Ficou fácil viajar com crianças!
 -  Atualizado em 13/11/2019

Patagônia Argentina com crianças: El Calafate e Perito Moreno

Para quem gosta de Natureza, esta viagem é um prato cheio! Fazer uma parada em El Calafate, para ver a sensacional paisagem da região e do glaciar Perito Moreno e depois continuar até Ushuaia (post 2) para conhecer o “Fim do Mundo” em família e avistar pinguins, leões marinhos e castores… Essa foi a incrível experiência que tivemos a oportunidade de conhecer com a agência Viajar com Crianças, que tem roteiros de uma semana para lá, mas tudo sempre tão intenso que as viagens parecem de 15 dias! Por incrível que pareça, a melhor época para visitar a Patagônia é no nosso verão, para aproveitar as caminhadas e belezas naturais, com temperaturas amenas, sem congelar. Portanto uma excelente sugestão e pedida para as férias de Janeiro.

A Viajar com Crianças já tem as datas do próximo grupo de famílias com crianças nas férias:
de 19 a 26 de Janeiro de 2020. Veja os detalhes e preços.
Para as famílias que preferirem, a VCC também faz roteiros personalizados para o destino.

EL CALAFATE

Esta cidadezinha de 20.000 habitantes na Província de Santa Cruz e já ao Sul da Argentina vale a viagem por si só: é uma graça de cidade, na beira do Lago Argentino e Reserva da Laguna Nimez, dividida em parte alta (com hotéis com vista) e parte baixa (hotéis centrais) com uma avenida principal cheia de lojas (muitas roupas de esporte, doces e delicatessen) e restaurantes. Ela pode ser facilmente visitada a pé e é tudo muito limpo, florido nessa época, bem cuidado, com cara de vilarejo de montanha com algumas construções com madeira aparente.

Outro interesse em visitar a região no verão é que além das temperaturas estarem bem mais agradáveis e amenas, o sol se põe tarde, lá pelas 21h30, então dá para aproveitar bem o dia.
El Calafate é a base para fazer diversos passeios na região, sendo que o principal, é o Parque Nacional Los Glaciares e a descoberta do glaciar Perito Moreno que fica à 80 Km da cidade.
Não deixe de provar o sorvete de Calafate, feito com a frutinha de um arbusto que deu nome à cidade. É levemente ácido.

 

Nós viajamos em grupo de famílias. Não confundir com excursões engessadas onde todo mundo tem que seguir e acompanhar em bando. A Viajar com Crianças tem uma atenção muito focada na convivência entre crianças e adultos com um objetivo principal de fortalecer vínculos através das viagens e programas diferentes, muito mais do que oferecer os simples pacotes habituais para os destinos. Portanto o foco são o bem estar das crianças e famílias, com logística, passeios e ritmos adaptados. Veja o nosso post sobre os benefícios de viajar em grupo, principalmente para pessoas que viajam sozinhas com crianças, famílias que não tem tempo de organizar a viagem ou até pessoas que querem a companhia de outras crianças e adultos.

 

GLACIARIUM

Por ser uma viagem em grupo, os passeios podem ser divididos em função de interesses e faixa etária: os mais velhos podem fazer o passeio de dia inteiro de Ríos de Hielo para ver as geleiras Upsala e Spegazzini, enquanto os mais novos dão uma volta pela cidade, conhecem a Reserva da Laguna Nimez, com sua biodiversidade de aves, visitam o Glaciarium, um moderno centro de conhecimento que oferece uma introdução sobre as várias geleiras da região e se divertem num Bar de gelo, para entrar no clima do Glaciar Perito Moreno.

Os passeios para os Ríos de Hielo começam bem cedo (os barcos saem às 8h30 de Punta Bandera que fica a 50 km de El Calafate e o ônibus sai da cidade pelo menos 2h antes). Em seguida, são umas 5h de passeio de barco. As famílias com adolescentes gostaram de ver icebergs e alguns glaciares. No nosso caso, com crianças menores, preferimos acordar um pouco mais tarde e participar das outras atrações, já que veríamos o principal glaciar, o Perito Moreno.

Foi muito bom visitar o Glaciarium, o Primeiro Centro de interpretação dos glaciares da América do Sul, antes de ver o Perito Moreno, porque nessa visita imperdível e super interessante, o espaço explica a formação dos glaciares, as diversas geleiras que existem pelo mundo, falam dos vários pesquisadores e alpinistas como Francisco Moreno, cujo nome foi dado ao famoso Glaciar.

Além disso, há diversos espaços lúdicos para as crianças, com luzes, jogos interativos, um filme imperdível que mostra e explica o Perito Moreno…Saímos todos de lá com um pouco mais de conhecimento e todos muito animados e curiosos para descobrir o Glaciar em seguida.

