do Rio e fomos primeiro em São Paulo buscar uma menina do grupo, seguimos pra Americana, SP e só dali fomos pra chácara do nosso colega, onde ficamos de 5ª a Domingo.
    Taí… vou pegar as fotos, editar e publicar no meu blog… tadinho… ele anda tão esquecido…

    • sutmie disse:

      Oi Cristianne,
      Essas blogagens coletivas são interessantes para isso também: acaba dando vontade de participar, contar a sua experiência, rever fotos… Publica sim e nos avisa, para darmos uma olhada e linkar! 😉
      Bjs

  6. Nossa, Mauá, fazem uns bons 20 anos que não vou a essa área, tenho que voltar e levar as crianças! Delícia de primeira viagem, um lugar tranquilo, relaxante e lindo, não precisa ter nada de “especial” pra bebê 🙂

  7. sutmie disse:

    Oi Lu,
    Mauá é bem isso mesmo: paz, tranquilidade, boas energias…! Tem que voltar mesmo com as crianças! Eu fiquei morrendo de vontade! 😉
    Bjs

  8. Morro de vontade de conhecer Mauá. Já fui várias vezes para Penedo e nunca estiquei até Mauá, mas um dia eu vou! rs

    Bjs

  9. Marcia disse:

    Adorei o post !!!
    Só me animei a subir a Mauá depois da minha segunda filha…
    Fiquei na Casa Bonita que é uma delícia de pousada.
    As crianças adoraram curtir o banho de rio e cachoeira!!

    • sutmie disse:

      Oi Marcia,
      Conheço de vista a Casa Bonita, mas nunca fiquei lá! São tantas pousadas bacanas que dá vontade de experimentar várias! Preciso conhecer mais essa!
      Bjs

  10. Claudia disse:

    Sut, que delícia de post!
    Foi muito bom te conhecer melhor (e a toda a tua família linda!), como já te disse! Obrigada por topar a ideia e levar tudo adiante, mal começou a rolar e já estou adorando tudo!
    Bjokas, Claudia @pequenoviajante

    • sutmie disse:

      Claudia, vc que lançou isso tudo!! Estamos nos divertindo! Nós é que temos que te agradecer!
      E fora que o teu post está perfeito!!
      Bjs

  11. Sut-Mie,
    Viagens longas, curtas, internacionais ou aqui pertinho… Não importa, né?
    Cada viagem deixa uma recordação, uma sensação boa… Principalmente a primeira, com um bebê tão fofo!!
    Parabéns!

  12. sutmie disse:

    Exatamente, Débora! Para mim, saiu de casa já é viagem! 😉
    Bj

  13. Então Sut, sabe que o Parque Nacional de Itatiaia é um lugar com o qual sonhamos muito na fase sem filhos? Pois é, estivemos em lugares tão longe do Brasil e Mauá, aqui “pertinho”, ainda pendente! Acho que o que mais limitou é a questão de dirigir de Londrina até lá… agora que temos nossos filhotes, a estrada acabou se tornando um passeio também já que viajamos em “slow motion”, quem sabe? Uma coisa é certa, já sei onde encontrar informação! bj

  14. Ana Luz disse:

    Viajamos com a Bel quando ela tinha 3 meses para um resort desses de Angra dos Reis pq achávamos que seria importante um hotel com boa infraestrutura, o que se mostrou dispensável pq ela se alimentava exclusivamente de leite materno… Aquelas bobagens que pais de primeira viagem fazem. Mas foi ótimo. Quando ela estava com 7 meses, encaramos a Costa da Califórnia de carro, saímos de Los Angeles à São Francisco, foi ótimo. É maravilhoso viajar com bbs, bjks!!!

  15. Aiiii… tanto lugar ainda para conhecer e Mauá está na listinha 🙂
    Estou adorando essa blogagem coletiva! Parabéns pela iniciativa de vocÊs!
    Ah, e a nossa historinha já está no ar tb! 🙂
    Beijocas,
    Rebecca.

