Ficou fácil viajar com crianças!

São Francisco com crianças: o que fazer, onde dormir, onde comer?

I left my heart in San Francisco“. Quantas vezes você ouviu esta frase ou amigos dizerem que São Francisco é uma das melhores cidades dos Estados Unidos? Nós chegamos lá com a expectativa alta. E confesso que nos decepcionamos no início com uma certa sujeira e muitos mendigos nas ruas (mesmo se nos explicaram que eles são bem cuidados pela administração da cidade). Mas São Francisco tem uma energia, um algo especial: talvez o lado cool da cidade e das pessoas, ou a arquitetura que mistura prédios modernos com construções vitorianas. Ou será que são os prédios antigos com escadas de incêndio como vemos nos filmes americanos, a magia da Golden Gate, o charme dos bondinhos ou a proximidade do mar e o próprio estado Californiano? Não sei, mas nos rendemos à essa mistura: São Francisco é realmente encantadora, diferente e uma excelente cidade por onde começar uma bela roadtrip em família!

 

A VIAGEM DE AVIÃO

A ida de avião para a Califórnia é bem longa e cansativa! No nosso caso, voando pela Delta com escala no hub deles em Atlanta, foram 2 voos: o primeiro durou 10h (noturno) e em seguida, trocamos de aeronave e foram mais 5h até chegar em São Francisco. Gostamos da companhia aérea: tvs individuais com programação inclusive infantil, boa comida e equipe agradável. Pegamos uma boa promoção através do site Melhores Destinos e pagamos menos de R$2.000/adulto (para viajar em setembro 2017) no Zupper.
O fuso horário até que ajuda, porque chegando lá você tem 4 horas à menos (5h se o Brasil estiver no horário de verão). Mas não ache que vai dar para aproveitar muito esse primeiro dia, porque vocês vão estar bem cansados! É melhor fazer algo leve e perto do Hotel e descansar para estar inteiro para o resto da viagem  (principalmente, se você não dormiu muito nos voos)!

 

ONDE FICAR EM SÃO FRANCISCO?

Ficar na região de Fisherman’s Wharf (no cais, perto do mar) é uma boa opção para turistas porque há vários passeios leves disponíveis e pertinho: vocês podem pegar o Cable Car e já ter uma visão da cidade por este transporte tão único e peculiar (não o fato de ser um bonde, que existe em outras cidades, mas a particularidade de subir e descer ladeiras e o viajante poder, até hoje, ir “pendurado”),  podem visitar a fábrica de chocolate Ghirardelli, podem ver as focas e leões marinhos que descansam no Pier 39 ou até dar um pulo na Lombard Street, a menor rua de San Francisco em curvas! Isso tudo são opções de programas leves para o primeiro dia.
Nós adoramos o hotel Pier 2620, com localização ótima, excelentes quartos e café da manhã. Hesitamos bastante com o Hotel Zephyr, perto do Pier 39, por causa da proximidade com o mar, vista e decoração diferente e cheia de jogos, que com certeza agradam às crianças. Em torno do Hotel Pier 2620, há vários outros de rede bem recomendados e localizados: Marriott Fisherman’a Wharf, Hyatt Centric Fisherman’a Wharf ou Holiday Inn Express (marcados em azul no mapa acima).

Já a região de Union Square (centro da cidade) é mais sofisticada, com prédios altos, muitas lojas e escritórios. Mas aos domingos e feriados, fica tudo fechado e deserto. Sem graça para quem está chegando! Mas se vocês gostam de compras e chegarem durante a semana, pode ser uma boa opção porque é bem central. Aqui também vão encontrar vários excelentes hotéis de redes: Intercontinental, Marriott Marquis Union Square, Abri Union Square (marcados em azul no mapa acima).

Atenção: os hotéis são caros em São Francisco (um pouco como em Nova York)!

 

QUANTOS DIAS FICAR EM SÃO FRANCISCO?