O Glaciarium fica a 8Km do Centro e é possível pegar um traslado para lá saindo da Secretaria de Turismo, na Calle 1o de Mayo. No nosso caso, fomos de tour com o grupo de famílias e com guia em português. Vale a visita pela paisagem, já que ele fica um pouco acima da cidade e tem vista para os lagos de um azul turquesa intenso, em contraste com a estepe seca e azul do céu…A construção moderna dele também é bem impactante com blocos de cimento que lembram uma geleira…

A visita é muito interessante, mas é meio escuro lá dentro, com luzes azuladas, para entrar no clima do “gelo”. Aliás, apesar de existirem alguns posts na internet sobre essa visita, o Museu pede que não sejam tiradas fotos lá dentro. E nós respeitamos; portanto as duas fotos publicadas a seguir vem do próprio site do Centro. Após a visita, tem um cafezinho com bela vista para o lago e uma loja de souvenirs feitos de forma sustentável. Lá dentro, vocês também podem experimentar o Bar de Gelo…mas, se quiserem, existem outras opções na própria cidade, inclusive mais em conta.

 

BAR DE GELO

Conhecemos um verdadeiro Bar de Gelo na cidade. Existem vários mas a Viajar com Crianças escolheu o mais adequado para as crianças. E o passeio foi divertidíssimo, tanto para os adultos quanto para as crianças. Nunca tínhamos feito essa experiência, então não tínhamos ideia do que seria: mas entramos com capas quentes com capuz, luvas e até grampos nos sapatos para não escorregar.

Lá dentro, só dá para ficar no máximo 30 mn, afinal e temperatura é de -10ºC e tudo é de gelo mesmo: as paredes, mesas, cadeiras, vários cantinhos para tirar fotos, os copos no bar…Então, novamente, o ambiente é um pouco escuro e com tons azulados do gelo. Cuidado porque com o frio, a bateria do celular ou máquina desaparece num instante; tire logo suas fotos! Ainda bem, tem um fotógrafo lá dentro que tira fotos adequadas. A música alta e animada fez crianças e adultos dançarem. Na verdade, parecíamos todos crianças mesmo! 🙂
O interessante de ter sido em grupo e através da agência é que o espaço estava fechado só para nós, com mais exclusividade e privacidade, sem filas. O nosso almoço foi ali mesmo, na parte de fora que tem uma lanchonete e pizzaria. E depois de passarem um momento tão animado, as crianças já estavam íntimas e queriam sentar juntas, formando uma grande turma. O gelo quebrado (quase que literalmente), dali em diante passou a ser uma verdadeira viagem de grupo com as crianças e famílias unidas.

Outra coisa bacana nas viagens de grupo da Viajar com Crianças é que temos tempos livres para fazer programas fora do roteiro pré-estabelecido, ou bater perna, conhecer melhor a cidade… e assim pudemos ir até um parquinho enorme no início da Av. Libertador, subir no mirante, ver a vista, passear nas lojas, comprar souvenirs…

 

ESTÂNCIA PATAGÔNICA

Fomos conhecer um pouco mais da região e visitar uma verdadeira Estância Patagônica (espécie de fazenda) dentro do Parque Los Glaciares onde vimos, pelo caminho, a bela paisagem de estepe patagônica, seca e rasteira, aves e pequenos animais da região.

Chegando na Estância, as crianças conheceram os cavalos patagônicos e algumas até montaram, deram uma volta e tiraram fotos. Depois, fomos conhecer as ovelhas patagônicas, abundantes nessa região, tanto por sua lã usada para as roupas de frio, quanto pela carne de cordeiro, especialidade da região.

Tivemos a oportunidade de ver a tosa de uma ovelha e as interessantes explicações dos detalhes. No início, algumas crianças ficaram espantadas, achando que estavam machucando a ovelha, mas o fazendeiro explicou que ela não sentia nada, que era como cortar o cabelo e que tudo crescia de novo. Na verdade, eles até tosam as ovelhas várias vezes ao ano ou pelo menos só a cara, para elas poderem enxergar melhor (que nem cortar a franja)! Mas foi muito curioso ver a rapidez com a qual fazem a tosa e como o pêlo sai todinho, inteiro, como se fosse um tapete, prontinho! Mais um aprendizado interessante para as crianças!

A paisagem em torno da Estância é linda, muito bucólica com montanhas nevadas em volta e mais verde e florida que as estepes secas. Almoçamos o famoso churrasco baqueano (vaqueiros da Patagônia), com carne de cordeiro assada, saborosa e muito macia.