  16. Olá! Cheguei até o seu blog através de um link em um outro blog sobre essa blogagem coletiva: primeira viagem em família. Fiquei muito interessada nos relatos das mães que viajam com seus bebês, pois eu e meu marido sempre gostamos muito de viajar, e agora que estamos com uma nova companheira de viagens – nossa pequena Bia, de 7 meses – toda dica é bem vinda! rs
    Adicionei um link do seu blog lá no nosso, para poder curtir as aventuras de vocês, e também pegar algumas dicas, ok.
    Abs,
    Cristiane

  17. Nelson Carpilovsky disse:

    Foi um alento descobrir este site. Sou pai de uma filha de 20 anos e agora, aos 53 anos, serei pai novamente. Nada planejado. E o que me veio logo à cabeça: e minhas viagens que tanto adoro? Foram 40 nos últimos cinco anos. E agora? E pior, não viajo para Disney, Miami, ou qualquer grande centro. Gosto de turismo de aventura. Trilhas, cachoeiras, praias desertas, viagens para mergulhos, lugares exóticos. Estava frustrado. Vocês não sabem como me ajudaram !! Vou colocar logo o moleque(a) na mochila, e vamos que vamos. Todos meus conhecidos acham que não será possível, mas irei mostrar que estão errados. Será um desafio. Somente os mergulhos não será possível, pois o curso exige idade mínima de 10 anos. Mais uma vez, valeu por tantas dicas boas!!

    • sutmie disse:

      Nelson,
      Muito bacana ler este seu comentário! Só quem é viajante na alma (e não somente turista) entende!! 🙂 Quem gosta mesmo de viajar vai para qualquer lugar, continua seus sonhos e não se restringe a resorts e Disney (nada contra, até porque não há como negar a excelência da estrutura e praticidade, é só uma questão de estilos). Fui com uma das filhas com 1 ano e meio para Marrocos e a outra com 1 ano para a Tailândia. Acabamos de voltar do Havaí, onde todos se divertiram e ficaram encantados com o lugar… Tailândia e Havaí, aí estão 2 destinos SUPER kids friendly! Aqui no blog vc ainda encontra Maldivas, Grécia, México, Ilha de Páscoa, Deserto do Atacama…destinos nossos ou que outras famílias gentilmente compartilharam. E olha, sobre mergulho, minha filha com 5 anos já está fazendo snorkel com o pai (no Havaí e em Cancun)! Eu sei que não é a mesma coisa, mas é um início!
      Existem viagens depois dos filhos! 😉
      Seja bem-vindo e você verá que será um prazer enorme viajar com a sua criança!

  18. Nelson carpilovsky disse:

    Obrigado Sutmie, valeu pelas dicas!
    Espero em breve estar contribuindo nesse blog com novas experiências e dicas.
    Abraço

  19. Nani disse:

    Li seu delicioso post e gritei pro meu marido que está no andar de cima: “Queridoooooooo…qual foi nossa primeira viagem com o Joca? Você lembra?” E ele gritou de volta: “Aquela pro Rio quando ele era bebezinho, lembra? Demoramos 6 horas para arrumar tudo e pegar a estrada!” Hahahahahha

    • Sut-Mie Guibert disse:

      Ah, que delícia, Nani!
      Eu vejo todas essas fotos, posts de viagem e as crianças crescem rápido demais! Se eu pudesse congelar todo mundo! Daqui a pouco, as “viagens com pimpolhos e crianças” não terão mais o mesmo jeito! E isso chega bem rápido! Rápido mesmo!
      Bjs

  20. Kelly disse:

    Estou pesquisando um lugar para ir com meu bebê de 4 meses e lendo o seu post, me animei para ir novamente à Visconde de Mauá. Eu fiquei em Maromba, mas agora quero ficar em Maringá, no lado mineiro. Só estou preocupada com uma coisa: e quanto aos mosquitos? Não posso passar repelente até ele completar 6 meses! Como você lidou com essa situação nesta sua viagem?

    • Sut-Mie Guibert disse:

      Olá Kelly,
      Pergunte ao pediatra se ele tem alguma indicação, algum produto natural como citronela, que possa ser usado no ambiente?
      Eu também sempre levei mosquiteiros (redes) para o carrinho ou até berço, dependendo do destino.
      E aqui no caso, em Mauá, eu não me lembro de mosquitos na área..
      Um abraço

Deixe seu Comentário





* Campos obrigatórios