Reserve uns 3/4 dias para São Francisco: 

No primeiro dia: 

De manhã, pegar o Cable Car para ter uma visão geral da cidade. São somente 3 linhas e 2 partem da região de Fisherman’s Wharf (a Powell/Hyde Line e a Powell/Mason Line e ambas passam pelo Centro/Union Square). O passeio é bem divertido, principalmente se os pais puderem se pendurar “do lado de fora”. É bastante impressionante: fora as ladeiras, às vezes passa bem pertinho de carros e retrovisores! 🙂
No entanto, achamos um pouco caro: US$7/trajeto/pessoa a partir de 5 anos. US$28 dólares para uma família de 4 só na ida. A graça é pegar o bonde uma vez. Então na volta, chamamos o Uber: mais barato, mais rápido e funciona muito bem em São Francisco.

Depois alugar bikes e fazer o passeio “Bike the Bridge” que rodeia a baía, atravessa a Golden Gate e vai até Saussalito onde vcs podem almoçar e depois pegar o barco de volta para São Francisco (veja nosso post). Essa volta passa perto da Ilha de Alcatraz, então ainda dá para mostrar a famosa prisão para as crianças. O pier da chegada é pertinho do Pier 39, assim podem aproveitar e ver as focas antes de devolver as bikes. 

Note que esse passeio de bike é demorado (leva umas 4h no total) e só vale a pena se o tempo estiver bom! Se estiver muito nublado ou frio, não vale a pena, porque vocês não vão ver nada e o vento na ponte pode ser gélido, além de não facilitar a pedalada!
Se tiver nevoeiro, deixe para fazer o passeio mais tarde; conforme o horário avança o nevoeiro pode desaparecer.

No segundo dia:

Visitar o Exploratorium, Museu de Ciências interativo, muito bem feito e imperdível com crianças! Almoçar na região do Embarcadero, onde tem vários restaurantes e, mais tarde, ver as famosas casas vitorianas, Painted Ladies e brincar um pouco na Álamo Square.

No terceiro dia:

Para os amantes de vinhos e quem tem a curiosidade das regiões de Napa Valley e Sonoma, podem fazer um tour de Napa com crianças em português, que a Mary Mc Darby, Guia brasileira do Blog Hotel Califórnia oferece (aliás, blog imperdível para quem prepara uma viagem para São Francisco).

Outros programas possíveis com crianças: conhecer o Parque Golden Gate (tem Aquário, Jardim Japonês, Playground, Carrossel, Academia de Ciências…), visitar o Museu da família Disney (veja o post da Andreza Dica e Indica), passear pela cidade de ônibus turístico hop on hop off ou com adolescentes, fazer um tour de Segway ou de GoCar, uma variação de carro/moto bem divertida!

 

ONDE COMER COM CRIANÇAS? (marcados em laranja no mapa acima)

Na região de Fisherman’s Wharf/Embarcadero, o Boudin Bakery é imperdível! Veja os pães em vários formatos infantis, os cestos de pães que passam sobre a nossa cabeça, da fábrica até o balcão de vendas, a loja cheia de itens legais tanto para crianças quanto adultos e não deixem de experimentar a sopa no pão! Nós adoramos a “clam chowder”, especialidade da região, com mexilhões, e as crianças amaram a de tomate com queijo ralado e croutons. 

  • Ainda na região, há restaurantes de redes como o Rainforest Café, Bubba Gump ou Hard Rock Café, todos conhecidos por serem “kids friendly” com decoração especial, menu infantil e mimos como lápis para colorir.
  • No Pier 23 Café, tem menu infantil e vista para a Baía. Este restaurante fica a 5mn a pé do Museu Exploratorium. Dentro do Museu, há uma cafeteria e o Seaglass, um restaurante orgânico, porém um pouco caro para o que oferece.
  • No Shopping Center da Ghirardelli Square, as crianças vão adorar o Lori’s Diner, uma verdadeira lanchonete americana, toda decorada nos anos 50 com bancos de couro, juke box e verdadeiros milk shakes e hambúrgueres.