 

VISITA DO PERITO MORENO 

Esta é uma visita absolutamente IM-PER-DÍ-VEL! E um dos pontos altos da viagem toda!

Pegamos um barco exclusivo só para o grupo, que nos deixou em um bosque. Passeamos pela floresta do Parque Los Glaciares e chegamos até um ponto onde era possível ver finalmente o Perito Moreno de frente e de longe: pausa para tirar várias fotos individuais e de família.

Em seguida, os barcos vieram nos buscar e finalmente fomos até a Geleira, vê-la mais de perto. As vistas são lindas e impressionantes, com diversos tons de azul e branco, a imensidão desses enormes paredões e torres de gelo…fizemos parada para tirar mil fotos, admirar o silêncio e beleza da natureza…os adultos puderam tomar whisky com gelo dos icebergs…e até assistimos à caída de partes de gelo, com um barulho estrondoso, feito trovoada! As crianças gritavam de emoção e alegria!

Após ver o Perito de longe e bem de perto, foi a hora de termos a vista geral através das passarelas e vê-las do alto. Portanto fomos até o Parque nacional que é muito bem organizado com restaurante, lojinha, banheiros…e tem 7 Km de passarelas com diferentes circuitos que permitem uma visão geral do glaciar todo, da extensão do “paredão” (em alguns pontos de 50m à 70m de altura) e da profundidade dele, que surge entre as montanhas. Um deleite para os fotógrafos!

Se me perguntarem qual é o melhor passeio: passarelas ou barco (passeios independentes e cada um com o seu preço), eu respondo que os dois são absolutamente complementares!

Um dia de passeio fantástico e emocionante! Atente-se ao fato de que todos esses passeios são bem caros, mas aqui estavam todos incluídos no roteiro, claro, e com uma logística personalizada e adaptada para as famílias e crianças: aprendizados em uma fazenda local, barco privativo, passarelas em horário mais vazio…

 

MAIS DICAS:

  • Para os maiores de 10 anos, e se tiverem 1 dia a mais, é possível fazer um minitrekking e andar por cima do gelo do Perito Moreno, com grampos especiais, mas trata-se de um passeio de dia inteiro (10h). No nosso caso, teremos que esperar mais uns anos e, ao voltar para fazer essa experiência, aproveitar e visitar El Chaltén.
  • Roupas – Leve roupas de frio mesmo sendo verão: casaco corta vento, casacos fleece (aqueles macios), gorro, cachecol, luvas, botas de trekking ou um bom tênis. A temperatura é mediana na cidade (18ºC de dia), mas quando bate vento e perto do Perito Moreno, faz mais frio. Mas leve também camisetas mais leves e vista-se em camadas.
  • Dinheiro: o melhor lugar para trocar dinheiro (pode levar R$ reais) é no aeroporto Aeroparque no Banco La Nación, à esquerda após o desembarque. Tente trocar antes de embarcar para El Calafate. Na cidade, também é possível trocar (com taxa menos interessante) e muitos lugares aceitam cartões (restaurantes, lojas).
  • O Aeroporto de El Calafate é bem pequenino

A Viajar com Crianças já tem as datas do próximo grupo de famílias com crianças nas férias:
de 19 a 26 de Janeiro de 2020. Veja os detalhes e preços.
Para as famílias que preferirem, a VCC também faz roteiros personalizados para o destino.

 

* Viajamos com o nosso parceiro, a Agência de viagens Viajar com Crianças e conhecemos o roteiro da Patagônia em grupo de famílias com crianças.

Veja mais fotos desta viagem no instagram @viajandocompimpolhos, hashtag #pimpolhosnaPatagoniaAR

Para mais informações:
Agência Viajar com Crianças: www.viajarcomcriancas.com.br | Facebook | Instagram

Leia também:

Ushuaia com crianças: uma aventura ecológica no Fim do Mundo

As vantagens de viajar em grupo de famílias

Amazônia em grupo de famílias e com atividades pedagógicas

Manaus e Amazônia com crianças

Um roteiro de luxo em família pelo Peru

África do Sul com crianças nas férias!

Também estamos por aqui:
FACEBOOK | INSTAGRAM | PINTEREST | TWITTER | GRUPO VIAGENS EM FAMÍLIA

 

 

Sut-Mie Guibert, Family Travel Blogger, Blogueira especializada em Viagens com crianças e em família. Francesa, formada em Comunicação e Mídias Digitais e mãe de duas meninas de 11 e 8 anos, ama levar as crianças para conhecer o mundo! E também adora falar sobre o assunto com outras famílias viajantes, sempre muito bem-vindas por aqui!

Deixe seu Comentário





* Campos obrigatórios