 

Na região da Union Square:

  • Se vocês gostam de comida chinesa, podem experimentar dim sum (bolinhos e carne ou camarão feitos ao vapor) no Yank Sing, restaurante chinês com 1 estrela no famoso Guia Michelin. É divertido ver as comidas passarem em carrinhos e sair escolhendo. Não se espante com o serviço chinês um pouco rude: é assim mesmo, (e cultural) em qualquer lugar do mundo! 🙂

  • Se a preferência for italiana com massas e pizzas, experimentem o Puccini and Pinetti, premiado restaurante italiano com menu infantil de dar inveja!
  • Na região, também tem uma filial do famoso Cheesecake Factory, com saladas, pratos contemporâneos, menu infantil e principalmente, uma variedade de bolos incríveis para a sobremesa!
  • Por ali também tem uma filial da divertida lanchonete dos anos 50, Lori’s Diner.

 

Cuidado com os horários: lembre-se que os americanos jantam cedo. Além disso, muitos restaurantes pedem reserva. Baixe o aplicativo Opentable (Apple, Google Play) e facilite a sua vida: dá para marcar, desmarcar, mudar de horário…

ALUGUEL DE CARRO

Não vale à pena alugar o carro imediatamente, porque o estacionamento na cidade é extremamente caro, tanto nos hotéis quanto nos estacionamentos públicos. E São Francisco é bem servida em transportes com o Cable Car, o monorail, metro e até o Uber funciona lindamente! (já desde a saída do aeroporto – ir para a área de embarque). O aeroporto fica um pouco longe do centro: gastamos em média US$40 de Uber, do aeroporto até a região de Fisherman’s Wharf.

Nós só pegamos o carro no dia de começar a nossa roadtrip pela Califórnia. Alugamos diretamente no Aeroporto, já pensando na devolução na volta.

Vai alugar carro na Califórnia? Veja as cotações com a RentalCars, nosso parceiro.

 

Fique ligado nos próximos posts, vamos dar mais detalhes de São Francisco e de outros lugares da Califórnia! 😉

Não tem tempo de ler agora? Não tem problema:

salve nas suas pastas do Pinterest e leia depois com calma! 😉

Não esqueça do seu seguro de viagem! Em uma viagem para os Estados Unidos, é extremamente importante: os gastos com saúde são bem altos por lá, em caso de problemas. Além disso, o seu seguro cobre anulação de voo, perda de bagagens, repatriação, etc. Faça uma cotação e utilize os códigos de desconto do nosso parceiro Mondial/Allianz!

 

Leia também:
Bike the Bridge: o passeio de bike que atravessa a Golden Gate
Salito’s Crab House: um restaurante kids friendly em Sausalito
Havaí com crianças: o que fazer na ilha de Maui?
Hawaii com crianças: Kauai, a Ilha Jardim

Também estamos por aqui:
FACEBOOK TWITTER | INSTAGRAM | GRUPO VIAGENS EM FAMÍLIA

657 Visualizações

Sut-Mie Guibert, Family Travel Blogger, Blogueira especializada em Viagens em Família e com crianças. Jornalista e mãe de duas meninas de 10 e 6 anos, adora levar as crianças para conhecer o mundo! Mas também gosta de escutar e falar sobre o assunto com outras famílias, que são sempre bem-vindas por aqui!

3 comentários para este artigo

  1. Maryanne disse:

    Que delícia de relato, não sabia que vcs tinham feito tantas coisas! Curiosa pra ler sobre o resto da viagem. beijo

  2. Natalie disse:

    Oi, Sut. Tudo bem? 🙂

    Seu post foi selecionado para o #linkódromo, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Bóia – Natalie

Deixe seu Comentário





* Campos obrigatórios